Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Cidade Europeia do Desporto e capital nacional do xadrez

Nacionais de Jovens e de Veteranos na Cidade Europeia do Desporto envolvem a presença de 320 xadrezistas.

Portimão, Cidade Europeia do Desporto

Portimão, Cidade Europeia do Desporto, é também a capital do xadrez em 2019. A cidade algarvia recebe um total de 32 campeonatos nacionais, 22 dos quais já a partir do dia 13 de abril e até ao dia 17, a envolverem a participação de 320 xadrezistas.

No Agrupamento de escolas Poeta António Aleixo teremos as competições com mais jogadores, os sempre emocionantes Nacionais de Jovens, este ano com 274 inscritos, divididos pelas sete categorias definidas pelos respetivos escalões etários. Neste caso estão em disputa 16 títulos nacionais, 14 individuais (sete absolutos e sete femininos) e dois coletivos, nos escalões de Sub-20, Sub-18, Sub-16, Sub-14, Sub-12, Sub-10 e Sub-08.

Futuro do xadrez nacional

O futuro do xadrez nacional estará em ação nos tabuleiros da “António Aleixo”, já que a Federação Portuguesa de Xadrez, organizadora do evento – com a parceria da Câmara Municipal de Portimão -, conta com a presença de todos os mais promissores jovens mestres do nosso país.

A categoria com o maior torneio será a de Sub-12, com 59 inscritos, seguida da de Sub-14, com 49. No entanto, vale a pena seguir com atenção os campeonatos de Sub-20 e de Sub-16, dada a qualidade dos jogadores mais cotados envolvidos nas respetivas provas.

Os Campeonatos Nacionais de Jovens são disputados em sete jornadas, uma por dia, à excepção dos dias 14 e 16, nos quais teremos ronda dupla.

No Hotel Júpiter, o xadrez será daqueles a quem sabe nunca esquece. Falamos dos Veteranos, divididos em dois escalões (mais de 65 e mais de 50 anos), que lutarão por seis títulos nacionais, de partidas rápidas, semirrápidas e de ritmo clássico.

O dia 13 está reservado para a disputa dos campeonatos nos ritmos mais rápidos, enquanto nos dias 14, 15, 16 e 17 se realizam as cinco rondas do torneio do ritmo de clássicas. No dia 15 jogar-se-ão duas jornadas.

No escalão de mais de 50 anos teremos a participação do próprio campeão nacional absoluto, o grande mestre António Fernandes.

Local onde se realiza faz parte da história do xadrez português

Recorde-se que o Hotel Júpiter faz parte da história do xadrez português, pois foi neste mesmo local que, em 1978, se realizou um Torneio Zonal de apuramento para o Campeonato do Mundo.

Depois destes grandes eventos do mês de abril, o xadrez regressará a Portimão em setembro, para a realização de mais 10 campeonatos nacionais, das categorias absoluta, feminina e de amadores. A final do Nacional Absoluto será, então, o ponto forte deste segunda visita do xadrez à Cidade Europeia do Desporto.

Texto: Federação Portuguesa de Xadrez

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta