Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Célio Dias vence o Open Africano de Casablanca

Celio Dias

Segundo Dia (15)

Célio Dias venceu o Open Africano de Casablanca, repetindo o feito de Nuno Saraiva no primeiro dia de prova que se cumpriu nos dias 14 e 15 de Março de 2015, no Complexe Sportif Mohamed V Maarif na cidade Marroquina de Casablanca.

Célio Dias (-90 Kg) teve um dia fantástico, disputando quatro combates e vencendo-os todos, conquistando o Open Africano de Casablanca. Começou por vencer a sua Poule de Apuramento com duas vitórias resolvidas por Ippon. Iniciou a sua caminhada com o marroquino Abdelmoughit Azdidi, depois teve um combate frente a um atleta esloveno, Mihael Zgank vencendo em apenas 16 segundos. Nas Meias-Finais ganhou com 3 Yukos ao suíço Domenik Wenzinger e assegurou o lugar na Final. No derradeiro encontro, enfrentou o marroquino Imad Abdellaoui e venceu por Ippon, em apenas 51 segundos, conquistando o Open Africano de Casablanca, grande feito para o judoca nacional.

Diogo Lima (-81 Kg) teve a segunda melhor prestação nacional em Casablanca. O judoca venceu dois dos quatro combates que disputou, estreando-se com uma vitória frente ao costa-marfinense Abo Landing Diatta por Ippon. Nos Quartos-de-Final, o atleta português cedeu frente ao francês, Dimitri Gomes Tavares num combate muito equilibrado, que apenas saiu derrotado por castigos, sendo relegado para a Repescagem Final. Na Fase Final, começou por vencer o francês Guillaume Riou por Ippon, conseguindo a qualificação para a disputa do Bronze. No combate decisivo, Diogo Lima cedeu por Ippon no encontro frente ao judoca húngaro Szabolcs Krizsan, terminando no Quinto Lugar final.

Diogo Silva (+100 Kg) terminou no Sétimo Lugar Final, fruto de uma vitória em três combates. O judoca nacional começou a vencer o atleta marroquino Adil Hajji, por Ippon. No seu segundo combate, enfrentou o forte adversário francês Jean-Sebastien Bonvoisin, cedendo por Ippon. No primeiro combate da Repescagem Final, combateu frente ao argelino Mohamed Sofiane Belrekaa, cedendo por Ippon e terminando no Sétimo Lugar.

Portugal termina o Open Africano de Casablanca com Quatro Medalhas Finais, com os triunfos de Nuno Saraiva (-73 Kg) e Célio Dias (-90 Kg), a Medalha de Prata de Ana Cachola (-63 Kg) e o Bronze de Nuno Carvalho (-60 Kg).

Primeiro Dia (14)

Portugal apresentou três judocas em competição no primeiro dia.

Nuno Saraiva (-66 Kg) teve um dia fantástico, disputando cinco combates e vencendo-os todos por Ippon, conquistando o Open Africano de Casablanca. Começou por vencer a sua Poule de Apuramento com três vitórias resolvidas por Ippon. Iniciou a sua caminhada com o marroquino Ayoub Bourassi, depois teve um duelo ibérico frente a Sergio Moro Ruano e terminou a Poule a derrotar o sul-africano Gideon Van Zyl. Nas Meias-Finais ganhou novamente por Ippon ao francês Vincent Vallee e assegurou o lugar na Final. No derradeiro encontro, enfrentou o russo Batradz Kaytmazov e venceu por Ippon, conquistanto o Open Africano de Casablanca, grande feito para o jovem judoca nacional.

Ana Cachola (-63 Kg) teve uma excelente competição em Casablanca. A judoca venceu a sua Poule de Apuramento, derrotando por Yuko a espanhola Angeles Lopez Aguilera e por Ippon a judoca dos Camarões, Helene Wezeu Dombeu. Nas Meias-Finais venceu a francesa Anne-Laure Bellard por Wazari, assegurando a presença na Final. No decisivo combate, defrontou a francesa Lindsay Tsang Sam Moi cedendo por Ippon e conquistando a Medalha de Prata num importante Segundo lugar Final.

Nuno Carvalho (-60 Kg) conquistou a Medalha de Bronze, vencendo três combates dos quatro que disputou. Entrou muito forte frente ao argelino Salah Chiouki, vencendo por Yuko. No segundo combate cedeu perante o espanhol Justo Nunez Rodriguez por Yuko, tendo sido relegado para a Repescagem. No combate para assegurar a vaga na disputa da Medalha de Bronze, o açoriano venceu o seu adversário belga Adrien Quertinmont, numa decisão aplicada por castigos em Ponto de Ouro. No combate pela Medalha de Bronze, venceu por Wazari o francês Sofiane Milous, terminando num excelente terceiro lugar final.

Em lugares de destaque, Leandra Freitas conquistou o quinto lugar na categoria de -48 Kg e Antoine Massart alcançou o sétimo lugar na categoria de -66 Kg.

Texto de: Analima/F.P.J

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta