Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq

Jonathan Lastra conquistador no Castelo de Sesimbra

O espanhol Jonathan Lastra (Caja Rural-Seguros RGA) venceu hoje a Clássica da Arrábida, uma corrida de 185 quilómetros, disputada entre Palmela e Sesimbra. O corredor da equipa continental profissional espanhola assumiu o comando da Taça de Portugal Jogos Santa Casa.

Prova foi absolutamente eletrizante

A prova foi absolutamente eletrizante, disputada a ritmo elevado, com movimentações constantes, que tiveram sempre resposta do pelotão, apostado em não dar terreno para o triunfo de uma fuga.

A única iniciativa que vingou deu-se na segunda passagem pelo Alto da Serra, já em Sesimbra, a 14 quilómetros do final. Aproveitando a fase mais dura da corrida e o desgaste acumulado pelo pelotão, sete corredores atacaram, acabando por formar o grupo que viria a discutir a terceira edição da Clássica da Arrábida.

O grupo dos resistentes que puderam “assaltar” o Castelo de Sesimbra era composto por Julen Amezqueta e Jonathan Lastra (Caja Rural-Seguros RGA), Raúl Alarcón e João Rodrigues (W52-FC Porto), David de la Fuente (Aviludo-Louletano), Alexander Vdovin (Lokosphinx) e James Fouché (Team Wiggins-LeCol).

Jonathan
Jonathan Lastra

Jonathan Lastra vence solitário

A dois quilómetros da chegada, Jonathan Lastra e Alexander Vdovin deixaram os rivais para trás e foram em busca da glória. O espanhol arriscou e teve a devida recompensa. Na base dos 500 metros finais – sempre a subir, em estrada “picada” e com vento de frente -, Lastra atacou e pedalou para vencer em solitário. O corredor da Lokosphinx pagou o esforço e deixou-se ultrapassar por quem veio de trás. Num pódio totalmente espanhol, Raúl Alarcón (W52-FC Porto) foi o segundo, a 10 segundos do vencedor, e David de la Fuente (Aviludo-Louletano) foi o terceiro, a 14 segundos.

Raul Alarcon, Jonathan Lastra e David de la Fuente

É uma corrida e uma vitória que nunca esquecerei, porque é a primeira que conquisto enquanto profissional e porque é também a primeira da Caja Rural-Seguros RGA nesta temporada. O trabalho do Julen Amezqueta foi fenomenal na fase decisiva. Como o tinha na frente pude poupar-me e, a 500 metros, na base da subida, pensei ‘é agora ou nunca’. Arranquei e consegui este triunfo que me deixa muito feliz”, conta Jonathan Lastra.

A Caja Rural-Seguros RGA venceu coletivamente e João Rodrigues conseguiu a classificação da montanha.

O triunfo em Sesimbra permitiu a Jonathan Lastra assumir o comando da Taça de Portugal Jogos Santa Casa na categoria de elite, com os mesmos 75 pontos somados pelo vencedor da Prova de Abertura, Rui Oliveira. Raúl Alarcón e César Martingil (Sporting-Tavira) somam 65 pontos.

Jonathan Lastra e James Fouche

A geral da Taça Jogos Santa Casa de Sub-23 passou a ser comandada por James Fouché e por Iuri Leitão (Sicasal/Constantinos), ambos com 75 pontos. Seguem-se, com 65, Arseny Nikiforv (Lokosphinx) e Rafael Lourenço (UD Oliveirense/InOutBuild).

A Taça de Portugal Jogos Santa Casa irá decidir-se no dia 1 de maio, com a realização da Clássica Aldeias do Xisto, terceira e última prova do troféu.

Texto / Fotos: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta