HIRVONEN NÃO TEM DÚVIDAS: “OS FÃS EM PORTUGAL SÃO ESPECIAIS”

Hirvonen

Mikko Hirvonen

Depois de 13 épocas e 15 vitórias no WRC, Mikko Hirvonen é hoje uma das ‘armas secretas‘ do menino-prodígio, Kalle Rovanperä.

Site oficial do evento

Portugal é um sítio especial para Mikko Hirvonen

O antigo piloto da Ford, Subaru e Citroën fala das memórias no Vodafone Rally de Portugal e da missão atual na equipa Toyota, onde tenta formar a nova geração de pilotos japoneses.

Portugal é um sítio especial para Mikko Hirvonen por diferentes razões.

Em primeiro lugar, porque a esposa, Linda, tem raízes familiares em Portugal.

Depois, porque o finlandês disputou o Vodafone Rally de Portugal diversas vezes, subindo ao pódio (sempre no segundo lugar) em três edições: em 2009 com o Ford Focus WRC, em 2013 com o Citroën DS3 WRC e em 2014 com o Ford Fiesta RS WRC.

Hirvonen
Mikko Hirvonen

Corri sempre no Rally de Portugal no Algarve, mas depois também fiz a Fafe Rally Sprint duas vezes, por isso, posso dizer uma coisa: os fãs em Portugal são especiais“, começa por afirmar.

No Algarve ou no Norte, a atmosfera era sempre fantástica.

Lembro-me das Super Especiais no estádio no Algarve. O rali, em si, tinha especiais muito técnicas e a ordem de partida era muito importante.

Na Exponor, ao longo desta semana, está um Focus RS WRC’08 idêntico ao que Hirvonen levou ao segundo lugar no Vodafone Rally de Portugal, em 2009.

Foi o ano do acidente do Jari-Matti (Latvala), não foi?

Lembro-me bem dessa especial. Se lá voltasse hoje, acho que ainda conseguia pilotar um carro de ralis sem notas.

Foi um alívio enorme ver o Jari-Matti e o Miikka (Anttila) saírem ilesos.

Kalle Rovanperä

O fenómeno Rovanperä

Aos 41 anos, Hirvonen dedica-se sobretudo aos seus dois filhos e ao papel de consultor da Toyota, onde é ‘batedor‘ do líder do Mundial, Kalle Rovanperä.

Os dois finlandeses trabalham juntos há cinco anos, desde os tempos de Rovanperä com o R5 da Skoda, com Hirvonen a ser apontado como uma espécie de ‘arma secreta‘ do jovem piloto da Toyota.

Só trabalho com o Kalle nos ralis de asfalto e, sinceramente, acho que o sucesso dele tem pouco a ver comigo.

Ele está muito forte, principalmente em termos mentais. Toda a gente fala da forma como ele ganhou na Croácia, com aquela performance incrível na Power Stage.

Mas lembro-me, por exemplo, do pódio que ele tirou ao (Sébastien) Ogier no último troço da Suécia, em 2020.

Sébastien Ogier – Foto: sophiegraillon.com

Apesar de Sébastien Ogier não estar no campeonato a tempo inteiro, Hirvonen acredita que o francês vai discutir a vitória em Portugal: “Pela primeira vez em muitos anos, o Ogier não vai ser o primeiro na estrada em Portugal e isso deverá favorecê-lo. Acredito que é um forte candidato à vitória.

Outra das funções de Hirvonen na estrutura da Toyota Gazoo Racing é formar um trio de jovens pilotos japoneses – Hikaru Kogure (20 anos), Nao Otake (21) e Yuki Yamamoto (24) – que atualmente estão em aprendizagem na Finlândia, ao volante de carros de duas rodas motrizes.

Depois de Takamoto Katsuta, a marca japonesa quer encontrar o próximo talento nipónico para o WRC e confiou essa tarefa ao experiente Hirvonen.

Parceiros