Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

24H de prazer: Portugal no topo da Ultra Resistência

Penafiel foi palco para 24h de prazer, 12h de prazer o Campeonato Europeu de BTT WEMBO (World Endurance Mountain Bike Organization), Ricardo Saraiva e Pedro Maia, foram dois portugueses presentes e ambos sagraram-se vice-campeões Europeus WEMBO, nesta prova que teve início no sábado, 21 de setembro, e terminou no domingo, 22 de setembro. Durante cerca de 12h de prazer, o Ricardo Saraiva de 39 anos percorreu 10 voltas, enquanto durante 24 de prazer, Pedro Maia de 60 anos de idade, fez 15 voltas num percurso de 15 km.

World Endurance Mountain Bike Organization

A competição, que reuniu mais de 240 atletas de 15 países diferentes, realizou-se pela primeira vez em Portugal. Com três provas de resistência de 6h, 12h ou 24h de prazer, venceram os ciclistas que deram o maior número de voltas num percurso com uma extensão de 15km.

OPraticante.pt sobre ao pódio com o Vice-Campeão Europeu Ricardo Saraiva

Já Ricardo Saraiva em representação de OPraticante.pt/Biemme Ibérica/GRJA/BikePlanet, esteve presente na competição, nas 12h de prazer, deixando o seu testemunho pessoal da sua prova, assim como os preparativos que antecederam a mesma.

Muitos foram os meses que me dediquei a este objetivo a que me propus, e nada nem ninguém me faria demover de tal ideia.

Foi na companhia de amigos, companheiros do pedal habituais, mas principalmente da família e daqueles que considero família, mesmo sem o serem, que me “apoiei” em busca de algo que desde o inicio achei de loucura e até mesmo de um desafio do maior que me propus até hoje… fazer as 24h do Wembo European MTB.

Confidencializando com este e aquele, rapidamente optei por participar nas 12h de prova ao invés das 24h, até porque a época do ano em que a prova iria decorrer podia ser uma época de muito calor, ou até mesmo de intempérie… o que se veio a confirmar.

Adaptei-me a estas condições e lá se foi treinando, participando em algumas provas com vista a aferir as condições físicas, técnicas e principalmente psicológicas.

Ricardo Saraiva
Ricardo Saraiva – Ciclismo Tv – By Eduardo Campos

 

E a cada desafio que lhes propunha eles so respondiam… BORA…

Os amigos, sim esses amigos que todos sabem quem são, nunca me deixaram só. E a cada desafio que lhes propunha eles so respondiam… BORA…

A eles sem duvida devo muito do que foi o passar a meta depois de 12h de sofrimento com as condições que se apresentavam, sim, essas condições pelas quais passaram todos os atletas que se inscreveram e que aceitaram o desafio, mesmo para isso abdicando de estar no seio familiar, no quente do lar, no descanso do sofá, enfim, fomos todos uns guerreiros.

Esses mesmos 240 guerreiros que vindos de vários países da Europa se deslocaram a Penafiel com o intuito de puder envergar a tão desejada camisola amarela de vencedor do Wembo European MTB.

240 guerreiros que vindos de vários países da Europa para 6h, 12h e 24h de prazer

Com partida apontada para as 11h, desde logo deparámos com uma intempérie, o que levava a adivinhar o que seria o dia de prova, pequeno almoço e o formigueiro a apoderar-se cada vez mais de mim e depois de cumprimentar amigos destas lides lá me dirigi à partida onde se alinharam na frente os participantes das 24h por prazer seguidos dos das 12h e das 6h.

11h em ponto deu-se a partida dentro do Pavilhão e quando saímos à rua lá fomos brindados por uma chuva de inicio miudinha, mas que com o passar das horas engrossou.

Percurso na sua primeira metade no sentido ascendente com subidas técnicas em calçada romana e muita pedra, sendo a segunda metade caraterizada por uma longa subida seguida de single tracks onde a técnica dos participantes com o desenrolar das passagens ia sendo de elevada dificuldade tal o “batatal” com que nos deparámos.

Ricardo Saraiva

No final, embora moído, termino no 2º lugar do pódio, o que me deixou orgulhoso de tudo o que havia feito e na esperança que no futuro possa vir a participar em tais provas, e quem sabe o que aí virá.

O meu obrigado a todos que me acompanharam e apoiaram neste desafio que me propus, e onde cada um de vós tem uma quota parte de mérito, sem esquecer OPraticante.pt que tem sido um projeto vitorioso que abracei e me tem dado muitas alegrias e experiências únicas.

Pedro Maia

Pedro Maia Vice-Campeão Europeu, mais um título para o seu longo currículo

Pedro Maia ao longo do seu percurso desportivo tem concluído alguns feitos. Recentemente arrecadou o título de Vice-Campeão, na categoria +60, no Campeonato do Mundo de 24H Solo de Mountain Bike, no passado mês de julho, no Brasil.

Apesar da proximidade temporal com a última prova, Pedro Maia encontrava-se recuperado e preparado para enfrentar este novo desafio de 24h por prazer.

Grupo de participantes nas 24h

E OPraticante.pt ouviu o atleta após a sua prestação

Depois de já ter estado presente em 7 Campeonatos do Mundo e 5 Europeus, posso afirmar que deve ter sido a prova mais desafiante que fiz, não por ser dura e em Portugal, mas sim por ter sido muito bem delineada, organizada e sobretudo com uma particularidade, nunca vista e que foi o facto das boxes estarem incluídas dentro do Parque de Exposições Agrival em Penafiel, uma mais valia devido às condições climatéricas onde imperou a chuva durante praticamente toda a prova, a minha Pit Manager ficou encantada. Falando mais concretamente da organização do evento só me vem à lembrança esta afirmação:”Nunca tão poucos fizeram tanto”. IRON BRAIN no seu melhor.

Das 11 horas de Sábado até às 11 de Domingo, em 24h por prazer, mais de 200 participantes vindos dos 4 cantos da Europa viveram 24H seguidas de perfeito cross-country old school, por caminhos rurais e pequenos aglomerados populacionais. Apareceram-nos trilhos excecionais cobertos de lages assim como enormes penedos de granito. A chuva veio apimentar a técnica mas nunca me senti amedrontado sobretudo quando procuro estar dentro dos meus limites, desmontar não é sinal de fraqueza mas sim de inteligência.


O ano dos Vice-Campeonatos

Parti como de costume calmo e geri o esforço na companhia do meu companheiro António Girão. Controlei bem a prova mantendo o primeiro lugar durante cerca de 20 horas sem grandes percalços mas nas duas ultimas o meu principal opositor Benjamin Silva levou a melhor e terminou no lugar mais alto do pódio com o atleta Fernando Santos no terceiro lugar.
Para mim foi o ano dos Vice-Campeonatos. Em 2020 WEMBO Europeu na República Checa em Junho e Mundial na Austrália em Novembro. Que comece a preparação.

Pedro Maia

Texto: Henrique Dias com a colaboração de Ricardo Saraiva e de Pedro Maia
Fotos: Cedidas pelos atletas

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta