Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Pedro Silva venceu o Prémio de Ciclismo H.M. Motor

Pedro Silva foi o grande vencedor do 1º Prémio de Ciclismo H.M. Motor, prova para a categoria de juniores, pontuável para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã, disputada na cidade de Barcelos. Maria de Jesus Barros (Concelho de Porriño / Abanca) foi a melhor atleta feminina.

Promovido conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pelo Centro Ciclista de Barcelos, o 1º Prémio de Ciclismo H.M. Motor contou com a presença de mais de meia centena de atletas que captaram a atenção dos muitos adeptos da modalidade ao longo dos 100 quilómetros do percurso.

Seja o primeiro de muitos

Francisco Cardoso, presidente do Centro Ciclista de Barcelos, estava bastante satisfeito com a realização da prova, realçando ser seu desejo que este “seja o primeiro de muitos Prémios de Ciclismo H.M. Motor”.

Tivemos um número razoável de ciclistas que abrilhantaram este 1º Prémio Ciclismo H.M. Motor. Este tipo de eventos dá muito trabalho, mas posso dizer que valeu a pena. Todos ajudaram, todos trabalharam e correu tudo bem. No final parece que todos gostaram do percurso e da forma como Barcelos os recebeu”, afirmou o dirigente.

“Boa organização da prova”

Hugo Ricardo, da H.M. Motor, patrocinador oficial do 1º Prémio de Ciclismo, ao realçar a “boa organização da prova” destacou que a mesma “foi muito bem disputada e dá nome a Barcelos”. “Gosto do desporto, gosto de apoiar o desporto e o ciclismo faz parte dos eventos que patrocinamos com frequência”, recordou.

Prémio de Ciclismo H.M. Motor

Com sete passagens pela meta, o 1º Prémio de Ciclismo H.M. Motor teve um andamento morno na primeira volta, mantendo-se o pelotão compacto e respondendo à altura sempre que algum atleta tentava encetar uma fuga.

O grande ataque surgiu pelo quilómetro 16, logo depois da primeira passagem pela meta, quando Pedro Silva (Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact) e Gonçalo Martins (EFAPEL – Escola Ovar) se adiantam ao pelotão. Após isso, Pedro Silva arrancou, ganhou vantagem e conquistou a primeira meta volante, já com mais de 10 segundos de vantagem para o pelotão. Para trás ficou Gonçalo Martins, que não conseguiu acompanhar a pedalada do atleta barcelense, perdendo terreno e acabando absorvido pelo pelotão.

O ciclista do Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact Pedro Silva encetou então uma corrida em solitário, rolando sozinho cerca de 76 quilómetros e ganhando paulatinamente tempo ao pelotão, chegando mesmo a ter mais de 2s30m de vantagem. No pelotão toda e qualquer tentativa de fuga era rapidamente anulada pelos atletas da Seissa.

Pedro Silva
Pedro Silva

Pedro Silva fez uma uma corrida em solitário

O ciclista de Roriz, que venceu as duas metas volantes restantes, desacelerou na última volta do 1º Prémio de Ciclismo H.M. Motor, foi perdendo tempo, mas sempre de uma forma muito controlada. Pedro Silva cortou a meta, localizada no centro de Barcelos, ao fim de 2:26:52h.

Daniel Dias (Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact) foi o segundo classificado, a 1.08m do vencedor, superiorizando-se no sprint final a um lote de 33 ciclistas. Gonçalo Martins (EFAPEL – Escola de Ovar) foi terceiro.

Por equipas ganhou a Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact, que conseguiu colocar quatro ciclistas entre os dez primeiros, enquanto a EFAPEL – Escola de Ovar terminou em segundo e a Vito/Feirense/PNB em terceiro.

“É uma vitória muito importante”

É uma vitória muito importante” disse João Matias que não classificou a vitória de Pedro Silva de fácil: “parece fácil, mas foi uma prova bastante desgastante para o Pedro Silva, que rolou sozinho durante muito tempo. Isto é fruto do trabalho que ele tem feito ao longo dos anos e da experiência que foi ganhando nas provas, essencialmente, nas internacionais”, declarou João Matias, presidente da Seissa/KTM-Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact.

“Prova muito importante para Barcelos”

Francisco Rocha, Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Barcelos, mostrou-se satisfeito com a forma como a prova decorreu: “É muito bom para a cidade receber eventos deste género porque traz muita gente ao concelho que movimenta a economia e que amanhã pode vir cá em passeio”, explicou o autarca.

Texto: ACM
Fotos: Marcelo Lopes/ACM

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta