Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Auriol Dongmo foi autorizada a competir em Portugal

A lançadora do peso Auriol Dongmo foi autorizada pela World Athletics (WA), a federação internacional de atletismo, a competir por Portugal a partir do dia 26 de julho de 2020.

A atleta de origem camaronesa que adquiriu a nacionalidade portuguesa em outubro de 2019 e que representa o Sporting, afirma estar «muito contente com a decisão que há muito esperava, pois é a grande oportunidade que tenho para representar esta bandeira e este país».

Esta época, já com nacionalidade portuguesa, a sportinguista bateu várias vezes o recorde de Portugal estabelecendo-o em 18,37 metros, em Pombal, quando se sagrou campeã de Portugal em pista coberta, igualando o seu melhor de sempre, obtido em 2017, quando já estava em Portugal e a treinar com Paulo Reis.

Católica, Auriol rumou a Portugal atrás da sua fé e de Fátima, e nessa fé encontrou forças e respostas para viver em Leiria, estar com este treinador e representar o Sporting.

Auriol Dongmo

Auriol Dongmo elegível para as grandes competições a partir de julho

«Quando estava nos Camarões já me apaixonava a ideia de vir para Portugal, estar perto de Fátima e poder continuar a competir e a evoluir», referiu a atleta que define a sua decisão de mudar a nacionalidade como gratidão pelo que Portugal deu».

Concluindo «Tenho uma nova família. Toda a gente me apoiou desde o primeiro momento, sempre foram muito simpáticos e após várias conversas decidi que tinha de retribuir este amor que senti de toda a gente. Fico agora à espera de poder representar Portugal, que poderá ser já nos Europeus de Paris, caso estes se mantenham no calendário».

Desde que está em Portugal, Auriol encontrou nos conhecimentos e dedicação do seu treinador a motivação para treinar mais afincadamente. «O meu treinador provocou algumas mudanças no treino que eu tinha, mas basicamente por é baseado na qualidade e na técnica», disse-nos a atleta, adiantando que «ele é o treinador. Nunca tinha conhecido nenhum como ele».

Quando tudo prometia uma época em grande surge esta pandemia que obriga os atletas a treinarem em casa, um exemplo seguido por Auriol. «O meu treinador arranjou-me barras, pesos, tenho estado a treinar em casa», concluiu a atleta reforçando toda a sua fé de que vamos ultrapassar este momento e sair mais fortes, todos os portugueses.

Neste momento, Auriol Dongmo é uma das três portuguesas (as outras são Eliana Bandeira e Francislaine Serra) que têm marca de qualificação para a prova de lançamento do peso para os Europeus de Paris 2020, competição prevista para o final de agosto e que ainda não foi adiada ou cancelada.

Texto / Foto: Federação Portuguesa de Atletismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta