Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Leila Marques Mota é Chefe de Missão a Tóquio 2020

Leila Marques Mota, antiga nadadora paralímpica anunciada esta manhã como Chefe Missão aos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 na reunião anual do Programa de Preparação Paralímpica decorrida Rio Maior.

Leila Marques Mota será a Chefe de Missão aos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. O anúncio foi feito pelo presidente do Comité Paralímpico de Portugal, José Manuel Lourenço, na reunião anual do Programa de Preparação Paralímpica decorrida hoje na Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM).

Leila Marques Mota Chefe de Missão a Tóquio 2020

Leila Marques Mota declarou-se “honrada”

Perante uma plateia composta por mais de 30 atletas, para além de representantes federativos, treinadores, parceiros de competição e técnicos assistentes desportivos, a também vice-presidente do CPP Leila Marques Mota declarou-se “honrada” por assumir um cargo desempenhado com o “objetivo primordial de prestar aos atletas as melhores condições possíveis para competirem ao melhor nível”.

Na cerimónia de abertura que contou também com as intervenções do Diretor da ESDRM, Luís Cid, do Presidente do CPP, José Manuel Lourenço, do Ministro Conselheiro da Embaixada do Japão, Takagawa Sadayoshi, da Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, e do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, a antiga nadadora de 37 anos que participou em quatro edições de Jogos Paralímpicos (1996-2008) afirmou que “confiança e estabilidade” serão fatores decisivos para uns Jogos que serão “extremamente competitivos” e que “a responsabilidade dos atletas é o preço da grandeza de fazerem parte da elite”.

[dividir ícone = “círculo” width = “medium”]

Texto / Foto: Comité Paralímpico de Portugal

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta