Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Uma Ilha Azul “de trás para a frente” para João Faria

João Faria alcança objetivos traçados para o Faial, uma Ilha Azul com uma prestação “de trás para a frente”

João Faria e António Olas formaram a dupla do Ribeira Grande Rali Team que esteve presente, este fim de semana, no Faial, para disputar a 3ª prova do Campeonato dos Açores de Ralis.

3ª prova do Campeonato dos Açores de Ralis

Saímos muito satisfeitos”, afirmava o piloto de Rabo de Peixe no final da prova. Para sustentar a afirmação inicial, João Faria lembra que foram cumpridos “os objetivos de ganhar a classe rc4”, tendo ainda vencido entre as viaturas de grupo N e alcançado um bom 6º lugar à geral.

Mas o rali foi tudo menos fácil e a noite de sexta feira ficou mesmo marcada por uma penalização sofrida pelos homens do Peugeot 206 RC depois de concluída a primeira especial de classificação.

João Faria e António Olas foram obrigados a fazer uma prova de recuperação.

De facto, a dupla do Ribeira Grande rali Team entrou para as classificativas de sábado em 12º da geral, 8º das duas rodas motrizes e 3º dos RC4.

Uma atuação sólida e bem conseguida levou-os a vencer a classe rc4, com Marco Soares / Tomás Vultão em Citroen Saxo Cup, a obterem o 2º lugar.

João Faria

Ao mesmo tempo que um terceiro lugar na geral das 2 rodas motrizes premiava o esforço da equipa e de todos os seus patrocinadores cujo apoio permitiu a participação num rali que é do agrado de piloto e navegador.

Nas 2 rodas motrizes os vencedores foram Rafael Botelho e Nuno Silva, com um veículo de última geração, totalmente criado para a competição pela Peugeot Sport.

Trata-se de um Citroen DS3 R3T, ao nível dos melhores que há em Portugal e dos que disputam os vários campeonatos internacionais no que às 2 rodas motrizes diz respeito.

Em 2º lugar Bruno Tavares / Rui Ávila em Peugeot 205 MI. Aparentemente este é um carro mais antigo, mas na verdade, as alterações técnicas efectuadas no mesmo, tornaram-no muito competitivo.

Fizemos mais uma prestação muito positiva disse João Faria

No rescaldo à prova faialense, João Faria fez questão de lembrar que “apesar dos meios financeiros e materiais muito limitados de que dispomos, até em comparação com a concorrência, fizemos mais uma prestação muito positiva que nos enche de orgulho e que queremos dedicar a todos os nossos patrocinadores”.

Com 3 das 7 provas que compõem o Campeonato de Ralis dos Açores já disputadas, João Faria e António Olas estão destacados no comando da classificação dedicada aos RC4, com Marco Soares / Tomás Vultão – Citroen Saxo Cup em 2º lugar e em 3º lugar Carlos Oliveira / Flávio Mota – Citroen Saxo Cup,

Nas duas rodas motrizes são 3ºs nas contas, apenas sendo batidos por equipas com carros muito superiores ao seu 206 RC, 1º Rafael Botelho / Nuno Silva – Citroen DS3 R3T. 2º Carlos Andrade / Tomás Pires – Renault Clio R3.

No campeonato de absolutos a posição é ainda mais interessante, uma vez que João Faria é 5º, atrás dos pilotos dos três R5 que estão a disputar o campeonato e do líder das duas rodas motrizes que dispõe de um carro da categoria R3T.

A próxima prova do campeonato faz as equipas regressar à ilha de S. Miguel. 8 e 9 de Julho são as datas previstas para o Rali Lótus que deve voltar a contar com a presença de várias duplas do Ribeira Grande Rali Team.

Texto: Francisco Veloso
Foto: António Bettencourt

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta