Atletas portugueses em destaque na Meia Maratona do Porto

atletas

A prova que habitualmente traz ao Porto os melhores atletas do mundo, nomeadamente atletas africanos, vai pela primeira vez na sua história, ter uma elite exclusivamente portuguesa.

O regresso tão aguardado das provas de estrada está para breve, já este domingo dia 19 de setembro, mas a frente da corrida será maioritariamente composta por atletas nacionais e europeus.

Ineditamente, os atletas portugueses terão a possibilidade de conquistar os primeiros lugares do pódio.

atletas

Desfrute também do artigo sobre este evento

Meia Maratona do Porto vai em segurança para a estrada

Texto / fotos: Runporto

Quem será o primeiro vencedor não africano do evento?

Desde 2007, ano que ocorreu a primeira Meia Maratona do Porto, a prova foi ganha, no setor masculino, por 9 atletas quenianos, 2 ugandeses, 1 etíope e o eritreu recordista da prova (marca de 2011 – 00:59:30), Zersenay Tadese.

Já o primeiro lugar do pódio feminino foi preenchido por 11 atletas quenianas, uma delas detentora da melhor marca na prova, feita em 2017, (01:09:23), Monica Jepkoech, uma atleta etíope e uma japonesa.

Rui Pedro

Atletas portugueses candidatos à vitória

Rui Pedro Silva (Sporting CP), primeiro português em 2008 e 2012 e 5º classificado em 2010;
José Moreira (CD S. Salvador do Campo), primeiro português em 2015 e 9º classificado em 2013 e 2015;
Fernando Serrão (Sporting CP), 12º português em 2017;
Luís Saraiva (SC Braga), primeiro português em 2018 e 13º classificado no mesmo ano;
Braima Dabó (Maia AC), Prémio ‘fair play’ da IAAF dos Campeonatos do Mundo de Atletismo em Doha 2019;
Rui Teixeira (Sporting CP), Nuno Lopes (Run4Club), Hélder Santos (Sporting CP), Carlos Costa (CD S. Salvador do Campo), Bruno Batista e Filipe Vitorino Carvalho (ambos do Clube de Natação de Rio Maior);
e Ricardo Pereira (Associação Jardim da Serra) são os candidatos aos primeiros lugares do pódio masculino.

Susana

Já no setor feminino:

Susana Godinho (CD Feirense), primeira portuguesa em 2018, 7º classificada no mesmo ano e em 2019;
Vanessa Carvalho (SC Braga), 5ª portuguesa em 2018 e 10º classificada em 2019;
e Marisa Barros (SC Salgueiros), 1ª portuguesa em 2007, 2008 e 2099 e ainda 3ª classificada em 2017, surgem como possíveis vencedoras da Meia Maratona do Porto 2021.

Pelo segundo ano detentora do selo de bronze da World Athletics, a partida da Hyundai Meia Maratona do Porto vai ser antecipada uma hora, para as 8h, num novo local da partida, na Rua do Ouro, a 700 metros da meta, que será no Jardim do Calém.

Parceiros

Deixe uma resposta