Liberdade comemora-se sobre rodas nas Aldeias do Xisto

O Dia da Liberdade será comemorado a pedalar em 2021.

O pelotão de equipas continentais e de clube corre a quarta edição da Clássica Aldeias do Xisto no dia 25 de Abril, ligando Benfeita, concelho de Arganil, ao Fajão, Pampilhosa da Serra.

Texto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Dia da Liberdade comemorado com a Clássica Aldeias do Xisto

A Clássica Aldeias do Xisto é pontuável para a Taça de Portugal Jogos Santa Casa e continua a afirmar-se como uma das mais exigentes provas de um dia do calendário velocipédico português.

A edição de 2021 terá 142,1 quilómetros e um acumulado de subida de 2700 metros.

O terreno sempre ondulado da região vai conduzir os corredores à serra do Açor, que promete ser um juiz implacável do estado de forma dos ciclistas. Os últimos 42 quilómetros reservam três prémios de montanha.

A primeira subida pontuável para a classificação dos trepadores surge na Cerdeira, ao quilómetro 100, e é de terceira categoria.

Ao quilómetro 126,3 chega o prémio de montanha de primeira categoria em Cêpos (4300 metros de subida com inclinação média de 8,4 por cento).

A meta coincide com um prémio de montanha de segunda categoria, uma escalada de 2500 metros com inclinação média de 7,3 por cento.

Espera-se um pelotão de 144 corredores, representando nove equipas continentais e outras tantas formações de clube. A partida será dada às 12h00, prevendo-se a chegada entre as 15h30 e as 16h00.

Liberdade

Taça de Cadetes em Paços de Ferreira

No mesmo dia, em Paços de Ferreira, inicia-se a fase de apuramento inter-regional da Taça de Portugal de Cadetes. Os corredores de 15 e 16 anos das equipas nortenhas vão disputar o II GP de Ciclismo Capital do Móvel – Manuel Cardoso.

O Parque Urbano de Paços de Ferreira é o local de partida e de chegada. A prova terá 63,6 quilómetros, iniciando-se às 10h30 e terminando pouco depois do meio-dia.

Parceiros

Deixe uma resposta