O ciclismo começa a ser só para alguns

ciclismo

Todos nós sabemos como vai a divulgação da modalidade na nossa comunicação social, na escrita, os desportivos, pouco ou nada se fala de ciclismo, tirando o Record que diariamente publica notícias sobre o mesmo.

Texto: José Morais – Noticias do Pedal
Foto: EPA

E assim vai a divulgação do ciclismo em Portugal

Tudo passa ao lado, se não fossem alguns sites, uns da especialidade, outros generalistas, sobre ciclismo nada se via.

Nas televisões, é o que todos sabemos, RTP, o que lhes interessa, SIC, para esquecer, TVI apenas com a Volta ao Algarve, e apenas na TVI 24 se visualiza as partes finais das etapas.

Ao contrário de outros países, como Espanha, França ou Itália por exemplo, que acompanham e divulgam a modalidade ao longo de todo o ano, Portugal, como sempre, nas nossas televisões a modalidade fica esquecida, e é abafada pelo dito desporto rei, o futebol, que injetam diariamente os telespetadores.

Foi assinado um protocolo entre a Federação Portuguesa de Ciclismo e grupo Cofina para divulgação da modalidade em Portugal.

Uma colaboração que visa a divulgação / promoção do ciclismo nos diferentes meios de comunicação social daquele grupo, com destaque para a “CMTV” e para os jornais diários Correio da Manhã e Record, referindo-se que este último órgão já o fazia.

A Volta ao Algarve será a primeira prova a transmitir, onde a CMTV se vai juntar à Eurosport 1 na transmissão em direto da prova.

Com a CMTV a fazer reportagens em direto nos locais de partida e de chegada das cinco etapas, o Record e o Correio da Manhã, a serem os jornais oficiais, fazendo uma cobertura destacada da prova, contribuindo para um retorno mediático dos patrocinadores da corrida, das equipas participantes e para a visibilidade dos corredores e das localidades algarvias.

ciclismo

O dito desporto do povo, a modalidade irá beneficiar …

É sem dúvida muito positivo para a modalidade a sua divulgação, mas uma coisa é certa, o dito desporto do povo, o ciclismo irá beneficiar com estas transmissões pela CMTV, uma televisão virada e dedicada a tudo, muito em especial ao futebol, menos ao ciclismo até data.

Será uma televisão por cabo, uma televisão paga, não acessível a todos os portugueses que vai levantar a modalidade dita do povo, com diz Luís Santana, administrador do Grupo Cofina Media “Tudo isto faz sentido, o ciclismo é uma modalidade que está muito próxima das populações” a intensão é boa, mas na realidade não se pode dizer que seja a melhor, com exclusividades para a Cofina, onde apenas alguns podem ter acesso às notícias do ciclismo.

Sem ser a Volta ao Algarve, os Campeonatos Nacionais e nas provas pontuáveis para a Taça de Portugal, estão no pacote, podendo, no entanto, ser alargada a outros eventos dos calendários nacionais.

Vamos esperar para ver, os benefícios para a modalidade em Portugal, com uma certeza, a pensar assim, o ciclismo começa a ser só para alguns.

Parceiros

Deixe uma resposta