Wout Van vence, João Almeida a 10 segundos do líder

O ciclista belga Wout van Aert (Jumbo-Visma) venceu esta quarta-feira ao sprint a primeira etapa do Tirreno-Adriático, tornando-se no primeiro líder da geral ao bater o australiano Caleb Ewan (Lotto Soudal), segundo, sobre a meta.

Texto: Lusa
Foto: Tirreno Adriatico

Wout van Aert vence ao sprint e é o primeiro líder do Tirreno-Adriático

Após os 156 quilómetros de tirada inaugural com partida e chegada em Lido di Camaiore, Van Aert ergueu os braços, findas 3:36.17 horas, à frente de Ewan, o único que se aproximou do ‘sprint‘ do belga.

A fechar o pódio esteve o colombiano Fernando Gaviria (UAE Emirates), numa reta final em que van Aert até se lançou primeiro, sem que ninguém conseguisse aproximar-se do velocista, à exceção de Ewan.

Quarto na Strade Bianche deste ano, depois de a ganhar no ano passado, o ciclista da Jumbo-Visma venceu hoje pela primeira vez em 2021 e somou esta a uma lista de quase duas dezenas de triunfos, da Milão-Sanremo a três etapas na Volta a França.

Wout van Aert
Wout van Aert

A Jumbo-Visma, por seu lado, conseguiu hoje uma ‘dobradinha‘ nas provas de ciclismo WorldTour a decorrer ao mesmo tempo: Van Aert vai liderar o Tirreno-Adriático, e o esloveno Primoz Roglic também venceu a quarta etapa do Paris-Nice e arrebatou a camisola amarela da prova francesa.

João Almeida (Deceuninck-QuickStep) foi hoje 23.º na etapa, com o mesmo tempo do vencedor, e segue em 26.º na geral, cujo pódio é igual ao do dia de hoje, a 10 segundos do líder.

Ivo Oliveira (UAE Emirates) foi 74.º e Nelson Oliveira (Movistar) 109.º, ambos com o mesmo tempo do vencedor, com Ivo no 75.º posto da geral e Nelson em 110.º.

Amanhã Van Aert defende a liderança na segunda de sete etapas entre Camaiore e Chiusdino, com 202 quilómetros acidentados e chegada em alto.

Parceiros

Deixe uma resposta