Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Torneio Aberto de Trail

15-CEFA-1
Torneio Aberto de Trail, uma descidinha para ajudar

Base Naval de Lisboa

A Base Naval de Lisboa (BNL) é um órgão de base da Marinha Portuguesa. Constitui a única grande base operacional da Marinha Portuguesa.

Em virtude da maioria das instalações da BNL se localizarem na antiga Quinta Real do Alfeite, a base é frequentemente referida como “Base Naval do Alfeite”.

A BNL está integrada no Perímetro Militar do Alfeite, na margem sul do rio Tejo junto à cidade de Almada, o qual também abrange outras unidades da Marinha, tais como a Escola Naval, a Escola de Tecnologias Navais, o Arsenal do Alfeite, a Base de Fuzileiros e o CEFA.

CEFA

15-CEFA-3
Torneio Aberto de Trail e uma subidinha

CEFA – Centro de Educação Fisica da Armada, comemorou a 5 de Abril, o seu 54º aniversário. Tendo sido homenageado em 2012 pelo secretário de estado do desporto e juventude com a medalha de Honra ao Mérito Desportivo, enaltecendo na altura os 50 anos ao serviço da Marinha e do País. Esta unidade da nossa Marinha de Guerra tem instalações que proporcionam ao pessoal que ali trabalha óptimas condições para a prática desportiva.

Torneio Aberto de Trail

No Ambito das comemorações do seu 54ª aniversário, decorreu no dia 5 de maio, no Alfeite, para as forças armadas e policiais, o Torneio Aberto de Trail. O dia começou com nuvens negras ensombrando-o, não permitindo vislumbrar qualquer raio de sol, com a chuva a cair com alguma intensidade, e assim se manteve durante toda a manhã.

O levantamento dos dorsais foi feito no meio do relvado na Pista de Atletismo do CEFA tendo decorrido tudo normalmente, sem atrasos ou quaisquer tipo de complicações. Havia excelentes condições para que os atletas participantes pudessem fazer aquecimento para a prova até ao momento em que todos foram chamados para receberem da parte do director da prova esclarecimentos sobre o percurso e chamadas de atenção para as regras que faziam parte do regulamento da prova que havia sido enviado a todos os participantes via email. Pouco depois da hora prevista lá foi dado o “tiro” de partida e lá fomos nós,107 participantes, entre os quais três senhoras. Num constante sobe e desce, tal montanha russa, o inicio sem o devido aquecimento foi mais lento, depois foi engrenar uma mudança superior e prosseguir conhecendo um pouco das instalações que proporcionam aos elementos que ali trabalham óptimas condições para a prática desportiva, a meio do caminho saímos das instalações em direcção à Ponta dos Corvos, e no regresso para ajudar, a bela areia da praia colocou travão, e exigiu aos atletas um esforço físico suplementar, para regressarmos ao interior das instalações e terminarmos no mesmo local de partida, não sem antes a organização nos ter premiado com uma subidinha nada de mais, já fiz muito pior, mas que alguns optaram pela alternativa criada pela organização, para não terem de utilizar as unhas como informou o elemento da organização no inicio da corrida, uma corrida sempre premiada pelo São Pedro, que, com maior ou menor intensidade nos foi refrescando ao longo de toda a prova.

Seguiu-se o banhinho e o belo almoço para recompor forças, e até para a próxima

Os vencedores

Fernando Gomes da PSP foi o vencedor com 1h 16m 21s, seguido de Luis Silva – CCF – 1:10;54, e Ruben Monteiro – PSP – 1:10;57, em femininos Catia Rosalino – ETNA – 1:40;08 venceu, com Batista Pinto – EN – 1:44;55 e Cristina Alves – NRP V.Castelo – 2:03;31 a ocuparem respectivamente o 2º e 3º lugar

Fotos: CEFA

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta