Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Granito, para lembrar, recordar e marcar na agenda

OPraticante.pt foi até Norte à freguesia de Arcozelo, separada da freguesia de Ponte de Lima, pelo Rio do Esquecimento, afim de participar nos Trilhos do Granito, evento organizado pela ACRA Running associada à Secção Desportiva da Associação Cultural e Recreativa de Arcozelo, numa região onde predomina o granito, e cujo trail bem o homenageou.

ACRA Running e os Trilhos do Granito

A ACRA Running é uma secção ligada à área da corrida inserida na Associação Cultural e Recreativa de Arcozelo, fundada a 10 de abril de 1980, têm desenvolvido a sua actividade através da dinamização da corrida, com várias participações a nível nacional, e agora se lançou na organização deste evento de trail, para dar a conhecer esta bela região a norte de Portugal plantada.

Um grupo de amigos que adoram a natureza e montanha e que tinham um gosto comum, que era correr. Daí se terem juntado e além dos treinos em trilhos mais longos aos domingos começaram a participar em provas. Tem também um dia da semana em que se reunem para esticar as pernas às quais deram o nome de #quartasafundo.

A união e a diversão são as bases principais da equipa, daí o seu lema: sozinhos vamos mais rápido, juntos vamos mais longe.

São uma equipa federada na FPA e estão neste momento a participar no circuito regional de trail da AAVC associação de Atletismo de Viana do Castelo.

Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Arcozelo

Situada na margem direita do rio Lima, que lhe serve de limite com a da vila de Ponte de Lima, esta à margem esquerda do rio, Arcozelo é a mais populosa freguesia do concelho.

Esta é uma terra antiga e rica em testemunhos monumentais e históricos, dos tempos primeiros até, e principalmente, referentes à época da prosperidade senhorial.

Para além da famosa Ponte Romana e da Ponte Medieval, sobre o rio Lima, que liga as duas margens deste rio entre a Vila de Arcozelo e a Vila de Ponte de Lima, existem, ainda na freguesia outras duas pontes antigas.

Granito
David Silva – Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Rio Lima, o rio do esquecimento

O nome deste rio lendário está associado à palavra Lethes que em grego significa Esquecimento. Os romanos chamavam-lhe Limia e reza a lenda que lidaram com o mito do esquecimento. Acreditava-se que quem o atravessasse perderia a memória.

Nasce no monte Talarinho, passa por Xinzo de Limia e percorre parte da Galiza até chegar a Portugal, desaguando no oceano Atlântico em Viana do Castelo.

Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

E do Esquecimento, porquê?

Porque se dizia que quem ousasse atravessá-lo, enfeitiçado pela sua beleza, logo esqueceria a pátria, a família, o próprio nome.

Foto: Artur Fonseca

Trilhos do Granito

E de facto esta prova, este Trail do Granito, a sua organização deslumbrou-nos desde a chegada até à partida, amáveis, cordiais e simpáticos para connosco e para com todos os participantes, e claro não ficará no esquecimento de ninguém este dia, para repetir a 6 de setembro de 2020.

Mas voltemos à chegada de Arcozelo, bem chegámos à freguesia, ao local onde a organização centrou todos os meios operacionais do evento, desde o secretariado, onde se viria a realizar a partida e a chegada, bem como após o esforço seriam os participantes alvo do reforço para compensar as energias gastas no esforço, fomos recebidos pela Susana Ferreira uma das responsáveis da equipa, com quem privamos um pouco e depois a hora ideal para almoçar, o local escolhido?

Eduardo Martins proprietário do Petiscas Restaurante, juntamente com Amália Mendes sócia gerente e o gestor de OPraticante.pt David Silva

Petiscas Restaurante

Petiscas Restaurante, mesmo junto ao local de partida e chegada do evento, frente ao Museu do Brinquedo Português e junto à ponte romana que liga estas duas localidades e freguesias, recebidos pelo seu proprietário que juntamente com os seus funcionários nos fez as honras da casa, servindo-nos uma magnifica refeição tradicional da região, Arroz de Sarrabulho, bem regado com um vinho da região.

Este espaço permite desfrutar de autênticos sabores em plena entrada da famosa ponte romana e em frente ao Museu do Brinquedo Português.

Mercearia da Vila – Turismo de Habitação

Terminado o repasto, foi hora de ir conhecer o local de alojamento, bem pensado e idealizado, OPraticante.pt recomenda este espaço para quem se deslocar à zona de Arcozelo e arredores, a recordar os velhos tempos da mercearia tradicional, denominado Mercearia da Vila – Turismo de Habitação – uma unidade hoteleira de Turismo de Habitação, situada no coração de Ponte de Lima, acompanhados de Xica e Dores Amorim, onde fomos recebidos por Rodrigo Melo, que nos efectuou uma visita guiada para que o ficássemos a conhecer melhor, deixando o convite para o apreciarem através deste vídeo.

Travel Norte – Empresa de viagens

Seguiu-se um magnifico passeio com João Pereira, um dos responsáveis da organização e também gestor do TravelNorte, uma empresa de viagens e turismo, foi um excelente cicerone levando-nos aos melhores locais de Arcozelo e Ponte de Lima, bem em Arcozelo, foi nalguns a antevisão do que me esperaria no dia seguinte.

Granito
Susana Ferreira, David Silva e João Pereira – TravelNorte – Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

À noite, nem falar, sem comentários um movimento de pessoas a passear junto ao Rio Lima, até parecia estarmos nalguma cidade por esse Portugal a fora, bem iluminada, também pudera estavam a pouco tempo das Festas em Ponte de Lima, festas que atraiem milhares de visitantes à região e à localidade já toda enfeitada para o momento.

Ponte de Lima

Trilhos do Granito

E chegámos a domingo, dia dos Trilhos do Granito, a ponte romana que liga Arcozelo a Ponte de Lima, era local de passagem dos atletas, que estacionavam as suas viaturas nos parques de estacionamento junto a esta ponte do lado de Ponte de Lima, e a pé faziam o trajecto até à partida, a música bem cedo animou aquele espaço, com um secretariado a ser célere na entrega dos dorsais e a prestar toda a informação solicitada pelos participantes.

Ponte romana que liga as duas freguesias

Foi dia de reencontrar muitos companheiros de corrida, rever uns, José Sousa, conhecer outros como a nossa colaboradora Andreia Ribeiro, Artur Fonseca que connosco têm colaborado, e conhecer novos companheiros de corrida organizadores de eventos, foi um magnifico dia, e à organização felicito por nos ter convidado a estar presentes, merecem todas as felicitações dos participantes, e se algumas coisas não correram tão bem, serão lapidadas como os diamantes em bruto e na 2ª edição corrigidas para que seja alvo de maiores felicitações

Granito
Jorge Pinto, Andreia Ribeiro OPraticante.pt / Boavista Trail, Amália Mendes, sócia gerente de OPraticante e David Silva – Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Trilhos do Granito com três distâncias

Três distâncias se encontravam ao dispor dos participantes, 26 kms, 18 kms e 10 kms, conforme a aptidão de cada um, eu escolhi os 18 kms, tendo em consideração que ainda estou no inicio da minha recuperação de forma, se foi uma prova fácil não foi, mas que com um pouco mais de treino, teria sido menos dura teria, mas vamos ao percurso.

Granito
Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Com dissemos as provas tiveram em comum o inicio no Largo da Alegria, junto à ponte romana, na zona histórica de Arcozelo e demos entrada nos Caminhos de Santiago. Aí entramos num “novo mundo” onde predominou a ruralidade minhota, de feição marcadamente agrícola.

Percorremos trajectos antigos cruzando bosques, campos agrícolas, passando por casas senhoriais, atravessando a quinta da Casa da Pomarchão, Igreja de Santa Marinha de Arcozelo, assim como cursos de água através de pontes, nomeadamente a Ponte do Arco da Geia, entrando posteriormente na zona de montanha, onde dá inicio ao “prémio montanha”.

