Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Transfronteriza, Portugal brilha no Campeonato Ibérico

A Transfronteriza teve a sua terceira edição no passado Domingo, contando com 550 participantes de Espanha e Portugal, sendo o recorde neste verdadeiro Campeonato Ibérico de Trail Running. O evento decorreu entre Zamora e Bragança, terminando na localidade Portuguesa de Rio de Onor.

Transfronteriza, espanhóis voltam a triunfar

A equipa Espanhola voltou a triunfar, existindo uma excelente réplica da equipa Lusa, destacando-se o segundo lugar de Lucinda Moreiras e Vanda Santos, nos 33 e 24 km respetivamente. Alguns atletas Zamoranos aproveitaram para correr com a camisola de Portugal, mostrando o clima de verdadeira amizade e festa deste evento.

“Um ambiente de festa entre os dois países… é espetacular”

Esta prova é uma das melhores em que se pode participar. Tem de tudo, zonas muitos corríveis que alternam com outras partes muito técnicas, num ambiente de festa entre os dois países… é espetacular”, afirmou o vencedor da prova rainha de 33km, José Juan Clemente.

No setor feminino, a prova promovida pela Região de Zamora, com o apoio da Câmara Municipal de Bragança, Cara Rural e Junta de Castilla y León, o triunfo foi para a Zamorana Laura Álvarez (3h 33m 02s), superando a favorita Lucinda Moreiras (3h 40m 42s).

A terceira posição foi para a espanhola Belén Montávez (3h 55m 29s), numa prova marcada pelo aumento da participação de mulheres, tal como aconteceu nas distâncias de 24 e 14km.

Pequenos paraísos descobertos pelos participantes

A prova de 24km, passou pela Serra del la Culebra, Parque Natural de Montesinho e outras zonas de Tras-os-Montes, que escondem pequenos paraísos, com o vale do rio Mazanas.

Esta distância foi dominada, pelos espanhóis Jorge Fraile e María Díez, que trocaram a camisola da sua equipa Viafarma Clínica Dental Cifuentes pelas cores Espanholas. Nas mulheres, a segunda posição pertenceu à atleta Portuguesa Vanda Santos.

Nos 14km, na vertente competitiva, Miguel Rivera e Silvia Manrique foram os vencedores, sendo o atleta Português Bruno Silva terceiro da geral Masculina.

Existiu também uma caminhada de 14km e a tradicional prova para os mais jovens, que decorreu no Sábado e teve a participação de vinte atletas.

A terceira edição da Transfronteriza voltou a ter a meta em Portugal, depois de em 2018 ter terminado em Espanha, existindo a previsão de a meta alternar ente os dois países ano após ano.

Mais informação.

Texto: Hugo Água
Foto: Artedeportivo.com / José Vicente

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta