Nutrição desportiva é relevante na performance?

Nutrição desportiva

A nutrição desportiva tem revelado a sua enorme importância na saúde em geral e, também, na performance dos atletas.

A (ND) nutrição desportiva representa um dos vários ramos da Nutrição. Trata-se de uma área que chama cada vez mais a atenção dos que procuram os melhores resultados desportivos.

Nutrição desportiva

O Nutricionista acompanha e trabalha em prol do atleta

O Nutricionista integra a equipa médica e, de forma multidisciplinar, acompanha e trabalha em prol da saúde e melhoria do rendimento desportivo do atleta.

De uma forma geral, a nutrição desportiva parte da evidência científica para fornecer ao atleta a energia e substratos ideais para otimizar a sua performance.

O Nutricionista sabe que qualquer alimento ingerido terá um impacto metabólico e parte desse conhecimento para delinear com o atleta estratégias nutricionais que o ajudem a alcançar os objetivos.

A performance do atleta relaciona-se com o que ingere antes, durante e depois do treino ou prova. Antes deve criar reservas energéticas de forma a manter um bom desempenho, deve consumir essencialmente Hidratos de carbono (HC) pouca ou nenhuma Gordura e pouca Proteína.

Durante, o atleta deve consumir essencialmente HC e hidratar-se de forma a evitar quebras de energia e desidratação.
Depois do exercício, necessita de restaurar o glicogénio muscular, ingerindo HC, hidratar e efetuar a síntese proteica muscular, ingerindo Proteína.

Esta descrição simplifica muito os protocolos nutricionais de cada fase que devem ter em conta a intensidade, duração do evento, suplementação, hidratação, horas de toma, e muitos outros fatores.

Em todas estas fases o Nutricionista ajuda o atleta a optar por alimentos e produtos que goste e que sejam nutricionalmente mais indicados, evitando, por exemplo, fenómenos de hipoglicémia reativa, ou desconforto gastrointestinal.

Nutrição desportiva tem como foco de intervenção a saúde do atleta

A nutrição desportiva tem também como foco de intervenção a saúde do atleta. Através da elaboração de planos alimentares totalmente personalizados e centrados no atleta, o Nutricionista tem em conta não só o que o atleta necessita para manter ou melhorar a sua performance, mas também as suas caraterísticas individuais, as suas necessidades energéticas basais e o stress metabólico a que o mesmo está exposto, e que pode comprometer o seu sistema imunitário.

Assim, são vários os benefícios que a intervenção da ND proporciona ao atleta:

Permite que o atleta suporte treinos mais longos e intensos

Auxilia na fase de recuperação pós ou entre-treinos/provas

Atrasa a sensação de fadiga provocada pelo desgaste da atividade;

Evita o estado de desidratação;

Promove a melhoria da composição corporal do atleta;

Reduz a probabilidade de fratura e/ou lesão;

Informa o atleta acerca da correta ingestão nos diferentes momentos do dia;

Previne situações de desconforto gastrointestinal, hipoglicémia reativa, náuseas, fome, entre outros sintomas;

Aumenta a capacidade de foco;

Promove a melhoria dos hábitos e escolhas alimentares.

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Texto: Joana Romão – Nutricionista
Publicado no sitio oficial da Federação Triatlo Portugal
Foto: Freepik

Parceiros

Deixe uma resposta