Banner superior
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Serra da Aboboreira acolhe Trilhos da Aboboreira

A Serra da Aboboreira recebeu, no passado dia 24 de junho, mais uma edição dos Trilhos da Aboboreira. A prova organizada pela secção de Trail Running da Associação Desportiva de Amarante decorreu com base logística em Amarante e reuniu cerca de 600 participantes nas diferentes vertentes do evento.

Foto: Marco Barbosa

Serra da Aboboreira

A Serra da Aboboreira, situada no distrito do Porto, é partilhada pelos Municípios de Amarante, Baião e Marco de Canaveses, distando apenas 30 minutos da grande área metropolitana Porto. Desconhecida para maioria dos praticantes de actividades de natureza possui uma grande valia em termos de paisagens, cultura, e património sendo considerada um dos últimos bastiões selvagens do distrito.

Trilhos da Aboboreira
Foto: Marco Barbosa

Ao longo dos trilhos idealizados pela equipa A.D.Amarante Trail Running os atletas encontraram um percurso bastante diversificado com partes duras e técnicas com altimetria assinalável, atingindo os 950m de altitude na prova de 30 Km.

Foto: Armando Vieira

O que também marcou os trilhos foi a existência de muitas zonas de arvoredo, com muita sombra, várias cascatas, moinhos e cursos de água e o ladear na parte final do rio Ovelha e do rio Tâmega, terminando no centro histórico de Amarante.

Foto: Armando Vieira

Trilhos da Aboboreira

A edição de 2018 dos trilhos da Aboboreira foi apadrinhada por Luís Duarte, atleta do EDV – Viana Trail, que representou Portugal no último Mundial de Trail.

O secretariado da prova dos trilhos da Aboboreira decorreu na Cooperativa DOLMEN, um dos parceiros da prova, sendo depois os atletas transportados para a zona do Cavalinho, nas portas da Serra da Aboboreira, onde foram dadas as partidas das três provas. Deste ponto os atletas subiram a serra sendo que os participantes dos 30 Km foram os que tiveram uma experiência mais genuína da Aboboreira, tendo passado por locais típicos como Castelo, Carvalho de Rei e Senhora da Guia, Alto da Abogalheira, Aldeia Velha, Friande, São Simão e Jazente.

Foto: Nuno Faria

Norberto Loureiro e Albertina Santos os vencedores nos 12 kms

A prova de 12 Km, com uma altimetria de cerca de 500m D+, foi a prova mais acessível tendo sido feita a correr ou a caminhar. Contou com os vencedores Norberto Loureiro (individual) e Albertina Santos (Nocturnos de Paredes)

Foto: Marco Barbosa

Masculino
Norberto Loureiro – Individual – 01:04:24 foi o primeiro, Agostinho Sousa – Fridão Sem Limites – 01:06:18 em 2º lugar e a exemplo dos 30 kms a proporcionar espectáculo a quem assistia na meta na disputa que teve com o seu colega de equipa Bruno Azevedo – Fridão Sem Limites – 01:06:41.

Feminino
Venceu Albertina Santos – Nocturnos De Paredes – 01:19:49, Cláudia Silva – Sportarc.Running – 01:22:15 foi 2ª, e Sandra Cunha – Individual – 01:25:22, 3ª classificada.

Albertina Santos – Foto: Ana Mendonça

Classificação colectiva nos 12 Kms

Fridão Sem Limites obteve 12 pontos que lhe proporcionaram a vitória colectiva, Serafão 4Fun com 43 pts obteve o segundo lugar, e seis pontos depois, com 49 pts ficaou a equipa da Sportac.Running

Foto: Marco Barbosa

Nos 18 kms venceram Tiago Pereira e Eliana Teixeira

Nos 18 Km, com uma altimetria final de 900m D+, o vencedor masculino foi Tiago Pereira (FC Penafiel) e Eliana Teixeira (Fridão Sem Limites)

Foto: Marco Barbosa

Masculino
Tiago Pereira – Futebol Clube De Penafiel – 01:41:50 venceu, seguido de Hugo Gonçalves – Trail Team Bifase – 01:50:39 e de Miguel Ferrás – A.D. Amarante Trail Running – 01:51:19.

