Inaugurada hoje em Lisboa a ponte/viaduto pedo-ciclável

Concluídas as obras em julho de 2014 e aberta ao público apenas em janeiro de 2015, está aberta oficialmente a partir de hoje, dia 14 de fevereiro, a “Ponte/Viaduto Pedo-Ciclável” que liga as freguesias de São Domingos de Benfica a Carnide, que passa por cima de uma das vias de maior trafego automóvel da capital, a 2ª Circular, mesmo em frente às Torres de Lisboa.

No âmbito de um protocolo que a Fundação Galp Energia estabeleceu com a Câmara de Lisboa em 2009, para promover formas de mobilidade mais sustentável na cidade, o projeto da ponte pedonal e ciclável, foi apresentado em setembro de 2011, com o concurso a ser lançado pouco tempo depois, estando inicialmente a sua conclusão prevista para a primavera de 2012. Tinha um custo estimado de 1,2 milhões de euros e seria construída pela Fundação Galp Energia.

Um ano depois do prazo estimado para a conclusão da obra, o custo da mesma aumentou para 1,365 milhões, com a execução do projeto a passar para a Lisboagás, empresa do grupo Galp Energia, a qual apenas tinha disponibilidade para financiar 900 mil euros, a Câmara de Lisboa propôs comparticipar o valor remanescente, não ultrapassando os 465 mil euros, impondo que seria “mediante a doação em pagamento de taxas de ocupação de subsolo devidas pela Lisboagás ao município de Lisboa, os trabalhos na ponte pedonal e de bicicletas foram dados como concluídos apenas em julho pela Galp Energia, que financiou a obra juntamente com a Câmara Municipal de Lisboa, não sendo na altura aberta á circulação, já que de acordo com a empresa, faltavam diversos acabamentos finais, o qual atrasou a sua abertura apenas no inicio de 2015.

Hoje finalmente inaugurada, para o efeito foram convidadas várias personalidades e municipes para participarem na cerimónia.
A concentração ocorreu no cruzamento da Avenida Duque de Ávila com a Avenida Marquês de Tomar pelas 11h., seguindo depois para Telheiras num passeio descontraído. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa António Costa entre outras personalidades, pedalou junto com José Manuel Caetano, presidente da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), o qual tem lutado ao longo dos anos por infraestruturas para as bicicletas, tendo a Federação tido sempre uma palavra a dizer, e elaborando projectos, tendo uma parceria com o Município de Lisboa.

Lisboa começa cada vez mais a ter condições para se andar de bicicleta e as infraestruturas começam de dia para dia a surgirem cada vez mais, estando já com mais de 80 quilómetros de ciclovias construídas.
Para o Edil da capital, António Costa as ciclovias devem estender-se e ser meio de circulação normal.Defendeu ainda o alargamento das mesmas ao centro da cidade, podendo ser assim uma via de circulação normal no quotidiano dos cidadãos.

Para José Manuel Caetano presidente da FPCUB, esta nova ponte é “uma mais-valia para a cidade, estando satisfeitos com este projeto. Temos outros em colaboração com o município, esperando que as vias cicláveis aumentem, e a bicicleta possa ser um meio alternativo ao automóvel, e com as devidas condições para os seus utilizadores o fazerem com segurança. Hoje aqui fica essa prova, com a inauguração desta ponte, numa zona de difícil acesso a ambos os lados desta via, uma das principais da cidade.

Fotos: António Baganha

Parceiros

Deixe uma resposta