Coluna Dto
Coluna Esq

“Pinhal Novo junta 450 participantes, numa clássica do cicloturismo nacional”

Foi este domingo 20 de março para a estrada, uma das clássicas mais antigas do calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), a 28ª edição cicloturistica do Pinhal Novo, numa organização do Pinhal Bike Team, com o apoio da Junta de Freguesia Local, como objetivo, a comemoração de mais um aniversário da elevação do Pinhal Novo a Vila.

28ª edição cicloturistica do Pinhal Novo

O mercado municipal foi o local da concentração, bem cedo começaram a chegar os participantes, confirmando as inscrições, preparando as bicicletas, um pequeno-almoço oferecido a todos, dois dedos de conversa.

Pelas 9 horas tudo estava a posto para iniciarem as pedaladas, num percurso com cerca de 60 quilómetros, passando por; Vila Serena, Rio Frio, Forninho, Asseiceira, e Fernando Pó, onde nas caves D. Ermelinda foi momento de paragem para fazer abastecimento.

De regresso á estrada, seguiu-se por; Bairro Margaça, Lagameças, Lau, Algeruz, Arraiados, e Pinhal Novo, onde cerca das 12,20 chegava a longa caravana.

Pinhal Novo

Numa manhã que acordou com o céu muito nublado, apesar de algum sol que tentava brilhar, por trás as nuvens eram pesadas, e onde já depois do abastecimento, a chuva caiu em força durante uns quilómetros, dando a todos os cicloturistas, um forte banho, mas que não foi motivo para desanimar nem desistir, e a boa pedalada lá continuou, e lá se rolou bem, já que o trajeto também era apetecível para isso, onde as subidas estiveram quase ausentes.

Passeio molhado, passeio abençoado

Neste segundo passeio do calendário da FPCUB em início de época, a participação foi sem dúvida muita, e não fosse as más condições que antecederam o evento, muitos mais participantes poderiam comparecer, algo que o Pinhal Novo nos acostumou ao longo dos anos, sendo um passeio sem dúvida muito positivo, com uma satisfação geral do participantes, com um especial destaque também para o trabalho feito pelos batedores da GNR, na segurança que deram a todo o longo pelotão, que circulou praticamente sem compacto.

E por agora pouco mais para dizer, apenas o interregno de uma semana, já que se aproxima mais uma Pascoa, voltaremos já em abril, em mais um passeio de tradição, será no Penteado/Moita, onde este ano será um passeio de saudade e recordação, por uns companheiros que nos deixaram.

Até lá, ficam os votos de bons passeios, boas pedaladas.

Texto/Foto: José Morais

 

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta