Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Patrícia Mamona com a melhor classificação de sempre

Patrícia Mamona recordista de Portugal conseguiu a sua melhor classificação de sempre em Campeonatos Mundiais de Atletismo

A final do triplo-salto dos Campeonatos Mundiais de Atletismo, em Doha, no Qatar, foi uma das melhores e a recordista nacional, Patrícia Mamona, estava preparada para ela. Mostrou isso logo no primeiro ensaio, com 14,40 metros, mas esse esforço trouxe-lhe problemas.

Senti logo o meu posterior. Algo não estava bem. Fui sempre sentindo dores e tentei gerir ao máximo, até porque tinha todos os saltos”, referiu a atleta.

Patrícia Mamona
Patrícia Mamona

Patrícia Mamona “Eu estou na minha melhor forma de sempre”

Contudo, Patrícia não voltou a melhorar, apesar se estar muito focada nisso, a ponto de no último ensaio ter começado a corrida antes da autorização dos juizes!

Eu estou na minha melhor forma de sempre, sentia que hoje era o meu dia para o recorde pessoal e, nesse último salto estava a dar tudo! Nem vi que não podia ainda fazer o salto”, completou.

Saio daqui com o sentimento de ter conseguido o meu melhor resultado em mundiais, tenho vindo sempre a subir. Tenho boas conclusões a tirar sobre esta minha participação. Foi uma prova com um nível muito alto, mas sentia que a luta pelas medalhas estava muito aberta. Agora há que recuperar, ver se isto não é nenhuma lesão mais chata e preparar os Jogos Olímpicos”, concluiu a atleta que hoje confirmou a marca de qualifica para Tóquio ‘2020.

A vencedora do concurso foi a venezuelana Yulimar Rojas, com 15,37 metros.

Texto: Federação Portuguesa de Atletismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta