Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Sporting CP e SL Benfica triunfantes em Rio Maior

Mais de duas centenas de atletas de todos os pontos do país reuniram-se este sábado, em Rio Maior, para a disputa da terceira etapa do Campeonato Nacional de Clubes de Duatlo e do Campeonato Nacional Universitário de Duatlo.

Duatlo de Rio Maior, um evento de grande relevo no calendário competitivo Nacional ficou marcado pela presença dos Olímpicos João Pereira e Miguel Arraiolos e apresentou-se uma grande oportunidade competitiva para todos os presentes.

Os percursos rápidos da cidade de Rio Maior permitiram andamentos altos durante toda a prova e beneficiaram aqueles que procuraram disputar uma prova intensa e dinâmica.

O Olímpico João Pereira, venceu, confirmando o favoritismo

O favoritismo à vitória final coube desde início a João Pereira, quinto classificado nos Jogos Olímpicos de Rio de Janeiro. O triatleta do Sport Lisboa e Benfica apresentou-se como a principal figura desta prova e não defraudou as expectativas. Manteve-se sempre perto da liderança da competição e uniu esforços com o seu colega de equipa, Miguel Arraiolos, e com David Luís, Portugal Talentus. O trio chegou isolado ao segmento de corrida final e João Pereira confirmou o porquê de ser um dos melhores triatletas do mundo, somando a vitória para o Sport Lisboa e Benfica. Miguel Arraiolos foi segundo classificado e David Luis completou o pódio masculino na terceira posição.

João Pereira – Sport Lisboa e Benfica

Melanie Santos vitória folgada

A competição feminina ficou marcada pela presença da internacional portuguesa Melanie Santos. A atleta que corre com as cores do Sport Lisboa e Benfica somou a vitória para o seu clube e confirmou a qualidade que faz de si a atleta feminina de referência Nacional.

Registou o melhor parcial nos três segmentos da prova e cortou a meta com uma vantagem superior a um minuto sobre Ana Filipa Santos. A atleta da casa, Rio Maior Triatlo, foi segunda e a jovem Mariana Vargem, Ludens Machico/Máxima Dinâmica, terminou a prova num excelente terceiro lugar.

Campeonato Nacional Universitário de Duatlo

Simultaneamente foi disputado o Campeonato Nacional Universitário de Duatlo.

Uma prova destinada a reconhecer o mérito de jovens estudantes e atletas e que procurou apurar um dos primeiros títulos nacionais da época.

Ana Filipa Santos, IPSantarém, e João Ferreira, AEISEG, foram os grandes vencedores da prova e sagraram-se campeões nacionais do desporto universitário.

Na competição feminina Alexandra Domingues, U.Porto, foi segunda e Inês Lopes, AAUAv, terceira.

Luis Lopes, AEISEL, foi segundo classificado na prova masculina e Diogo Silva, NOVA, encerrou o pódio na terceira posição.

Em termos colectivos Rio Maior observou a verdadeira disputa nas duas frentes.

Sporting CP e SL Benfica foram os grandes vencedores em Rio Maior

Sporting Clube de Portugal e Sport Lisboa e Benfica foram os grandes vencedores da terceira etapa do Campeonato Nacional de Clubes de Duatlo e dominaram a classificação feminina e masculina, respectivamente.

Em femininos o Alhandra Sporting Club foi segundo e o Outsystems Olímpico de Oeiras terminou na terceira posição.

Nos homens o segundo lugar foi ocupado pelo Outsystems Olímpico de Oeiras e o Teleperformance – Os Belenenses foi terceiro.

A cidade de Rio Maior recebeu um grande evento envergadura Nacional organizado conjuntamente pela Câmara Municipal de Rio Maior, Desmor, EM, SA e pela Federação de Triatlo de Portugal e marcou mais um grande dia de competições.​

Resultados aqui.

Ricardo Batista – 8ºlugar Cadetes – ETCN Torres Novas

Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas

Pelo Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas, estiveram presentes 4 atletas, sendo que o melhor torrejano foi Ricardo Batista, que ainda a recuperar de uma gripe, alcançou o 8ºlugar em Cadetes, enquanto Miguel Moreira terminou no 18ºlugar. Em Juniores, Rafael Marques foi 13ºclassificado, e o 4ºelemento da equipa torrejana, Rodrigo Carvalho em Sub-23, concluiu a sua prova na 26ªposição.

Remo Clube Lusitano

Em prova estavam 5 Lusitanos em busca da melhor pontuação possível para defender um lugar nos 20 (à partida na 16º posição do nacional) melhores deste Campeonato Nacional de Clubes de Duatlo.

O percurso deste duatlo apresentava-se como o mais rápido das 3 etapas disputadas, tanto na corrida como no ciclismo, o que viria a proporcionar tempos bastante rápidos, entre eles uma nova melhor marca

Sergio Fajardo, Joao Rebelo, Paulo Rebelo, Antonio Sousa, Pedro Fernandes, equipa do Remo Clube Lusitano

O Lusitano de Pedro Fernandes ao obter 58’21”- 82º Geral, 27º Sénior, estabeleceu uma nova melhor marca pessoal (menos 1” do que tinha feito no Duatlo de Amora em 16/2/2013!), Sérgio Fajardo – 58’44” – 89º Geral, 30º Sénior, Paulo Rebelo – 1h06’25” – 169º Geral, 18º Júnior, António Sousa – 1h07’15” – 173º Geral, 20º Veterano I, João Rebelo – DNF (Abandono devido a furo)

Por equipas o Remo Clube Lusitano terminou esta etapa no 26º lugar com o tempo de 3h03’31” (soma dos 3 primeiros atletas do clube). Nas contas finais do CNC de Duatlo o Remo Clube Lusitano manteve um lugar no top-20, sendo o 19º classificado.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta