Islândia derrotada por Portugal que fica mais perto do objetivo

Islândia

Seleção Nacional derrotou a Islândia por 33-30 e vai agora medir forças com a ‘velha-conhecida’ Dinamarca no derradeiro jogo da competição.

Portugal deu um passo importante rumo à conquista do 5º lugar o Campeonato da Europeu sub-19, a decorrer na Croácia, ao vencer a Islândia na fase que irá determinar os lugares do 5º ao 8º.

O último adversário da equipa lusa será, novamente, a Dinamarca, o terceiro confronto com a equipa dinamarquesa, depois do Garci Cup, em Estarreja, e do Main Round da atual competição.

Leia também

Main Round do Campeonato da Europa Sub-19 recebe Portugal

Europeu sub-19, Portugal vence Dinamarca no Main Round

Texto: Federação Portuguesa de Andebol
Fotos: © Jozo Cebraja / kolektiff

Islândia

Portugal deu um passo importante rumo à conquista do 5º lugar

Agora numa nova cidade, Varazdin, depois de ter jogado em Koprivnica até então, Portugal fez o primeiro golo do jogo pelas mãos de Vasco Costa, frente a uma seleção islandesa que se apresentou desde cedo com um sistema defensivo variável entre o 5×1 e o 4×2, com especial marcação ao central português.

Portugal manteve-se fiel ao 6×0 durante a grande maioria da primeira parte, e foi surpreendido por um parcial de 3-0 da formação nórdica (1-3 aos três minutos).

No entanto, e mesmo com o guarda-redes Adam Thorsteinsson em destaque nos primeiros cinco minutos, a armada lusa nunca perdeu o foco.

Voltou a estabelecer o empate, desta vez a cinco golos, aos oito minutos, através de um golo em transição apontado por Gabriel Viana, da ponta esquerda.

A Islândia foi segurando uma vantagem mínima até perto dos 16 minutos, altura em que apareceu uma reação forte dos comandados de Carlos Martingo, traduzida num parcial de 3-0, com João Gomes a fazer o 11-9 e a dar a Portugal a primeira vantagem de dois golos.

A Seleção Nacional estava melhor na partida, mas uma exclusão para o lado luso, acabou por permitir que a equipa islandesa chegasse ao empate, de novo (20-20), dentro dos 10 minutos finais da primeira parte.

Em mais uma reviravolta, Portugal mostrou-se forte nos processos de 1×1 e nunca mais deixou fugir a vantagem até ao descanso, que foi ainda aumentada para quatro golos.

Ao intervalo Portugal vencia a Islândia

O início de segunda parte revelou-se feliz para Portugal que, nos oito minutos após o recomeço chegou aos sete golos de vantagem (23-16), com a Islândia já a defender em 6×0 e com Francisco Costa a apontar o 23º golo em grande estilo.

A Seleção Nacional estava bastante mais confortável no jogo, nos segundos 30 minutos e a gestão imposta pelo Selecionador Nacional, Carlos Martingo, teve igualmente um impacto positivo, tanto no desempenho ofensivo, como defensivo.

A Islândia ganhou algum terreno – a dez minutos do fim do encontro Portugal vencia por 28-23 – e à entrada para os últimos cinco minutos a margem era de apenas três golos, quando o placar marcava 29-26.

A Seleção Nacional acabou por se sujeitar a uns últimos dois minutos de alguma tensão mas acabou mesmo por confirmar o triunfo e a presença no jogo de atribuição do 5/6 lugar.

João Gomes foi eleito o MVP do lado português, enquanto que Francisco Costa destacou-se na finalização ao apontar 10 golos, mais do que qualquer outro jogador na partida.

“Resultado final é enganador”

Ricardo Candeias, treinador-adjunto da Seleção Nacional, diz que Portugal estudou o adversário e soube construir uma vitória merecida.

Estamos todos muito contentes, sabíamos que era um jogo importante e queríamos continuar a lutar pela melhor classificação possível.

Na primeira parte, a Islândia acabou por colocar em prática algo que já sabíamos que poderia acontecer, que foi um sistema defensivo 5×1 mais orientado ao nosso central.

Conseguimos resolver e, a partir dos 15 minutos, passámos para o comando do jogo e sempre por cima.” – atirou, referindo ainda que o início de segunda-parte foi importante na gestão do resultado até ao final.

Deu conforto, é sempre por encarar o jogo estando a ganhar e penso que até poderíamos ter conservado essa margem até ao final do jogo, porque o resultado final é enganador.

Eles acabaram por se aproximar só na parte final do jogo e nós fizemos sempre uma boa gestão.

Depois da Islândia, novamente a Dinamarca

Portugal irá agora enfrentar – novamente – a Dinamarca, no próximo domingo, dia 22 de agosto, pelas 11h15 portuguesas, um jogo que poderá garantir o 5º lugar do Men’s 19 EHF EURO 2021 à Seleção Nacional, em caso de vitória.

Ricardo Candeias reforça que o objetivo é terminar o Europeu na 5ª posição.

Vamos preparar este último jogo da mesma forma que preparamos os outros e o objetivo é ganhar, é para isso que jogamos.

Hoje já fomos à procura da melhor classificação possível, porque sabíamos que só vencendo a Islândia é que poderíamos lutar pelo 5º lugar, e no domingo será o jogo da confirmação.” – afirmou, dizendo ainda que a prestação de Portugal na prova é positiva.

O balanço só pode ser positivo, pela qualidade de jogo que foi demonstrada, por aquilo que os jogadores fizeram aqui, pelo comportamento que têm tido em campo.

Só podemos tirar coisas positivas do Europeu que estamos a realizar e que ainda não acabou.

Poderá acompanhar o último jogo da formação lusa na EHFTV.

Calendário de Portugal no Campeonato da Europa 2021 (hora portuguesa):

Grupo D
12.08.2021 – 19h30 – Croácia x Portugal, 35:31 (17:15)
13.08.2021 – 17h30 – Portugal x França, 29:26 (11:11)
15.08.2021 – 17h30 – Portugal x Áustria, 43:29 (23:14)
Main Round
17.08.2021 – 17h30 – Alemanha x Portugal, 34:30 (18:15)
18.08.2021 – 17h30 – Portugal x Dinamarca, 31:27 (17:12)
5-8 Lugar
20.08.2021 – 14h15 – Portugal x Islândia, 33:30 (17:13)
22.08.2021 – Dinamarca x Portugal

Parceiros

Deixe uma resposta