Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Desafiosomiedo ultra trail… duro mas fantástico

O sonho e o desejo comandam a vida… andava de olho nesta prova Desafiosomiedo ultra trail e lá teve de ser… foi o desafio do verão de 2018.

Reconhecimento de parte do Percurso um dia antes: Lago del Valle

Desafiosomiedo Ultra Trail

As últimas edições deste trail, do Desafiosomiedo tiveram relatos fantásticos de alguns atletas portugueses, que deixam água na boca a qualquer amante deste desporto. Melhor que ouvir, ler e visualizar é participar e assim fiz. Como não sou nada egoísta, resolvi convencer dois amigos Isabel Almeida atleta do CTAD – Trilhos de Cinfães e de Miguel Quinta atleta da equipa Correio de Albergaria e lá fomos para as Astúrias para desfrutar do Parque Natural de Somiedo.

CTAD – Trilhos de Cinfães nem representado por Viriato e Isabel

Distâncias

O Desafiosomiedo Ultra Trail tem duas distâncias a MDS com 43 km e 2500 D+ e a prova rainha UTDS com 82 km e 5000 D+. Já que era para fazer uma viagem de carro p tão longa… decidi ir aos 82 km para justificar o dinheiro e o tempo despendido. E podem ter a certeza que valeu cada metro e cada minuto passados naquelas montanhas fabulosas.

A prova tem o tempo limite de 17h para ser terminada (e a organização é intransigente neste aspeto) e com barreiras horárias muito justas para o atleta comum (que é o meu caso), para se terminar esta prova, quando não se é pro, temos de dar à perna e não há tempo para grandes paragens.

Para terem uma ideia, dos 400 atletas que partiram apenas 277 terminaram e uma boa parte deles foram barrados. Ao analisar as classificações de anos anteriores, rapidamente nos apercebemos que um terço dos participantes não a termina.

Paisagens de enorme beleza

A prova

Foi completamente surpreendente tudo o que encontrei nestas montanhas, mais dureza do que o que eu estava à espera, mais técnica do que o que eu desejava e muito mais bela do que o que eu imaginava. Foram km e km de paisagens de cortar a respiração, numa simbiose brutal entre montanhas e planícies, decoradas aqui e ali por enormes e belos lagos.

O verde impera naquelas montanhas

Subidas e descidas intermináveis e sempre uma espectativa enorme sobre o possível encontro com os ursos… animais que fazem destas montanhas o seu habitat natural. Gostaria de encontrar um… mas o receio que isso acontecesse também era muito… não vi nenhum.

Os abastecimentos estavam bem distribuídos ao longo da prova e providos o quanto baste com alimentos e com voluntários a transbordarem de simpatia. Aliás durante todo o percurso, muito dificilmente se andava mais de 4 km sem ver nenhum elemento da organização, por vezes em locais recônditos e de difícil acesso, que nos faziam pensar: “Como chegaram aqui?”.

Classificações

MDS – 43 km

Pablo Villa González venceu esta distância com 4h13’. O segundo e o terceiro lugar foram disputados até ao último centímetro tendo sido mais feliz Ivan Camps que demorou 4h20’28’’ e a apenas a um segundo deste atleta ficou Roberto Heras Hernández.

Pódio masculino MDS

O melhor português nesta distância foi Nuno Filipe Soares que precisou de 6h03’, seguido de Durão Silva que gastou apenas mais 2 minutos que o Nuno, a fechar o pódio português ficou Luís Fontinha com o tempo de 6h34’.

Sandra Guerra

Nos femininos venceu Sandra Guerra com 5h06, seguida de Zurine Gutierrez que gastou 5h37’ e em terceiro ficou Celine Gallardo com o tempo de 5h39’. Nesta distância a melhor portuguesa foi Ester Alves que obteve o 13º feminino com o tempo de 6h40’, mais nenhuma portuguesa completou esta distância.

UTDS – 82 km

Juanjo Peramato venceu com o tempo de 9h08, seguido por Iker Aranburu com o tempo de 9h09 e a fechar o pódio ficou Juan Torreglosa com o tempo 9h18. O luso foi João Rodrigues que obteve um excelente 18º lugar da geral com o tempo de 10h50’, seguido por Luís Oliveira com 11h43’ e a fechar o pódio luso ficou Nelson Teixeira que precisou de 11h50’ para completar os 82 km.

Pódio masculino UTDS

No sector feminino Azara Salmones venceu com 10h11’, seguida por Gemma Alcázar que precisou de 10h51’ para completar esta distância e em terceiro ficou Uxue Azpeitia com o tempo de 11h02. A única Portuguesa que conseguiu terminar esta distância foi Isabel Almeida com o tempo de 15h46’.

Azara Salmones

Quanto a mim fiquei-me pela consolação de mais um desafio superado com o tempo de 16h29’.

Prémio de finisher

Página da prova.

Classificações.

Texto: Viriato Dias
Fotos: Viriato Dias / Página facebook organização

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta