GALO NIGHT RUN VAI VOLTAR A ILUMINAR BARCELOS

Galo Night Run

Com o Verão a bater à porta e a época desportiva a terminar, sabe bem participar em eventos como o Galo Night Run em que a competição é colocada de parte e dá-se primazia ao convívio e à animação.

Para além disso, sabe bem fugir das temperaturas quentes do dia e estar presente numa corrida a temperaturas mais amenas.

Para satisfazer esta pretensão dos atletas e juntando a ela a animação que um fim-de-semana de Verão requer, eis que acontece a Quinta & Santos Galo Night Run.

Inscrições

Evento

Mais informações

Texto: Nuno Fernandes
Fotos: Cedidas pela organização

Galo Night Run

Os Amigos da Montanha, com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos, realizam a 18 de julho mais uma edição da Galo Night Run, uma atividade que privilegia o ambiente de festa e convívio associado à prática de desporto.

Em 2019 este evento fascinou os cerca de três mil e quinhentos participantes pelo ambiente que se viveu a partir da Ponte Medieval, em Barcelinhos, com muita animação e colorido neste postal de visita de Barcelos.

Galo Night Run Desporto, Luz e Animação

Este ano o percurso, quer da corrida, quer da caminhada, traz novidades e o objetivo é continuar a proporcionar uma atividade desportiva complementada pela música, dança, animação e festa, a conjugar com o percurso de corrida e caminhada.

Ambos os percursos, com partida em Barcelinhos, têm 10 km e percorrerão as principais ruas da cidade, em especial no centro histórico, onde se espera um ambiente de grande animação pelo público, à semelhança das edições anteriores.

Pelas 21h30, antes da partida, haverá uma aula de zumba e por todo o percurso pelas ruas da cidade haverá muita animação com diferentes zonas temáticas.

Evento Sê-Lo Verde

Em 2019 a Galo Night Run mereceu a atribuição do Sê-Lo Verde pelo Ministério do Ambiente.
Vamos continuar a fazer cada vez um pouco mais pelo ambiente nesta e em todas as aCtividades desportivas.

Galo Night Run

A Ponte medieval de Barcelos

Constituiu-se em importante local de passagem para os peregrinos do Caminho Português de Santiago e para as grandes feiras que se realizavam em Barcelos desde a Alta Idade Média.

Terá sido erguida entre 1325 e 1328 por iniciativa de Pedro Afonso, conde de Barcelos, embora alguns autores refiram que a sua atual feição se deva a uma reconstrução empreendida por Afonso I, Duque de Bragança, da primitiva ponte ali existente.

Em 1801 a sua estrutura foi bastante abalada no seu lado norte pela queda da torre do Paço dos Condes de Barcelos, tendo sido necessário empreender grandes obras de recuperação.

A ponte é constituída por cinco arcos desiguais, sendo maiores e mais altos os que cobrem o meio do rio.

Apresenta nos seu pilares, talha-mares de estilo gótico.

Esta ponte tem de comprimento 100 metros, de altura 18 metros e de largura 15 metros, incluindo uma varanda para a passagem de peões.

Parceiros

Deixe uma resposta