Maria Tomé conquista o bronze no Campeonato do Mediterrâneo

Maria Tomé

Maria Tomé

Realizou-se hoje, 7 de novembro, a Taça da Europa de Quarteira e Campeonato do Mediterrâneo , onde participaram cinco triatletas nacionais, com destaque para Maria Tomé.

Leia também

Vasco Vilaça em destaque no Campeonato do Mundo de Triatlo

Texto/Fotos: Federação Triatlo Portugal

Maria Tomé faz 5.º na Taça da Europa de Quarteira

Maria Tomé alcançou a quinta posição, conquistando ainda a medalha de bronze no Campeonato do Mediterrâneo, naquele que é o seu primeiro ano na categoria de elite.

Inês Oliveira

Quanto às outras atletas em competição, Inês Oliveira ficou no 23.º lugar com 02:11:44, Beatriz Santos passou a meta logo a seguir na 24.ª posição com 02:12:00 e Joana Miranda fez 26.º lugar com o tempo 02:15:26. Beatriz Pinto não terminou a prova.

Joana Miranda

Logo na natação imprimiu-se um ritmo forte encabeçado por Ilaria Zane da Itália, principalmente na segunda volta, o que obrigou a que as outras atletas a seguissem.

Maria Tomé saiu bem posicionada da natação «apesar de haver triatletas a quererem sempre passar para a frente, principalmente na segunda volta.»

No ciclismo houve de início um trabalho conjunto, mas «quando o grupo grande nos apanhou ficou muito mais difícil.»

Desde o início do ciclismo que houve uma fuga de duas atletas, a norueguesa Lotte Miller e a italiana Ilaria Zane, seguidas destacadas do grupo perseguidor, onde se integraram Maria Tomé e Beatriz Santos e cuja distância foi aumentando ao longo da prova. As duas saíram para a corrida bem colocadas, com Maria Tomé na quarta posição e Beatriz Santos a fechar o top 10.

Beatriz Santos

«Posicionei-me o melhor possível para a transição da corrida, sofri um bocadinho principalmente nas primeiras duas voltas, mas consegui ganhar força.

Cheguei a estar em sexto, mas depois mesmo no fim consegui ultrapassar para a quinta posição.» Maria Tomé ficou satisfeita com os resultados da prova, que superaram as suas expetativas!

A vencedora da Taça da Europa foi Lotte Miller, da Noruega, com o tempo de 02:02:52, conseguindo uma extraordinária prestação e, mesmo depois de uma queda de bicicleta sem gravidade, conseguiu passar de novo para a liderança.

Ilaria Zane, da Itália, conquistou a segunda posição com 02:03:47 e Nora Gmür, da Suíça, alcançou o terceiro lugar com 02:03:56.

O ouro do Campeonato do Mediterrâneo ficou em Itália, com a triatleta Ilaria Zane, o segundo lugar pertenceu Cecilia Santamaria Surroca e Maria Tomé ficou na terceira posição.

Consulte todas as classificações aqui.

Parceiros

Deixe uma resposta