Francisco Lufinha na maior travessia de Kitesurf

Francisco Lufinha Kite odissey

Salomon e Suunto aliam-se a Francisco Lufinha na maior travessia de Kitesurf que ligará os Açores ao continente.

Francisco Lufinha detentor do recorde mundial de maior travessia em kitesurf

O Kitesurfer Francisco Lufinha, detentor do recorde mundial de maior travessia em kitesurf já iniciou uma nova aventura com um novo recorde em vista.

Desta vez Francisco pretende fazer Ponta Delgada-Continente em dupla com a recordista alemã Anke Brandt, com quem irá partilhar milhas em turnos intercalados de oito horas.

À Suunto, que acompanhou Lufinha no recorde de maior travessia, alia-se agora a sua marca irmã Salomon, as duas são parceiras técnicas desta Kitesurf Odyssey.

 

Novo recorde em vista na ligação dos Açores ao continente

Francisco Lufinha e Anke Brandt partiram da ilha de São Miguel nos Açores e foram muitos os entusiastas que se deslocaram à marina de Ponta delgada para apoiar esta odisseia que se prevê fixar um marco histórico no desporto náutico mundial.

São Miguel

São Miguel é a maior ilha do arquipélago dos Açores, com 62,1 quilómetros de comprimento e 15,8 quilómetros de largura máxima.

São Miguel forma o Grupo Oriental do Arquipélago dos Açores juntamente com a ilha de Santa Maria, situada a 81 km de distância.

O ponto mais elevado da ilha, aos 1105 m de altitude, está situado no Pico da Vara, a 37°48’34’’ de latitude norte e 25°12’40’’ de longitude oeste.

Francisco Lufinha – Anke Brandt

Maior odisseia da sua vida

Lufinha partiu confiante e ansioso para começar a maior odisseia da sua vida, Anke Brandt deslumbrada com as ilhas açoreanas, afirmou que a vida marinha com que se cruzou durante os treinos pelas ilhas, deu-lhe energia extra para superar as adversidades

Os recordistas mundiais terão que se debater com as variações de vento, ondas e nuvens pretas.

Nesta ligação Açores-continente, os atletas vão precisar de toda a sua bravura, já que em caso de necessidade de salvamento um navio poderá demorar 1 a 2 dias a assegurar o resgate, dada a grande distância de terra.

Lufinha e Anke serão acompanhados em permanência por um barco à vela com um médico, um fisioterapeuta e quatro skippers

​Mais informação e acompanhamento desta Odisseia clique aqui.

Francisco Lufinha no facebook.

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Fotos: Site do evento / Salomon – Suunto

Parceiros

Deixe uma resposta