Marcos Freitas conquista medalha de bronze

Marcos Freitas

Marcos Freitas conquistou a medalha de bronze em Singulares, a segunda de Portugal no Campeonato da Europa individual que terminou este domingo na cidade polaca de Varsóvia, depois do bronze de João Monteiro e Tiago Apolónia em Pares.

Texto: Federação Portuguesa de Ténis de Mesa

Bronze conquistado por Marcos Freitas, segunda medalha para Portugal

Marcos Freitas (25.º do ranking mundial) foi derrotado nas meias-finais pelo germânico Dimitrij Ovtcharov, n.º 9 do mundo e vencedor de quatro medalhas nos Jogos Olímpicos, 3 de bronze (Rio 2016 em Equipas e Londres 2012 em Equipas e Singulares) e uma de prata (Pequim 2008 em Equipas), campeão da Europa em Singulares em 2013 e 2015 e por Equipas em 2007–2011, 2013, 2017, 2019.

A próxima grande competição em que a Seleção Nacional vai participar são os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Portugal vai competir na prova de
Equipas masculinas, com os atletas João Monteiro, Marcos Freitas e Tiago Apolónia;
Singulares masculinos – Marcos Freitas e Tiago Apolónia;
e Singulares femininos – Fu Yu e Shao Jieni.

João Geraldo é suplente da equipa masculina.

Marcos Freitas

Pedro Moura: “Regresso feliz às grandes competições internacionais”

O presidente da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, Pedro Moura, afirmou que “foi mais uma espetacular semana que este grupo de jogadores proporcionou a todos os amantes de ténis de mesa em Portugal.

Saímos de Varsóvia prestigiados com duas medalhas, o que nos torna o terceiro país mais medalhado da competição, depois da Alemanha e da França.

Ficamos perto de conquistar mais duas, pelas nossas jogadoras Fu Yu e Shao Jieni.

Para o dirigente, “saímos daqui confiantes para o maior evento desportivo do mundo, os Jogos Olímpicos de Tóquio, que se iniciam daqui a um mês.

Tivemos ainda oportunidade de lançar mais uma jovem de 16 anos na Seleção Nacional feminina, a jovem Inês Matos.

Pedro Moura fez questão de “dar os parabéns ao Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Monteiro pela conquista das medalhas, que muito honram o ténis de mesa de Portugal e que são extensivos a todos os elementos da comitiva aqui presente que participou e colaborou ativamente neste extraordinário conjunto de resultados.

Foi um regresso feliz dos nossos atletas às grandes competições internacionais.

Marcos Freitas

Marcos Freitas: “Tive momentos muito bons”

Estou muito feliz com este resultado, o 3.º lugar na prova individual.

Os jogos foram muito difíceis, muito importantes. Temos os Jogos Olímpicos daqui a pouco tempo, por isso foi muito bom e fico muito satisfeito com a minha performance.

Tive momentos muito bons e agora é regressar a Portugal e treinar bem, preparar bem os Jogos Olímpicos, dar o máximo e representar bem o nosso país.

João Monteiro: “Motivação extra para os Jogos Olímpicos”

O balanço deste Campeonato da Europa é bastante positivo, ao alcançar mais uma medalha para Portugal, o que dá uma motivação extra para os Jogos Olímpicos que se avizinham.

Agora é regressar a Portugal, descansar uns dias e depois voltar à carga para no final de julho estarmos todos na máxima força e tentarmos trazer mais uma vez um grande resultado para Portugal.

Tiago Apolónia: “Balanço obviamente extremamente positivo”

O balanço que faço destes Campeonatos da Europa em Varsóvia é obviamente extremamente positivo, estou sobretudo contente com a medalha conquistada em Pares com o João Monteiro. Espero que sirva de motivação para continuar a trabalhar nas próximas semanas, para continuar a preparar os Jogos Olímpicos de Tóquio, onde esperamos também estar ao nosso melhor nível.

Parceiros

Deixe uma resposta