São Silvestre da Amadora, a festa dentro da festa

Amadora 2019

A 46ª edição da São Silvestre da Amadora foi apresentada ontem na Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, com a presença da presidente da Câmara Municipal da Amadora, Carla Tavares; do presidente do Desportivo Operário Rangel, Nuno Vedor; do diretor-geral da HMS Sports, Hugo Sousa, e da vencedora das duas últimas edições, Ana Mafalda Ferreira.

A prova está prevista para a tarde de 31 de dezembro 2021, após um ano de interregno motivado pela pandemia Covid-19.

Leia também

São Silvestre da Amadora regressa com a mesma emoção

Site oficial do evento.

Página do evento.

Página do Operário Desportivo Rangel.

São Silvestre da Amadora
Foto: HMS Sports

São Silvestre da Amadora com 28% dos inscritos a serem mulheres

É um dia de alegria de novo, mas também tem a sombra do que nos espera nos próximos dias.

Estamos preparados para ter uma grande São Silvestre e só não acontecerá se a pandemia nos impedir de todo.

Temos de avaliar e dar cumprimento às determinações, até porque existe muito público a assistir”, sublinhou Carla Tavares, no dia em que o Conselho de Ministros está reunido para decidir novas medidas.

O reforço das medidas inicialmente previstas para a São Silvestre mais antiga de Portugal Continental é uma realidade.

Vamos ter seis partidas diferentes, de acordo com nível competitivo, separadas por dois minutos; obrigatoriedade de utilização de máscara até ao momento da partida e após a meta; novo local da entrega de kits (passou para o Complexo Desportivo Monte da Galega).

Tivemos de nos adaptar e criar medidas novas para garantir a proteção de todos os participantes”, explicou Hugo Sousa, da HMS Sports.

Neste momento, o evento conta com mais de 1.700 inscritos na prova de 10 km e na corrida das crianças. “Dos 1.700 inscritos, 28% são mulheres!

Nunca esta prova tinha tido tantas senhoras inscritas, o que é uma agradável surpresa.

Estamos a evoluir para uma igualdade no evento”, realçou Nuno Vedor, presidente do Desportivo Operário Rangel.

Ana Mafalda Ferreira, atleta do Sporting Clube de Portugal, esteve presente na conferência e confirmou a vontade de conquistar o terceiro triunfo consecutivo na São Silvestre da Amadora: “não existe nenhum bocado de prova sem público, é difícil igualar uma prova como a Amadora.

A responsabilidade é outra, trago duas vitorias e vou lutar pela terceira.

É um percurso duro e com adversárias de qualidade, mas farei o meu melhor.

São Silvestre da Amadora
Ana Mafalda Ferreira

Elite feminina e masculina

Ana Mafalda Ferreira lidera a elite feminina prevista para a São Silvestre da Amadora, na qual constam as seguintes atletas:

Sara Catarina Ribeiro (Sporting Clube de Portugal), vencedora da prova em 2015 e 2016;

Solange de Jesus (C.D. Feirense), vice-campeã nacional de Cross 2021,

Susana Cunha, Carla Martinho, Joana Nunes e Carolina Ribeiro (todas do R.D. Águeda);

Rafaela Almeida (S.C. Salgueiros);

Vanessa Carvalho (S. C. Braga);

Sónia Ferreira e Mónica Silva, ambas do São Salvador do Campo.

Rui Pinto – Foto de arquivo

Em masculinos, as atenções centram-se no recordista da prova, Rui Pinto. Agora a defender as cores do Sporting, procura o sexto triunfo na São Silvestre da Amadora, depois dos êxitos em 2014, 2016, 2017, 2018 e 2019.

A elite masculina integra também Miguel Borges, Miguel Marques (vice-campeão nacional de cross) e Fernando Serrão, todos do Sporting;

André Pereira (Sport Lisboa e Benfica);

Luís Saraiva (vencedor do Campeonato Nacional de Estrada); Tiago Costa, Paulo Rosário e Francisco Rodrigo, todos do Sporting Clube de Braga;

Luís Oliveira (R.D. Águeda);

João Fernandes (Casa Benfica Faro);

Ricardo Ferreira (JOMA) e Hugo Santos (S.C. Salgueiros).

A 31 de dezembro, a elite feminina irá partir 15 minutos antes da elite masculina:

17h45 – Partida Elite Feminina
18h00 – Partida Geral

Organização quer superar os 1800 participantes de 2019

Todos os inscritos nos 10 km da São Silvestre da Amadora recebem uma t-shirt de manga comprida e no final, a quem concluir o desafio, é entregue uma medalha alusiva ao evento.

Em 2019, a São Silvestre da Amadora superou a barreira dos 1.800 classificados nos 10 km, números que a organização gostaria de superar este ano.

São Silvestre Amadora

Corrida das crianças

A Corrida das Crianças vai para a quarta edição e dirige-se exclusivamente a crianças nascidas entre 2008 a 2016. Os percursos serão ajustados aos escalões etários; começam e terminam na Praça São Silvestre e terão passagem pela Estrada dos Salgados. Neste momento, mais de 150 crianças já garantiram um lugar na prova que se inicia pelas 16h00. Uma hora depois, terá início o tradicional desfile de automóveis clássicos e motociclos no percurso dos 10 km.

Parceiros