Academia Equestre na caminhada olímpica e paralímpica

Academia Equestre

Um grupo de seis atletas, com e sem deficiências, da Academia Equestre João Cardiga, vai participar no CDN e CPDN-Concurso de Dressage e Paradressage Nacional, que se realizará nos dias 15 e 16 de março, na Costa do Estoril.

A representar a Academia J Cardiga estarão os seguintes conjuntos:

Pelo Cardiga Paradressage Team, Sara Duarte / Daxx du Hans, Grau II, Inês Alemão Teixeira/Giraldo da Sernadinha, Grau III, José Neves / Vendetto C e Rita Lagartinho / Oposta de Foja, ambos do Grau 1. Rita Rodrigues/Festina 31 e Beatriz Reto / De Plaisir, competem no escalão Júnior FEI, representando o Cardiga Dressage Team.

João Pedro Cardiga, diretor desportivo do Clube, assume a chefia das equipas, contando com o importante apoio do treinador adjunto João Monteiro.

Academia Equestre João Cardiga prossegue na “caminhada olímpica e paralímpica”

A Academia Equestre João Cardiga é a única instituição equestre em Portugal, que pode afirmar-se como pioneira na formação de atletas olímpicos e paralímpicos, tornando-se, assim, um verdadeiro exemplo da inclusão, pelo desporto equestre.

A formar atletas de competição, com e sem deficiências, desde 93, em 2017 a Academia aprovou com nota máxima, 6 atletas no exame de Sela 7, classificação que lhes deu acesso às competições internacionais – o primeiro passo para a longa caminhada “olímpica”, que espera alguns destes jovens.

Na caminhada paralímpica, a Academia iniciou em 2015, o projeto “Cavalgar até Tokyo 2020”. Este ambicioso projeto pretende qualificar uma equipa de 3 a 4 conjuntos que garanta a presença de Portugal no expoente máximo da competição desportiva – as paraolimpíadas.

Paralelamente, a Academia prossegue o seu trabalho na formação desportiva de competição com mais de uma dezena de mini-atletas dos 6 aos 15 anos de idade, a competir a nível nacional, nos escalões infantis, iniciados e juvenis, na disciplina Dressage PONEIS. O Trofeu Dressage Póneis terá inicio no dia 29 de abril.

Dado o carater inclusivo da Academia, os atletas com deficiência intelectual não ficam de fora. A primeira prova do Special Olympics Equitação que se realizará dia 18 de abril em Setubal contará, como habitualmente, com um significativo grupo.

Academia Equestre João Cardiga  no facebook.

Parceiros

Deixe uma resposta