ESTRELA XTREME TRIATHLON COROOU RENATO TEIXEIRA E SARA COLAÇO

Foto: Paulo Nunes

A Serra da Estrela recebeu este fim de semana o Estrela Xtreme Triathlon, evento que desafiou meia centena de atletas a superar-se na modalidade de Half Ironman, mas em altitude, o que, em conjunto com a beleza da natureza envolvente, torna este evento único em beleza e em exigência.

Renato Teixeira, do Grupo Desportivo da Goma, e Sara Colaço, do Clube Oriental de Lisboa, foram os primeiros atletas, respetivamente, masculino e feminino, a cumprir os 1,9 km a nadar a 1400 metros de altitude; os 105 km com 2500 metros de desnível positivo de bicicleta; e os 21 km com 900 metros de desnível positivo a correr.

Pedro Oliveira, do Vitória Sport Club de Triatlo, e Adelino Sousa, também do Grupo Desportivo da Goma, completaram o pódio masculino.

Leia também

VAMOS TODOS AO ESTRELA XTREME TRIATHLON!

Site oficial do evento

“Estrela Xtreme tem muito por onde crescer” Renato Teixeira

O vencedor Renato Teixeira terminou o segmento de natação na terceira posição, chegando à primeira posição na transição para a bicicleta e nunca mais deixou de liderar este desafio.

Cortou a meta 6h39m43s após a partida de sorriso rasgado e sem esconder a satisfação de ter superado este desafio na primeira posição, confessando que “depois de passar para a frente foi mais coração do que cabeça”.

Renato Teixeira – Foto: Paulo Nunes

A estratégia correu-lhe bem e o atleta que pratica triatlo e trail, e que viu neste desafio o melhor dos dois mundos, conseguiu ganhar vantagem no segmento em que considera ser mais forte, “a bicicleta”.

Tentei ganhar o máximo de vantagem para depois estar mais à vontade na corrida”, disse.

Apesar da exigência, Renato Teixeira destacou a beleza do percurso, que permite usufruir da icónica Serra da Estrela e quase esquecer o esforço e não teve dúvidas ao afirmar que:

o Estrela Xtreme tem muito por onde crescer e muita capacidade para ser reconhecido internacionalmente.

A organização é excelente, tudo correu como planeado e esta prova tem tudo para ser uma referência internacional!

Sara Colaço

Sara Colaço liderou a prova do início ao fim, vencendo destacada em 9h25m43s. No final a atleta disse que esta foi uma conquista de “superação total”.

Sara Colaço – Foto: Paulo Nunes

Apesar de visivelmente em esforço, a atleta não poupou elogios à prova e garantiu que conseguiu disfrutar da envolvência do percurso e daquilo que o Parque Natural da Serra da Estrela oferece:

Foi espetacular. A Serra da Estrela é lindíssima, vale sempre a pena. Estou muito contente.

Depois deste fim-de-semana, a organização, representada por Armando Teixeira, diz não ter dúvida de que o Estrela Xtreme Triathlon está no bom caminho para a muito breve prazo ser uma prova incontornável e de referência nacional e internacional.

Salientando “seja pela qualidade paisagística e ambiental do Parque Natural da Serra da Estrela;

pelo aproveitamento do relevo do Parque Natural da Serra da Estrela;

pela experiência proporcionada ao atleta e a qualidade dos serviços prestados;

ou pelo segmento de corrida, com características de trail, que diferencia este desafio de todos os outros já realizados no nosso país”.

Foto: Paulo Nunes

Esta foi uma edição marcada pelo sucesso desportivo e organizativo, mas também pela união dos portugueses no apoio a esta região do país, que responderam positivamente ao apelo da organização do Estrela Xtreme Triathlon e passaram o fim-de-semana na Serra da Estrela a apoiar os atletas e o que esta tem de melhor para oferecer.

Depois deste Half Ironman versão “Xtreme” foram muitos os que ainda tiveram coragem de cortar a meta com os filhos ao colo e todos chegaram de sorriso nos lábios!

Entre habitantes locais, familiares e amigos dos atletas e fãs da modalidade tivemos centenas de pessoas a assistir ao evento e a visitar a região, o que cumpre totalmente o objetivo a que nos propusemos”, concluiu Armando Teixeira.

Parceiros

Deixe um comentário