Liga Diamante, Pedro Pichardo vence final do triplo salto

Liga Diamante

Pedro Pichardo

O campeão olímpico de triplo salto, Pedro Pichardo, venceu ontem, a final da Liga Diamante, em Zurique.

Leia também o artigo onde o português se sagrou Campeão Olímpico

Pedro Pichardo sagra-se Campeão Olímpico

Texto: Federação Portuguesa de Atletismo

Pedro Pichardo, venceu em Zurique , a final da Liga Diamante

O português, treinado por Jorge Pichardo, conseguiu o melhor salto no sexto e último ensaio, com 17,70 metros, batendo Fabrice Zango (17,20 metros), do Burkina Faso, e o argelino Mohamed Triki (17,03 metros), respetivamente em segundo e terceiro lugares.

Tiago Pereira – foto de arquivo

Quinto lugar para Tiago Pereira

O português Tiago Pereira foi quinto classificado, com a marca de 16,61 metros.

Patrícia Mamona à beira do pódio

Também no triplo salto, mas na final feminina, a portuguesa Patrícia Mamona, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ficou à beira do pódio, na quarta posição.

Patrícia Mamona
Patrícia Mamona – foto de arquivo

A atleta, treinada por José Uva, registou como melhor marca nesta competição 14,33 metros. Venceu esta final a venezuelana e campeã olímpica Yulimar Rojas (15,48 metros), com as jamaicanas Shanienka Ricketts (14,64 metros) e Kimberly Williams (14,47 metros) a completarem o pódio.

Liliana Cá repete a posição conquistada nos Jogos Olímpicos

Já Liliana Cá repetiu a posição conquistada nos Jogos Olímpicos, a quinta, no lançamento do disco.

A portuguesa, treinada por Luís Herédio, conseguiu a sua melhor marca no segundo ensaio (61,92 metros), depois de um primeiro lançamento de 60,55 metros.

Liliana Cá realizou depois três ensaios nulos e terminou com 60,64 metros.

Liliana Cá
Liliana Cá – foto de arquivo

A final foi ganha pela campeã olímpica em Tóquio 2020, a norte-americana Valarie Allman (69,20 metros), com a bicampeã olímpica (Londres 2012 e Rio 2016), a croata Sandra Perkovic, a classificar-se na segunda posição (67,22 metros) e a cubana Yaimé Perez, medalha de bronze em Tóquio, a fechar o pódio com a marca de 64,83 metros.

Terceira posição para Cátia Azevedo

Cátia Azevedo conquistou a terceira posição na prova extra de 400 metros, terminando com a marca de 52,42s, numa prova ganha pela norueguesa Amalie Iuel, com o tempo de 51,54s, recorde nacional da Noruega.

Cátia Azevedo
Cátia Azevedo – foto de arquivo

Os resultados completos podem ser consultados aqui.

Parceiros

Deixe uma resposta