Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Mundial de Yorkshire, Portugal vai bater-se pelo top 10

A Equipa Portugal vai competir com doze corredores no Campeonato do Mundo de Estrada, que se realiza na região inglesa de Yorkshire, de 22 a 29 de setembro. O ciclismo nacional terá no Mundial de Yorkshire representantes nas provas masculinas e femininas de elite e de juniores, assim como nas corridas masculinas de sub-23.

Seis portugueses no Mundial de Yorkshire

O selecionador nacional, José Poeira, conta com uma equipa experiente para competir em elite, tendo escolhido seis corredores de perfis diferentes e complementares, precavendo diferentes cenários de corrida e o necessário trabalho coletivo.

Os corredores que representarão Portugal na prova de fundo de elite, no dia 29 de setembro, são Domingos Gonçalves (Caja Rural-Seguros RGA), José Gonçalves (Team Katusha Alpecin), Nelson Oliveira (Movistar Team), Rúben Guerreiro (Team Katusha Alpecin), Rui Costa e Rui Oliveira (UAE Team Emirates). Nelson Oliveira compete também no contrarrelógio individual, no dia 25.

Temos uma equipa de qualidade, com provas dadas e experiência internacional. Vamos bater-nos pelo top 10 do Mundial de Yorkshire, tanto no contrarrelógio como na prova de fundo. Sabemos que os adversários são muito fortes, mas temos as nossas armas, com corredores que sabem o que é disputar os primeiros lugares em Mundiais”, afirma José Poeira.

Campeonato do Mundo de Estrada

O selecionador nacional antecipa a prova de fundo para elite: “Durante cerca de 100 quilómetros, a partir do quilómetro 60 de prova no Mundial de Yorkshire, os corredores vão andar por estradas muito sinuosas, com subidas íngremes, curvas e viragens muito técnicas. É necessário estar sempre bem colocado, havendo tensão constante, o que vai aumentar o stress competitivo e provocar um desgaste muito grande, antes mesmo do circuito final, essencialmente urbano. Aqui as maiores dificuldades serão técnicas, devido às curvas, viragens e descidas exigentes. Tem também alguns topos. Acabará por ser duro porque os corredores vão ali chegar com quase 200 quilómetros e cada metro que se perca para a roda da frente numa curva ou viragem custa muito a recuperar”.

Nelson Olveira em Contrarrelógio
Nelson Oliveira – Foto de arquivo

Acredito nas capacidades do Nelson Oliveira

O contrarrelógio de elite terá 54 quilómetros e vai disputar-se no dia 25 de setembro, entre Northallerton e Harrogate. “É um contrarrelógio que abre mais a possibilidade de bons resultados aos corredores possantes que tiveram a vida mais dificultada nos Mundiais de Bergen e de Innsbruck. No entanto, acredito nas capacidades do Nelson Oliveira para nos dar uma alegria. A prova vai obrigar a uma criteriosa escolha dos andamentos a utilizar, porque exige muitas mudanças de ritmo, devido às subidas, mas também às estradas estreitas e sinuosas. O atravessamento de zonas de ventos cruzados é outro fator relevante”, avalia José Poeira.

A Equipa Portugal de sub-23, escolhida depois do estágio e dos testes realizados, na semana passada, no Centro de Alto Rendimento, será composta por André Carvalho e João Almeida (Hagens Berman Axeon), Emanuel Duarte (LA Alumínios-LA Sport) e Miguel Salgueiro (Sicasal/Constantinos). A prova de fundo está marcada para dia 27 e terá 186,9 quilómetros. Três dias antes, André Carvalho e João Almeida competem no contrarrelógio de 30,3 quilómetros.

Portugal só conseguiu qualificar dois juniores

Portugal só conseguiu qualificar dois juniores, também selecionados após o estágio da última semana. Os eleitos são André Domingues (Escola de Ciclismo Bruno Neves) e João Carvalho (Bairrada). O duo nacional só compete na prova de fundo, 148,1 quilómetros a disputar no dia 26.

As representantes femininas são a sub-23 Maria Martins (Sopela Women’s Team), que competirá na prova de fundo de elite – em Mundiais não há corridas de sub-23 femininas -, e a júnior Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ). A jovem algarvia abre a participação portuguesa, no contrarrelógio de 13,7 quilómetros, dia 23, e corre a prova de fundo para juniores, com 86 quilómetros, no dia 27. Maria Martins terá pela frente 149,4 quilómetros, no dia 28.

A Eurosport irá transmitir as diferentes provas do Mundial de Yorkshire, estando programada a transmissão integral de todas as corridas com participação da Equipa Portugal.

Agenda de Portugal e transmissões televisivas

23 de setembro
10h10-11h45: CR Juniores Femininas: Harrogate – Harrogate, 13,7 km – Eurosport 1

24 de setembro
10h10-12h30: CR Sub-23: Ripon – Harrogate, 30,3 km – Eurosport 1

25 de setembro
13h10-15h50: CR Elite Masculina: Northallerton – Harrogate, 54 km – Eurosport 1

26 de setembro
12h10-15h50: Prova de Fundo Juniores: Richmond – Harrogate, 148,1 km – Eurosport 1

27 de setembro
8h40-11h20: Prova de Fundo Juniores Femininas: Doncaster – Harrogate, 86 km – Eurosport 1
14h00-19h10: Prova de Fundo Sub-23: Docaster – Harrogate, 186,9 km – Eurosport 1

28 de setembro
11h40-15h45: Prova de Fundo Elite Feminina: Bradford – Harrogate, 149,4 km – Eurosport 1

29 de setembro
8h40-15h40: Prova de Fundo Elite Masculina: Leeds – Harrogate, 280 km – Eurosport 1

Texto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta