Victor Mariño e Sara Ferreira foram os mais velozes

Victor Mariño

Victor Mariño

O espanhol Victor Mariño (X Bikes CC) e Sara Ferreira (Maiatos) foram os vencedores em Elites do 6.º BTT DHI Moto Galos, terceira e penúltima etapa do Campeonato do Minho de BTT DHI – CISION que se disputou no Monte do Facho, em Barcelos.

Promovida pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Associação Clube Moto Galos de Barcelos, o 6.º BTT DHI Moto Galos realizou-se sob todas as condições de segurança e no cumprimento das orientações da Direção-Geral da Saúde e das normas concertadas entre aquela entidade e a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

Mais artigos sobre este evento

BTT DHI Moto Galos inserido no Campeonato do Minho

Texto: ACM
Fotos: Marcelo Lopes

6º BTT DHI Moto Galos teve como vencedores Victor Mariño e Sara Ferreira

Na categoria de elites, Victor Mariño (X Bikes CC) impôs-se na descida final do Monte do Facho, concluindo o percurso com o tempo de 1:57:034m.

O ciclista espanhol Victor Mariño , que obteve o 10.º melhor tempo na manga de qualificação, surpreendeu toda a concorrência ao retirar mais de 18 segundos ao registo da primeira descida e assegurou a vitória na terceira prova do Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision.

Victor Mariño
Pódio elite

Na segunda posição ficou André Agostinho Ferreira (individual) e o vimaranense Pedro Fernandes (individual) foi terceiro classificado.

Sara Ferreira (Maiatos) assegurou o triunfo em Elites femininas no 6.º BTT DHI Moto Galos.

Sara Ferreira

Rui Freitas “…conquistar a camisola de Campeão do Minho”

Rui Freitas (individual) foi o melhor corredor da categoria de juniores, obtendo o melhor tempo nas descidas de qualificação e de classificação, enquanto Diogo Pereira (Bike House DH Team/Guimarães) foi o segundo e o seu colega de equipa Luís Cunha, apesar de aparatosa queda, terminou em terceiro.

Ao somar em Barcelos a segunda vitória no Campeonato do Minho, Rui Freitas mostrou-se muito satisfeito e explicou que “na primeira descida consegui fazer quarto à geral, que era o meu grande objetivo, mas tive um problema na bicicleta e na segunda manga foquei-me apenas em fazer a descida e acabei por vencer”, disse Rui Freitas.

Rui Freitas

Sobre a vitória na categoria de juniores referiu que “é muito importante ganhar as corridas, ainda mais porque não pontuei na prova da Penha devido a uma lesão.

Agora o objetivo passa por conquistar o maior número de pontos para conquistar a camisola de Campeão do Minho”.

Em cadetes a vitória foi para Nuno Bentes (BTT Pandilhas a monte), enquanto Diogo Cunha (Desportivo Jorge Antunes) foi segundo e Adrian Lopez (Kamikazes CD) subiu ao terceiro lugar do pódio.

Vítor Emanuel Soto Maior (individual) venceu em master 30, deixando Manuel Bessa (BTT Pandilhas a Monte) e Jorge Afonseca (AXPO/Firstbike Team/Vila do Conde) nos restantes lugares do pódio.

Ricardo Soares

Ricardo Soares já conquistou o Campeonato do Minho em master 40

Em master 40, Ricardo Soares (Bike House DH Team/Guimarães) venceu o 6.º BTT DHI Moto Galos e, ao vencer as três provas disputadas, já conquistou o título de Campeão do Minho de BTT DHI 2021.

Na segunda posição ficou António Cunha (Desportivo Jorge Antunes) e João Gomes (BTT Enduro Terras de Bouro) foi terceiro.

Estive parado seis anos, regressei agora à competição para acompanhar o meu filho, que está nos infantis, e tenho conseguido vencer as provas no meu escalão.

Também me sagrei Campeão Nacional de Master 40 e está a ser uma época excelente”, disse Ricardo Soares.

António Sousa (BTT Enduro Terras de Bouro) foi o melhor entre os master 50 e Pedro Oliveira (individual) entre os master 60.

Na categoria de escolas, Duarte Ribas (Bike House DH Team/Guimarães) ganhou em juvenis, deixando nos lugares imediatos os seus colegas de equipa Diogo Rodrigues e Francisco Ribeiro.

Em infantis, Ezequiel Sanchez (5Th Pine MTB Team – Clube) subiu ao primeiro lugar do pódio, enquanto Afonso Soares (Bike House DH Team/Guimarães) foi segundo.

Na vertente Open, José Pinto (BTT Pandilhas a Monte) foi o mais rápido, enquanto Tiago Silva (BTT Enduro Terras Bouro) foi segundo e João Araújo (individual) terceiro.

Por equipas, a Bike House DH Team/Guimarães voltou a triunfar e soma três vitórias consecutivas no Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision, enquanto o Desportivo Jorge Antunes terminou o 6.º BTT DHI Moto Galos no segundo lugar e o BTT Pandilhas a Monte em terceiro.

Victor Mariño

“Atletas e público levam daqui grandes recordações”

Fazendo um balanço muito positivo do regresso do Downhill ao Monte do Facho, Pedro Sousa, presidente da Associação Clube Moto Galos de Barcelos, referiu que, apesar da pandemia e na inexistência de provas nessa altura, “a equipa de DHI do Moto Galos nunca esteve parada e continuou a fazer a manutenção da pista e a ter aqui muitos atletas a treinar”.

Agora conseguimos regressar à organização de uma prova de DHI e correu tudo muito bem.

O dia esteve com as condições ideais para a prática da modalidade e conseguimos tirar proveito da chuva que se fez sentir durante a semana e que anulou o pó.

O percurso também estava em excelentes condições e penso que assistimos a uma corrida de grande nível.

Atletas e público levam daqui grandes recordações e com vontade de voltar”, disse Pedro Sousa.

Contava ter aqui tantos atletas?

Nós temos sempre expetativas altas, mas o que é certo é que este ano ultrapassamos as duas últimas edições em termos de número de participantes.

Foi excelente e dá-nos alento para continuar e penso que é um sinal de que a modalidade está em crescimento”, afirmou o dirigente.

Parceiros

Deixe uma resposta