Mário Pinto – Camisola amarela – Prémio de Montanha – Foto: Marco Barbosa

Mário Pinto o primeiro camisola Amarela

Mário Pinto foi o grande vencedor do prémio montanha que se situava a 6 km da partida, com um desnível positivo de 225m.

O atleta do Grupo Desportivo e Cultural de Castelo de Paiva completou o percurso em 16m20s28 sangrando-se assim o Camisola Amarela desta primeira edição do Trilhos do granito.

Granito
Foto: Artur Fonseca

Findo este trecho, os percursos dividiram-se, entrando os 26km nos “trilhos do ribeirinho”, que quando as chuvas são abundantes, este trilho se enche com a força das águas que por ele correm, em tempos mais secos presenteia-nos com a força das suas esculturas naturais. Passa por baixo da ponte do gigante e sobe novamente à montanha, passando no “trilho do mato grosso” acedendo a um dos pontos mais altos, a serra de Antelas (local onde os participantes dos 28 kms, tiveram de se empenhar mais um pouco para a superar).

Granito
Foto: Artur Fonseca

Eu e os que participámos nos 18 km, um paredão, e que paredão com três lances de subida, quando pensava que ia terminar veio o 2º e depois o 3º, subir e a bem subir, mas trail sem subidas o que seria??

Granito
Foto: Artur Fonseca

Após esta subida que constituía o “prémio montanha”, entramos num trilho natural, talhado pelas pela força das águas, quando chove em abundância, atravessando a estrada nacional através de um dos vários aquedutos existentes, subindo novamente para a floresta e entrado num vasto eucaliptal que nos levou a uma das zona de transformação de granito.

Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Descoberta da vasta área de exploração do granito

A posterior subida levou-nos à descoberta da vasta área de exploração do granito em que pode ser observada a grandeza, a “brutalidade” e a força humana necessária para a exploração do Granito, chamada de “Pedras Finas” da empresa Feliciano Soares Granitos, um dos patrocinadores do evento.

Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Após esta descoberta os percursos voltam a juntar-se e descemos o “trilho do porquinho”, terminando com a subida ao monte de Santo Ovídio, passando pelo seu célebre miradouro, que visão se desfrutava de tal local, a visibilidade vai de Arcozelo até Viana do Castelo, até ao oceano, se bem que já o tivesse visitado no dia anterior, voltei a desfrutar da paisagem que se usufrui em 360º e pela capela onde se venera o mesmo santo.

Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Fomos prosseguindo sobe e desce, desce e sobe até ao monte de Santo Ovídio, onde se situava o ultimo abastecimento, todos eles bem constituídos, e aqui com o primor de sermos recebidos com uma convidativa música, para nos animar e motivar para os últimos metros, km e trocos até à meta.

Monte de Santo Ovídio

O monte de Santo Ovídio tem “uma localização privilegiada pois domina o vale do Lima até à foz e os vales transversais por onde correm os rios Labruja e Estorãos”.

Foi povoado castrejo, ou seja, da Idade do Ferro, embora a inscultura de um Cavalinho, num penedo próximo à capela, nos leve a afirmar que o Homem terá subido a este monte muitos séculos antes.

Do período medieval é a sepultura, de formato antropomórfico que segundo a lenda terá serviço de enterramento ao ermita que aqui habitou. A capela de Santo Ovídio encima o fantástico miradouro

Foto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Hora de regressar ao ponto de partida, e terminarmos a nossa prestação nos Trilhos do Granito

Posteriormente, as 3 distâncias descem do monte em direção ao ponto de partida, Largo da Alegria, pelos lugares de Tendeiros e Outeiro, sendo ainda possível vislumbrar o aqueduto secular que se encontra nesse trajecto.

Os atletas do mini-trail e caminhada ainda desfrutaram ainda do contato com o rio Lima, na zona da ecovia até à zona do Arnado, e daí até à meta.

A meta onde nos esperavam os companheiros que já tinham terminado, as pessoas que nos tinham acompanhado e os acompanhavam, e aplaudidos fomos pelo nosso desempenho, pela nossa superação.

Mónica Santos, Manuela Machado, Neuza Caridade, Andreia Ribeiro, David Silva e Susana Ferreira Foto: Catarina Cerqueira

Terminei em 98º da geral, 17º do escalão M50 com 03h38m06s, muito satisfeito com tdo o evento, de 0 a 20, dou-lhes 21.

A seguir, bem a seguir uma bela loirinha, acompanhada de uma saborosa bifana, se bem que me soube e a simpatia de quem as servia, então sem palavras, sempre atenciosas.

Um banhinho retemperador nas instalações do Clube Náutico de Ponte de Lima, onde Fernando Pimenta entre tantos outros canoístas se iniciaram na prática da canoagem.

Foto: Cristiano Cerqueira

Caminhada solidária do evento Trilhos do Granito

A equipa Acra Running entregou hoje um cheque no valor de 200€ à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima, fruto da caminhada solidária do evento Trilhos do Granito.

A quantia nao reflete o valor dos bombeiros e o apoio que nos prestaram, sendo indispensáveis no nosso dia a dia. Porém é com este pequeno gesto que tentamos encontrar uma forma de retribuir a partilha do vosso tempo.

Granito

Seguiu-se a entrega dos prémios e a promessa de voltar a 06 de setembro de 2020, reserva na tua agenda, têns de experimentar este evento, viver os seus percursos, as suas paisagens maravilhosas que se estendem até Viana do Castelo e até ao Oceano Atlântico.

E os vencedores foram

Trail Longo – 28 kms – 50 (44M / 6F) participantes

Blandine Craveiro – Addicted to trail – 04h03m16s
Marisa Ferreira – individual – 04h12m16s
Sandra Ferreira – Boavista Trail – 04h54m52s

Granito
Foto: Marco Barbosa

Nuno Carneiro – Nast – Núcleo Associativo de St Tirso – 02h48m22s
Mário Pinto – Grupo Desportivo e Cultural de Castelo de Paiva – 02h55m17s
Carlos Vieira – Ad Sebolido Trail Boneca Douro – 03h01m50s

Granito
Foto: Marco Barbosa

José Silva sofre de esclerose múltipla e foi um dos participantes dos 28 km

José Silva um dos participantes dete Trilhos do Granito, sofre de esclerose múltipla (surto de remissão) desde 2003, na altura a pratica de exercício não era recomendada, mas com o passar dos anos, a dificuldade física a aumentar foi aconselhado a ir para a fisioterapia, a praticar exercício de forma moderada para não se sentir exausto.

Foi então que começou nas caminhadas em 2015, com o passar do tempo foi desafiado a correr pela atleta Diana Dias que sempre esteve a seu lado e o apoiou, em 2018 fez a sua primeira prova de 26km, depois desta foram-se seguindo outras UTM, EGT FREITA, em agosto deste ano, mais um desafio que a Diana Dias lhe fez para participar nos Trilhos do Granito.

Granito
José Silva – Foto: Marco Barbosa

Inicialmente ponderou se devia ir ou não, pois vinha da recuperação de uma lesão com um mês sem treino e de uma queda que lhe tinha feito um ligeiro corte num pé. Mesmo assim José Silva como não é de baixar os braços, aceitou o desafio.

Por infelicidade teve de desistir ao km 19.5 com 1100D+ foi uma decisão difícil, mas tinha no futuro o DUT 45km que era o meu sonho que hoje é uma realidade.

José Silva – Foto: Marco Barbosa

E a OPraticante.pt declarou “Trilhos do Granito foi uma prova muito bem organizada, na qual deram importância a tudo o que um trail pede e se deseja, esta prova vou repetir se poder porque fiquei com o sabor amargo da desistência.

Acrescentando “Tenho a agradecer todo o staff que foram impecáveis durante todo o percurso. Este trail teve um sabor especial por estar acompanhado de grande parte da equipa a que pertenço DAP produções que foram fantásticos no apoio. A todas as pessoas com o mesmo problema que eu tenho, só posso dizer o trail, a prática desportiva so me trouxe qualidade de vida e uma motivação extra para me superar a todo o momento“.

Granito
Foto: Photografy nf

Trail Curto – 18 kms -105 (84M / 21F) participantes

Alex Tondela – Montanha Clube Trail Running /Efapel – 01h37m36s
Avelino Macedo – Vila Verde a Correr – 01h40m30s
João Martins – Vila Verde a Correr – 01h43m46s

Granito
Foto: Marco Barbosa

Anabela Fernandes – individual – 02h10m32s
Paula Costa – Academia Desportiva de Acdemia Desportiva Arcos Valdevez – 02h16m52s
Elisabete Ministro – Palmeira Runners – 02h19m01s

Granito
Foto: Marco Barbosa

Mini Trail – 10 km – 84 (47M / 37F) participantes

Marlene Puga – Ker Sport Trail Running – 01h04m20s
Diana Dias – DAPproduções – 01h08m45s
Catarina Amorim – individual – 01h08m50s

Foto: Marco Barbosa

Paulo Moreira – OPraticante.pt – 46m34s
Filipe Meneses – Ker Sport Trail Running – 49m06s
Bruno Santos – A. D. Amarante Trail Running – 49m31s

Granito
Foto: Marco Barbosa

Paulo Moreira – OPraticante.pt venceu Mini-Trail

Paulo Moreira um dos premiados do passatempo lançado em conjunto pela organização e pelo nosso projecto, que nos honrou representando-nos e que obteve a vitória nos 10 km em nossa representação, declarou “Um trail muito rolante com uma subida curta mas muito dura nos primeiros 3 quilómetros até ao alto de Santo Ovideo onde aproveitei para ganhar posição. Na parte final muito rolante aproveitei para esticar o andamento e ganhar vantagem terminando folgado com mais de 2:30 minutos de diferença sobre o segundo classificado.

Uma prova muito bem organizada por malta do trail…Um trail muito rolante com uma subida curta mas muito dura nos primeiros 3 quilómetros até ao alto de Santo Ovideo onde aproveitei para ganhar posição. Na parte final muito rolante aproveitei para esticar o andamento e ganhar vantagem terminando folgado com mais de 2:30 minutos de diferença sobre o segundo classificado. Uma prova muito bem organizada por malta do trail…” concluiu.

Granito
Paulo Moreira – OPraticante.pt – Foto: Bia Martins

OBRIGADO do tamanho do mundo

E as declarações finais da organização “A todos os participantes do Trilhos do Granito um OBRIGADO do tamanho do mundo! Vieram às escuras para uma primeira edição de uma prova num sítio para muitos desconhecido. Deram-nos a sua confiança e nós só tínhamos que lhes dar o melhor que tínhamos e sabíamos. Desde o início esta prova foi pensada para vocês, afinal de conta vocês são as personagens principais deste acto. Não há Trail sem os aventureiros que se desafiam a trepar serras e montes vencendo tudo e todos, até os próprios limites e barreiras“.

Granito
Foto: Artur Fonseca

Nota do autor: “Nunca é demais quando somos recebidos, como o fomos em Arcozelo, dizer OBRIGADO é pouco, reconhecer o empenho de toda uma equipa, que se esforçou por proporcionar aos participantes desta primeira edição e à nossa equipa de reportagem todas as considerações para que saissemos de Arcozelo, com uma maior vontade de voltar, do que a nos levou lá, e a seu tempo iremos providenciar uma entrevista a esta equipa e convidar-vos a virem conhecê-los melhor, e não só porque não virem participar nos seus treinos de quarta feira ?? Fica o convite,. é só aparecerem“.

Granito
Foto: Photografy nf

Texto: Henrique Dias
Fotos: Artur Fonseca / Bia Martins / Catarina Cerqueira / Henrique Dias / Marco Barbosa / Photografy NF

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta