Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Sorriso pelas crianças e jovens “Cada Km Um Sorriso”

Cada Km Um Sorriso” uma aventura pelas crianças e jovens, um evento para sensibilizar as pessoas.

Foi esta a aventura que quatro “raparigas”, a Odete e a Isabel foram as ciclistas, a Maggie e a Tati seguiam na caravana para dar apoio e para as pernoitas.

Isabel Moreira, 02/02/1970, empresária

Odete Azevedo, 28/01/1970, administrativa

Magda Godinho, 22/12/1978, bancária

Tatiana Costa, 10/10/1988, administrativa

Todas gostamos de desafios, e a N2 de bicicleta é um desafio e pêras…

A Odete tem uma bike que foi oferecida por um amigo e a Isabel comprou a bike já depois de aceitar o desafio.

Treinamos pouco mais de 2 meses para preparar as pernas, fazendo 2 a 3 treinos semanais.

Apesar de nunca termos feito bike, temos feito outros desportos.

A Odete faz running e a Isabel pratica atletismo e crossfit.

Sorriso

O que vos levou a avançar com o “Cada Km Um Sorriso”?

A aventura de “Cada Km Um Sorriso” partiu de um convite da Odete no Facebook a perguntar quem queria fazer com ela a N2 de bicicleta.

A Isabel viu o desafio e aceitou mas com a condição de aliar a aventura a uma causa.

Daí surgiu o “Cada Km Um Sorriso”, um evento para sensibilizar as pessoas para as necessidades das Casas de Acolhimento e dos jovens e crianças institucionalizados.

Esta aventura tem sido pelas crianças e jovens que estão acolhidos.

Crianças com inícios de vida diferentes, complicados e com desafios enormes pela frente.

Felizmente existem as Casas de Acolhimento, onde eles encontram um lar seguro e estável para poderem se desenvolver.

Estas Casas são as suas novas famílias e as comunidades onde estão inseridas acabam por ter o papel da família alargada.

Queremos sensibilizar as pessoas para esta consciência, levando a que procurem as Casas nas localidades onde elas estão.

Que mostrem que estão presentes, seja através de apoio financeiro, material ou simplesmente ter tempo disponível para

Sorriso

Como decorreu a aventura?

Tudo menos monótona. Imprevistos e percalços não faltaram.

No entanto o objetivo foi nobre, o que faz com que tenhamos conseguido ultrapassar os obstáculos surgidos.

Podemos dizer que a maior dificuldade foi mesmo chegar a Chaves.

Desde uma avaria na caravana original na véspera da saída, um pneu rebentado na segunda caravana já em viagem.

2 furos na bicicleta da Odete no primeiro dia e outro no segundo, tudo um pouco aconteceu.

Como não tinhamos experiência com as bicicletas, nunca tínhamos mudado um pneu.

Tudo foi uma aprendizagem até ao fim.

As pernas e o corpo acusaram o cansaço, mas prevaleceu o objetivo final, que foi superado.

Sorriso

Qual o melhor momento que viveram?

A chegada ao km 500 e relembrar a serraria que ficou para trás.

O momento mais engraçado de “Cada Km Um Sorriso”?

Foram muitos. É difícil escolher um em particular.

Talvez a primeira noite, após a chegada a Lamego, entrarmos num restaurante para jantar e encontrarmos um casal amigo de Lagos.

E aqui fica a descrição da aventura que as levou até Faro com o coração cheio.

Página do evento, através desta página poderão contribuir para a causa, estando o NIB e IBAN inseridos na mesma para a receção de donativos.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta