16ª prova de equitação (Special Olympics)

Special Olympics

A Academia Equestre João Cardiga-AEJC vai realizar a 16ª Prova de Equitação – Special Olympics, dedicada a atletas com deficiência intelectual, no dia 25 de outubro de 2018, a partir das 09h30, nas suas instalações em Barcarena, Oeiras.

Special Olympics Portugal

O evento insere-se no programa de competição “Para Todos” da AEJC e na sequencia do trabalho ali desenvolvido na valência de Equitação Adaptada, bem como do protocolo celebrado, em Abril de 2012, com o Special Olympics Portugal (SOP).

A competição, que terá inicio às 09h30 e contará com a participação de 40 atletas, de todo o País, será dividida em duas fases distintas: English Equitation que servirá para realizar o Divisioning e o Working Trail que contará com diferentes níveis de provas.

Estas jornadas desportivas têm como principais objetivos:

Possibilitar ao cidadão com défice cognitivo a participação em provas desportivas de equitação. Divulgar e demonstrar a importância da Equitação desportiva adaptada para o deficiente intelectual.

Promover esta atividade desportiva, no Conselho de Oeiras e a nível nacional e, ainda, partilhar vivências e criar momentos de saudável convívio entre todos os participantes.

Sobre a Academia Equestre João Cardiga

A AEJC é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, inserida no Centro Hípico com o mesmo nome, fundado em 1993. Com mais de 25 anos de atividade, a instituição destaca-se pela aposta na Inclusão através da equitação – “Equitação para Todos” – sendo, hoje, a única entidade nacional, a promover a “caminhada Olímpica e Paralímpicacom 7 atletas, com e sem deficiências, no ranking da FEI-Federação Equestre Internacional.

Reconhecida pela Federação Equestre Portuguesa e Instituto do Desporto e Juventude, a AJC acolhe, hoje, três centenas de associados, 110 dos quais, portadores de deficiências diversas, e assenta a sua atividade nos valores da “Solidariedade, Respeito pela Diferença, Inclusão Social e Espírito Desportivo”.

A AEJC destaca-se na preparação de cavalos e na formação de cavaleiros, através de uma equipa multidisciplinar, constituída por técnicos de equitação credenciados, técnicos de saúde e um vasto grupo de voluntários que contribuem para a sua sustentabilidade, sobretudo na Equitação com fins terapêuticos, acolhendo a Pessoa na sua individualidade.

Na competição a Academia é a única entidade nacional, a promover a “caminhada Olímpica e Paralímpica” com 7 atletas, com e sem deficiências, no ranking da FEI-Federação Equestre Internacional. Estando representada nas disciplinas de Dressage, Paradressage, Special Olympics e Equitação de Trabalho, com mais de duas dezenas de atletas, a competir nas diversas disciplinas, tendo alcançado numerosos títulos e merecido a atribuição de várias medalhas de mérito.

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Texto / Fotos: AEJC

Parceiros

Deixe uma resposta