Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Fábio Fernandes e António Morgado renovam títulos

O júnior Fábio Fernandes (Efapel/Escola de Ovar) e António Morgado (Anipura/GDM-Escola Alexandre Ruas) revalidaram hoje, em Castelo de Vide, os títulos nacionais de contrarrelógio.

Depois de, em 2019, terem sido os melhores na luta contra o tempo.

No ano de estreia nas respetivas categorias, os dois corredores mostraram-se novamente superiores a toda a concorrência.

Fábio Fernandes o único ciclista a baixar da barreira dos 25 minutos

Fábio Fernandes completou a prova de 17,6 quilómetros em 24m41s, sendo o único ciclista a baixar da barreira dos 25 minutos.

O segundo lugar ficou reservado para Lucas Lopes (Póvoa de Varzim/CDC Navais), a 48 segundos do vencedor. Coube a Pedro Crispim a terceira posição, a 1m18s.

Fábio Fernandes
Fábio Fernandes e António Morgado

António Morgado bateu o companheiro de equipa Gonçalo Tavares

Os cadetes cumpriram o percurso mais pequeno, 13,8 quilómetros. António Morgado bateu o companheiro de equipa Gonçalo Tavares, que ficou a 33 segundos.

Tiago Nunes (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) fechou o pódio, com mais 39 segundos do que o vencedor.

Campeonato Nacional contrarrelógio

O concelho alentejano de Castelo de Vide vai coroar os campeões nacionais de contrarrelógio em todas as categorias femininas e em cadetes, juniores e masters masculinos.

O programa do Campeonato Nacional de Contrarrelógio começou hoje e completa-se na manhã de domingo.

Começam os corredores que vão cumprir 13,8 quilómetros: masters 60, masters 50, masters femininas, cadetes e juniores femininas.

Seguem-se os ciclistas que vão percorrer o percurso de 17,6 quilómetros, masters 40, master 30, elite amadores e elite feminina.

Texto / foto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta