Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Aves em Movimento, mais um ano de sucesso!

A quarta edição da corrida Aves em Movimento Casa dos Reclamos realizou-se no dia 20 de outubro de 2019, pelas 10:00, com partida e chegada na Rua António Martins Ribeihro, junto ao Estádio/Pavilhão do Clube Desportivo das Aves, em Vila das Aves.

Organizada pela Associação Avense, em co-organização com a Câmara Municipal de Santo Tirso e com a Junta de Freguesia de Vila das Aves e com o apoio das seguintes entidades da Federação Portuguesa de Atletismo, Associação de Atletismo do Porto e Instituições, Comércio e Indústria local.

Para quem desejasse participar no evento, havia uma corrida cronometrada na distância de dez quilómetros e a complementar a tradicional caminhada na distância de cinco quilómetros sem fins competitivos.

 

Levantamento dos dorsais

Entre as 8h e 9h os atletas iam buscar o seu kit e dorsal, num espaço fechado, onde só podiam entrar nesse local fechado quatro ou cinco atletas na sua vez, uma boa decisão, mais rápido para levantar e sem confusão para a organização fazer a sua missão.

Esse kit continha uma a t-shirt técnica, o dorsal com chip e ainda alguns folhetos e vouchers promocionais.

corrida Aves em Movimento

Animação

Local da partida bem apresentado, com espaço de animação para crianças, casas de banho, balneários no pavilhão, espaço de massagens e o palco para o aquecimento e animação de dança para todos os participantes.

Enquanto muitos podiam fazer o seu aquecimento ao lado do palco, com a animação de um grupo de dança, outros atletas com diferentes objetivos faziam o seu aquecimento a volta do local da partida, para reforçarem a dificuldade do empedrado.

corrida Aves em Movimento

Partida da 4º edição Aves em Movimento Casa dos Reclamos

Pelas 10h dava-se o inicio desta quarta edição da corrida Aves em Movimento Casa dos Reclamos com partida e chegada no estádio do CD Aves.
Ambiente espetacular por parte dos atletas da distancia dos 10 kms e os participantes da caminhada, uma moldura humana formidável.

Percurso com o seu grau de dificuldade

O percurso desta prova foi retratada por todos os atletas por ser durinha, a grande maioria do trajeto era em empedrado, o que causou dificuldade à maioria dos atletas.

Em vários locais os atletas fugiam para correr sobre os passeios, para completarem e seguirem mais confortáveis.

Primeiros quilómetros da prova levavam os atletas a fazer o retorno na rotunda de São Miguel para depois em descida passarem junto dos bombeiros voluntários e pela estação de comboios.

Dos três aos cinco quilómetros, os atletas dirigiam-se a São Tomé de Negrelos para fazerem um retorno na rotunda do Barreiro para depois vir entrar nos quilómetros mais complicados da prova.

Segunda parte da prova sem duvida a mais complicada, com o inicio do sexto quilometro uma subida na avenida que desgastava muitos atletas.

Depois dessa parte mais complicada, do quilómetro 7 ao 9 com empedrado que amassava, mas se ultrapassava com maior ou menor dificuldade, que a força de vontade de todos atletas os levou a superarem-se com espírito de companheirismo.

No ultimo quilometro entrava-se na zona de estrada, onde muitos atletas davam o seu ultimo esforço e tentar compensar os minutos perdidos daqueles últimos quilómetros mais duros.

Rui Pedro Silva vence 4ª Corrida Aves em Movimento Casa dos Reclamos

O atleta do Sporting Clube Portugal, Rui Pedro Silva foi o vencedor desta quarta edição com o tempo final de 31.12min.
A completar o pódio ficou na segunda posição Davide Silva do Sporting Clube de Braga com o tempo final de 31.33min e na terceira posição o seu companheiro de equipa Hugo Almeida com o tempo final de 31.38min.

Marisa Barros vence no lado feminino

No lado feminino da prova, a prova foi dominada mais uma vez pelo o segundo ano consecutivo por Marisa Barros do Sport Comercio e Salgueiros com o tempo final de 35.28min.

Marisa dominou toda a prova, não dando qualquer oportunidade às suas adversarias mais diretas Daniela Cunha do Sporting Clube Portugal com o tempo final de 36.42min na segunda posição e na terceira posição ficou uma promessa do nosso atletismo, Mónica Silva do Vitoria Sport Clube com o tempo final de 36.55min.

