Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Vencedores Taça Paraciclismo coroados em São Bernardo

A Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Paraciclismo terminou, na tarde desta segunda-feira, em Alcobaça, integrada na festa do Circuito de São Bernardo.

Circuito de São Bernardo

Numa tarde mais convidativa para a praia do que para praticar desporto, foi dado inicio ao Circuito de S. Bernardo, eram cerca das 15h quando se iniciou uma hora de competição e mais duas voltas para os 16 paraciclistas em prova.

Uma organização do Alcobaça Clube de Ciclismo a 27ª edição do Circuito de Ciclismo de São Bernardo, integrado no programa da Feira Anual de S. Bernardo, destaque também para a actuação de um grupo da dança do Dragão, animando o público corajoso, que apesar do calor que se fazia sentir veio para a rua apoiar e incentivar os atletas.

Vítor Cardoso da Caixa Agrícola, Isabel Fonseca, Presidente da Junta da União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria e Sandro Araújo Vice Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo

Os vencedores da corrida desta segunda-feira também conquistaram a Taça de Portugal Jogos Santa Casa na respetiva classe competitiva.fazia sentir veio para a rua, apoiar e incentivar os participantes

Telmo Pinão (Casa do Benfica Montemor-o-Velho/APCA/Paracycling) impôs-se na classe C2, Francisco Martins levou a Taça na classe C3, João Monteiro (Mozinho RT Martos Pallets) triunfou em C4 e Manuel Ferreira (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) foi o mais forte em C5.

João Monteiro (Mozinho RT Martos Pallets)

Nas “hanbikes” impuseram-se o H3 João Pinto e o H4 Flávio Pacheco (Sporting/Tavira/Paracycling). João Marques (ACD Milharado/EC Manuel Martins) foi o melhor corredor entre os portadores de deficiência auditiva.

João Marques (ACD Milharado/EC Manuel Martins)

O C1 Bernardo Vieira e o H5 Luís Costa (Sporting/Tavira/Paracycling) não correram em Alcobaça, mas foram os vencedores da Taça nas respetivas classes.

Dois exemplos de superação

Dionísio Lopes “Um BTTista diferente”

De destacar a presença de Dionísio Lopes “Um BTTista diferente” (Visualize a entrevista que nos concedeu) que têm vindo consecutivamente a superar-se e a mostrar, que os paraciclistas não são menos que qualquer pessoa, têm as suas condicionantes, mas que para os querem, têm força de vontade como o Luís Cordeiro Ramos, (Visualize a entrevista que nos concedeu) quando ainda com 36 anos de idade viu as duas pernas serem-lhe amputadas, e soube superar o infortúnio, e hoje para além “hanbikes”, pratica andebol e basquetebol em cadeira de rodas.

Luís Cordeiro Ramos

Nenhum obstáculo será tão grande, se a tua vontade de vencer for maior!” este o lema do Dionísio Lopes.

A Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Paraciclismo contou, no conjunto das cinco provas pontuáveis, com a participação de 24 paraciclistas.

Visualize mais fotos efectuadas por João Fonseca.

Texto: UVP – FPC / Henrique Dias
Fotos: João Fonseca

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta