7.º GP Liberty Seguros – Troféu do Sudoeste e Costa Vicentina

Polacos conquistam Vila do Bispo

A equipa polaca ActiveJet aproveitou a rodagem em terras portuguesas – estagia no sul de Portugal desde a Volta ao Algarve – para conquistar os dois primeiros lugares na etapa inaugural do GP Liberty Seguros – Troféu do Sudoeste e Costa Vicentina, que hoje se disputou, entre Sines e Vila do Bispo, ao longo de 218 quilómetros.
Pawel Bernas foi o vencedor da etapa e lidera a geral individual e a classificação por pontos, enquanto o compatriota Pawel Franczak cortou a meta no segundo lugar, com o mesmo tempo, 5h04m42s. Também com o mesmo registo, adiantando-se 3 segundos ao pelotão, chegou o estadunidense Charles Bradley Huff (Optum p/b Kelly Benefit Strategies).
Apesar de terem um corredor no numeroso grupo de fugitivos que liderou a corrida desde, sensivelmente, o quilómetro 70, os polacos atacaram a partir do pelotão. Quando faltavam 30 quilómetros para o fim, Bernas e Franczak juntaram-se a Kamil Gradek na cabeça de corrida. A 7 quilómetros da meta o trio passou a rolar em cabeça de corrida e, com a meta apenas a 3 mil metros, Bernas e Franczak deixaram o colega para trás e discutiram entre si o triunfo.

“Já temos muitas corridas feitas em 2015 e todos os nossos corredores começam a estar em bom momento. Além disso, hoje tivemos chuva, algum frio e estradas planas, o que foi excelente para a nossa equipa”, conta o diretor desportivo da ActiveJet, Dariusz Bigos, que, enquanto corredor, representou a Sicasal, em 1994 e 1995, e o Feirense, em 1993.

Pawel Bernas parte para a segunda e última etapa, a realizar neste domingo, com 4 segundos de vantagem sobre o colega de equipa Pawel Franczak, e com 6 segundos à melhor sobre Charles Huff. “Hoje corremos com muita cabeça, tivemos sangue frio e guardámos o nosso ataque para o momento certo, de modo a que os adversários não pudessem responder. Agora quero saborear a vitória e a camisola amarela, amanhã logo se vê como a defenderemos”, frisou o líder, sem querer adiantar a estratégia a seguir pelos polacos.
Nas classificações secundárias, nota de destaque para dois sub-23 portugueses, Rúben Guerreiro (Axeon), que é o melhor jovem, no quinto posto da geral, para César Martingil (Liberty Seguros/Carglass), sétimo da geral e melhor ciclista das equipas de clube. Pierrick Naud (Optum p/b Kelly Benefit Strategies) comanda a classificação dos trepadores.
Com poucos segundos a separar os melhores, as decisões estão guardadas para os 187,6 quilómetros a percorrer neste domingo. Odemira acolhe a partida (10h50) e a chegada (15h15). O percurso apenas contempla um prémio de montanha de terceira categoria, mas ficará marcado pelo sobe e desce típico da região.
O 7.º Grande Prémio Liberty Seguros – Troféu do Sudoeste e Costa Vicentina é a quarta e última prova de competição da edição de 2015 do Cyclin’Portugal Algarve, que se iniciou com a Volta ao Algarve e prosseguiu com a Clássica Loulé Cidade Europeia do Desporto e 25.º Troféu Alpendre Internacional do Guadiana.

Classificações
1.ª Etapa
Sines – Vila do Bispo, 218 km
1.º Pawel Bernas (ActiveJet), 5h04m42s (Média: 42,927 km/h)
2.º Pawel Franczak (ActiveJet), mt
3.º Charles Bradley Huff (Optum p/b Kelly Benefit Strategies, mt
4.º César Martingil (Liberty Seguros/Carglass),a 3s
5.º Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte), mt
6.º Guillaume Boivin (Optum p/b Kelly Benefit Strategies, mt
7.º Daniel Freitas (Anicolor), mt
8.º Luís Gomes (Liberty Seguros/Carglass), mt
9.º César Fonte (Rádio Popular-Boavista), mt
10.º Krists Neilands (Rietumu-Delfin), mt

Geral
1.º Pawel Bernas (ActiveJet), 5h04m32s
2.º Pawel Franczak (ActiveJet), a 4s
3.º Charles Bradley Huff (Optum p/b Kelly Benefit Strategies, a 6s
4.º Samuel Caldeira (W52-Quinta da Lixa), a 8s
5.º Rúben Guerreiro (Axeon), a 11s
6.º Rafael Silva (Efapel), mt
7.º César Martingil (Liberty Seguros/Carglass),a 13s
8.º Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte), mt
9.º Guillaume Boivin (Optum p/b Kelly Benefit Strategies, mt
10.º Daniel Freitas (Anicolor), mt

Parceiros

Deixe uma resposta