Grande número de atletas de elite presentes

Nesta prova temos de dar destaque ao naipe de atletas de grande valia nacional presentes. Passando dos maiores clubes nacionais aos melhores a nível regional.

corrida Aves em Movimento

Destaque para o grande número de prémios monetários

Para além de premiação para os diversos escalões etários, os prémios monetários estendeu-se até ao quinto lugar e sendo que do quinto até ao décimo lugar receberam inscrição na prova do ano seguinte.. mais um excelente decisão da organização, a mostrar um exemplo de como atrair grandes atletas de nível nacional.

Braima Dabo presente na 4º Aves em Movimento Casa dos Reclamos

Braima Dabo mundialmente reconhecido pela atitude altruísta ao ajudar um colega de Aruba a concluir uma eliminatória dos 5000 metros nos recentes mundiais de atletismo marcou a sua presença nesta prova, e foi sempre acarinhado por todos os atletas que felicitavam o seu incrível gesto.

Atitudes com esta que nos fazem acreditar que nem tudo está perdido e que ainda há seres humanos mais preocupados com o próximo do que consigo mesmos, preocupados com o bem estar daqueles que necessitam de ajuda e que dispostos e disponíveis para ajudar.

Recorde de inscrições

A quarta edição da corrida Aves em Movimento Casa dos Reclamos teve mais um ano, o seu recorde de inscrições.. com 3 mil de inscrições, 900 atletas na distancia dos 10 km e mais de 2000 participantes na caminhada.

Penso que esta prova tem tudo para crescer ainda mais, e acredito que no próximo ano podemos ter mais um recorde de inscrições e talvez chegar aos 4 mil de inscrições.

No final das suas participações, os atletas tinham um excelente abastecimento para reforçar as suas energias com barras energéticas, frutas, bolos, aguas e bebidas isotónicos e claro o grande carinho do publico e da organização que davam o seu apoio nos últimos metros.

corrida Aves em Movimento

Aves em Movimento Casa dos Reclamos, mais um ano de sucesso e de evolução

Nós, organização, ficamos extremamente contentes pelo crescimento da corrida Aves em Movimento Casa dos Reclamos. Foram 3000 porque esse foi o nosso limite para este ano e foi para esse número que nos preparamos. De facto, poderiam ter sido muitos mais mas queremos crescer de uma forma sustentada e equilibrada.

Receber 3000 atletas acarreta dificuldades diferentes de 4000 ou 5000. Queremos, acima de tudo, que esta prova continue a ser conhecida pela enorme capacidade organizativa e pela forma simpática como recebe todos os atletas, sem exceção (Caminhada incluída). Crescer sim, mas de forma sustentada.

corrida Aves em Movimento

Desde a primeira edição da corrida Aves em Movimento Casa dos Reclamos, o número de atletas que terminam os 10 km tem vindo a aumentar. Esta ano, chegamos aos 900… Fantástico! Não é fácil trazer atletas de longe para Vila das Aves, ainda por cima porque o piso do percurso tem muita calçada. Por isso, temos que proporcionar excelentes condições aos atletas: um percurso bem organizado e uma Fun Zone com tudo que o atleta precisa (massagem, ofertas, sorteio de prémios, alimentação líquida e sólida sem limite e com uma variedade difícil de ver numa outra prova qualquer).

Prémios monetários muito acima da média nacional

Para além disso, oferecemos prémios monetários muito acima da média nacional até ao décimo escalão. Realçar também a paridade nos prémios que é algo de que não abdicamos. É uma característica nossa. Nos tempos de hoje, não faz sentido um homem ganhar mais do que uma mulher. Somos uma prova que veio para ficar.

corrida Aves em Movimento
Tiago Lopes – OPraticante.pt

Nós não gostamos muito de ficar presos a números, A nossa grande preocupação prende-se sempre com a manutenção da qualidade e disso não abdicamos. O que facto é que temos crescido quer na Corrida quer na Caminhada.

Vamos ver o que nos traz o futuro. Estamos com números já muito elevados e temos de antecipar dificuldades que o aumento desses número arrastam consigo. Tivemos uma armada muito forte na frente da corrida, sobretudo na competição masculina.

Para o próximo ano, gostaríamos muito de aumentar ainda mais essa armadas nos dois géneros. Vamos ver o que nos trará o futuro…

Gostaríamos também de agradecer ao O Praticante pela parceria na divulgação deste evento, São parcerias como estas que nos fazem crescer ainda mais. Obrigado por tudo!” – Declarou a nossa equipa de reportagem, o diretor da prova Paulo Freitas.

Texto: Tiago Lopes
Fotos: Cedidas pela organização

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta