Olímpico de Oeiras bi-campeão Europeu de Clubes de Triatlo

Olímpico de Oeiras

Os clubes da elite nacional que este ano disputaram a prova europeia foram o Sporting Clube de Portugal e o OutSystems Olímpico de Oeiras, entre as 12 equipas presentes.

Na categoria júnior, que integrou um total de nove equipas, alinharam na partida o Alhandra Sporting Club, o OutSystems Olímpico de Oeiras e o Sport Lisboa e Benfica.

Foi debaixo de alguma chuva, que se intensificou na última parte da prova, que hoje, 31 de outubro de 2021, se realizou pela terceira vez em Alhandra, o Campeonato da Europa de Clubes por Estafetas Mistas (elites e juniores), uma prova de nível competitivo muito elevado, com atletas de topo mundial.

O formato de estafetas mistas na distância super sprint incluiu cerca de 300 metros de natação, 6,6km de ciclismo e 1,8km de corrida.

O segmento da natação foi realizado no rio Tejo, o ciclismo percorreu o troço da Estrada Nacional 10 entre Alhandra, o Sobralinho e o Passeio Ribeirinho. O segmento de corrida percorreu Alhandra e Vila Franca de Xira.

Cada equipa de estafeta é composta por dois atletas masculinos e duas atletas femininas que têm que cumprir cada um deles um triatlo super sprint sem paragens de cronómetro.

Leia também

Filipe Marques vence Taça do Mundo de Paratriatlo

Triatlo Internacional de Alhandra com perspetivas altas

Texto: Federação Triatlo Portugal

OutSystems Olímpico de Oeiras revalida título e é Bi-Campeão Europeu

Repetindo-se o feito de 2020, uma equipa nacional júnior subiu ao mais alto lugar do pódio em Alhandra, depois de uma elevada prestação dos quatro elementos, culminando com uma exibição de luxo do último atleta, Alexandre Montez.

Este partiu na segunda posição geral reduzindo a desvantagem nos três segmentos chegando a alcançar e ultrapassar no segmento de corrida o adversário da equipa francesa da Metz Triathlon.

Segundo Vasco Rodrigues, presidente da Federação de Triatlo de Portugal «em Portugal há triatletas juniores com muita qualidade que disputam os lugares cimeiros da Europa e do Mundo».

Olímpico de Oeiras
Equipa do OutSystems Olímpico de Oeiras

A primeira atleta do OutSystems Olímpico a entrar em prova foi Beatriz Santos, que afirmou que a prova «correu bem, tentando entregar o testemunho o mais próximo dos adversários, com a natação com um pouco de corrente, um ciclismo ventoso e uma corrida a dar tudo».

António Vaz entrou como segundo atleta e mesmo com uma bicicleta emprestada explicou que a prova correu como esperava. «Tentámos ir três no ciclismo e depois corri até ao limite das forças».

A terceira atleta Matilde Santos sofreu uma queda no ciclismo à entrada do parque de transição, mas «acreditou até ao fim», passando o testemunho na segunda posição.

Alexandre Montez, à semelhança do ano passado, fez uma extraordinária recuperação de quase um minuto para o adversário. «Tentei recuperar para o atleta da frente, sempre a controlar e focado na distância a alcançar».

Montez diz que o principal objetivo foi nunca perder o atleta da frente de vista continuando fortemente concentrado no que se passava à sua volta. «Fui forte na natação, no ciclismo fui ao limite e finalmente na corrida consegui alcançar o adversário no último retorno».

Campeonato da Europa de Clubes por Estafetas Mistas há três anos em Portugal

A European Triathlon Union organiza esta competição europeia desde de 2015, realizando-se em Portugal em 2019, 2020 -ano de pandemia – e este ano em 2021.

Vasco Rodrigues – Presidente da Federação Portuguesa de Triatlo

Com resultados relevantes em juniores nestes três anos, mas também em elites com o Sport Lisboa e Benfica (Campeão da Europa de Clubes em 2017 e vice-campeão em 2018, 2019 e 2020 e ausente em 2021), Vasco Rodrigues explicou que «a ideia de trazer a competição para Portugal foi uma forma de homenagear os clubes, motivando-os a continuar o bom trabalho desenvolvido».

Já que as competições são habitualmente disputadas entre nações: «Nesta prova é possível mostrar o trabalho dos clubes nacionais que acredito que têm desenvolvido um trabalho notável que muito tem contribuído para os nossos sucessos».

O presidente, que não se irá recandidatar nas próximas eleições marcadas já para dia 5 de novembro, ficou muito satisfeito pela Federação de Triatlo ter organizado esta prova durante três anos, sendo que em 2022 já não será realizada em Portugal.

Resultados das equipas portuguesas

O OutSystems Olímpico de Oeiras revalidou o título europeu subindo ao mais elevado lugar do pódio, conquistando o ouro. Na segunda posição ficou o Metz Triathlon, de França, e o terceiro lugar pertenceu à equipa espanhola CT Diablillos de Rivas.

Em quarto lugar júnior ficou o Sport Lisboa e Benfica, com a outra equipa nacional em prova, o Alhandra Sporting Club, posicionou-se em sexto da classificação geral.

Na elites, Portugal participou com duas equipas que ficaram em nono lugar e 11.º respetivamente o OutSystems Olímpico de Oeiras e o Sporting Clube de Portugal.

Nesta prova estiveram no pódio duas equipas francesas no primeiro e segundo lugar respetivamente ficaram a Poissy Triathlon (que é campeã europeia pela quarta vez consecutiva) e a Metz Triathlon. O terceiro lugar foi conquistado pela equipa alemã DSW 1912 Darmstadt e.V. Triathlonabteilung.

Consulte todos os resultados aqui.

Parceiros

Deixe uma resposta