Feminino
Venceu Eliana Teixeira – Fridão Sem Limites – 02:33:53, em 2ª Margarida Sousa – 16.9 Crossfit – 02:36:53 e 3ª Gisela Sousa – 16.9 Crossfit – 02:36:53.

Eliana Teixeira – Foto: Ana Mendonça

Classificação colectiva nos 18 Kms

32 pontos foram os somados pelo Fridão Sem Limites e que lhes proporcionou a vitória nesta distância, no lugar seguinte com uma diferença de dois pontos classificou-se a equipa da casa A.D.Amarante Trail Running – 34 pts e em 3º lugar a The Newbies – 86 pts.

Foto: Marco Barbosa

Carlos Veloso e Lucinda Sousa vencem os 30 kms

A prova de 30 Km, prova rainha do evento e com aproximadamente 1400m D+, contou com o vencedor Carlos Veloso (Team Sindeq) e Lucinda Sousa (Prozis Trail Team). Esta prova que contava para a Taça de Portugal de Trail-Zona Norte teve, em termos colectivos, como vencedores o Clube de Atletismo de Fafe.

Carlos Veloso – Foto: Ana Mendonça

Masculino
Carlos Veloso – Team Sindeq- 02:55:08 obteve uma vitória só decidida na linha da meta, tal a diferença minima para o 2º Nuno Fernandes – Clube Atletismo Fafe – 02:55:12, Agostinho Reis – Individual – 02:59:07 completou o pódio.

Feminino
Lucinda Sousa – Prozis – necessitou de 03:33:33 para concluir a distância, Rosalia Silva – Team Lantemil – 03:46:31 e Alexandra Fernandes – Individual – 03:58:42 obtiveram os lugares imediatos

Lucinda Sousa – Foto: Ana Mendonça

Classificação colectiva nos 30 kms

O Clube de Atletismo de Fafe foi o vencedor com 25 pontos, a equipa da casa A.D.Amarante Trail Running seguiu-se com 45 pts, e a EDV – Viana Trail completou com 57 pts o pódio

Foto: Marco Barbosa

O Balanço

A Organização faz um balanço positivo do prova face ao seu normal decorrer e de acordo também com as opiniões dos atletas no final da mesma, sentido que o trabalho que teve a escolher os trilhos e torná-los adequado para a prática do trail foi positivo.

Foto: Marco Barbosa

Outro dos objectivos a que se propôs a organização, e que sente que foi atingido com a realização da prova, foi a divulgação da Serra da Aboboreira como local com potencial para a prática de desportos de natureza todo o ano, tendo esta ainda muitos trilhos em estado virgem, com grande beleza associada para ser explorados. Nesta demanda o apoio da Associação de Municípios do Baixo Tâmega e dos 3 Municípios envolventes à serra foi fundamental.

Foto: Nuno Faria

Para além dos apoios já evidenciados a prova contou também com apoio de várias entidades públicas e privadas, das Juntas de Freguesia locais, da Abomarão e dos Bombeiros Voluntários de Amarante. A Organização agradece o empenho de todos os apoios, sentindo que foram fundamentais para o bom decorrer da prova.

Foto: Marco Barbosa

A inspiração dos troféus

Para quem ficou intrigado com a forma dos troféus aqui fica a sua inspiração.

Trail também é valorizar o nosso património e a nossa história…

Remontando aos tempos pré-históricos/ paleolíticos surge a ideia para os troféus da prova “trilhos da aboboreira”, tendo este a forma de um biface.

Foto: Marco Barbosa

Troféus em acrílico preto c/ gravação a laser elaborados pela empresa megapublicidade.

Foto de capa da autoria de Nuno Faria

Texto: António Mendes
Fotos: Armando Vieira, Jorge Ribeiro, Nuno Faria, Marco Barbosa, Marco Nunes, Ana Mendonça

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta