Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Fórum Cyclin´Portugal debateu futuro do turismo

Os diferentes caminhos do turismo em bicicleta estiveram no centro do debate no I Forum Cyclin´Portugal, que foi realizado no Museu do Vinho da Bairrada e no Centro de Alto Rendimento de Anadia.

Forum Cyclin´Portugal promoveu o turismo em bicicleta

A iniciativa da Federação Portuguesa de Ciclismo promoveu o turismo em bicicleta. O Fórum teve uma componente formativa, mas também uma sessão aberta a todos.

O projeto Cyclin´Portugal já se encontra com 19 centros homologados, existindo vários projetos ainda numa fase de homologação. No total, contando com quilómetros na estrada, em percursos de btt e trajetos pedestres, já se encontram associados 18 000 quilómetros de percurso.

Para Sandro Araújo, vice-presidente da FPC, “atualmente, o turismo com bicicleta não é apenas uma promessa, mas uma realidade à qual cada vez mais entidades públicas e privadas estão atentas, e interessadas em ativar nos territórios onde operam.

Acrescentando “É uma forma de turismo que contribui para a sustentabilidade económica e ambiental dos territórios, em particular em regiões do Interior e de baixa densidade, constituindo uma oportunidade potenciada pelo programa Cyclin´ Portugal, que a FPC está a implementar com uma rede nacional de centros e percursos cicláveis”.

Fórum

Portugal, Destino Internacional de Cycling

No evento estiveram sobre a mesa os temas “Portugal, Destino Internacional de Cycling” e “Perspetivas Internacionais de Ativação”.

Além da Federação Portuguesa de Ciclismo, esteve presente João Portugal representante do Turismo de Portugal, Dalila Dias representante das Aldeias Históricas, Pedro Pedrosa da A2Z Adventures, Victor Tarondo da IMBA e Sergio Battistini representando o Dolomeet Outdoor and Tourism Lab.

O programa da formação abordou vários temas, com a apresentação dos conceitos e procedimentos dos Centros Cyclin´Portugal e sua homologação, criação de projetos, ferramentas de trabalho, promoção e implementação de infraestruturas e criação de trilhos e sua manutenção, de forma sustentável.

A adesão a este evento correspondeu às expectativas, contando com cerca de 100 participantes oriundos de todo o país.

Texto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta