Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

FC Porto impõe primeira derrota ao Sporting CP

FC Porto impõe primeira derrota ao Sporting CP, no Pavilhão João Rocha.

Depois de uma segunda parte de alto nível; ADA Maia ISMAI vence a três segundos do fim.

Texto: Federação Portuguesa de Andebol

FC Porto

Dragão com mais argumentos tomba Leão

Foi o FC Porto quem saiu vitorioso no primeiro clássico oficial da temporada, no Campeonato Placard Andebol 1.

FC Porto derrotou o rival Sporting CP por 27-33, no Pavilhão João Rocha.

Partida referente à 11ª jornada, os Leões começaram melhor e aos cinco minutos venciam por 3-1.

Esta foi a primeira vantagem de dois golos no encontro.

Dois minutos depois, Magnus Andersson viu-se forçado a pedir time-out depois de ver o adversário alcançar três golos à maior (6-3).

Magnus Andersson deu indicações expressas ao desempenho defensivo, pouco eficaz, da equipa.

Manuel Gaspar, na baliza leonina, e Frankis Carol iam sendo as figuras da partida até então.

Dentro dos 10 minutos finais da primeira parte, Nikola Mitrevski entrou para substituir Alfredo Quintana.

Mostrou-se decisivo – com várias defesas – para que o FC Porto alcançasse o empate a 12 golos.

Aos 16 minutos, pela mão de António Areia e logo depois, a reviravolta (12-13), que resultou na primeira vantagem portista na partida.

FC Porto

FC Porto empatou na primeira parte

O jogo seguiu muito equilibrado e foi mesmo com um empate a 14 golos, conseguido através de uma jogada aérea no último segundo, pelo FC Porto, que a primeira parte terminou em Lisboa.

No reatar da partida, os Dragões entraram mais fortes.

Concretizaram quatro golos contra apenas um do Sporting CP, alcançando quatro golos de vantagem de forma inédita nos primeiros 7 minutos (15-19).

Nikola Mitrevski continuava a protagonizar uma exibição de luxo e o FC Porto ía mantendo a eficácia no ataque, vencendo por 18-25, à entrada para os últimos 15 minutos do encontro.

A liderança do marcador nunca mais foi perdida por parte dos azuis e brancos, que conquistaram a 10ª vitória consecutiva na prova (um jogo a menos), já o Sporting CP perdeu os primeiros pontos na prova.

Foto: António Oliveira Fotografia

Artística de Avanca saiu derrotada na Maia

Na Maia, a Artística de Avanca Bioria saiu derrotada pelo ADA Maia ISMAI por 24-23.

ADA Maia ISMAI conquistou o primeiro triunfo da temporada, alcançado nos últimos três segundos.

Aos 10 minutos, a equipa visitante já vencia por 3-6 e após uma ligeira aproximação, nos últimos dez minutos da primeira parte a vantagem era de cinco golos (5-10).

Ao intervalo, a Artística de Avanca Bioria vencia por 9-12 e não tinha a vitória garantida porque o adversário prometia lutar até ao fim.

Perto da metade da segunda parte, o ADA Maia ISMAI tinha conseguido reduzir até à margem mínima (12-13) e não desistiu até alcançar a igualdade a 23 golos, na reta final do encontro.

A 15 segundos do fim e com posse de bola, o ADA Maia ISMAI conseguiu concretizar o 24º golo, quando faltavam 3 segundos para o final e conheceu o sabor da vitória pela primeira vez esta época, distanciando-se do fundo da tabela.

Águas Santas Milaneza venceu

Na receção à AD Sanjoanense Delba, o Águas Santas Milaneza venceu por 33-27 e somou a 7ª vitória na prova.

A equipa visitante até começou melhor e liderou a partida até perto dos 10 minutos, altura em que a formação maiata chegou ao comando do marcador (6-5).

O jogo seguiu equilibrado.

Foi só na reta final da primeira parte que o Águas Santas Milaneza disparou no resultado, saindo para o intervalo a vencer por 18-14.

No segundo tempo, o domínio da equipa da casa foi sempre mais evidente.

Apesar de a desvantagem ter sido encurtada em alguns momentos, a vitória esteve sempre mais próxima do Águas Santas Milaneza que, na reta final, tinha já sete golos à maior.

Com este resultado, a AD Sanjoanense sofreu a 9ª derrota na temporada, num jogo que teve Nuno Grilo como melhor marcador com 8 golos.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta