Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Uma emblemática e mitica prova de Triatlo

Uma das mais emblemáticas e miticas provas de Triatlo de Portugal

No passado dia 19 realizou-se o 29º Triatlo de Oeiras, uma organização conjunta da Câmara Municipal de Oeiras e da Federação de Triatlo de Portugal e contou com perto de 700 participantes na prova a contar para a Taça de Portugal de Triatlo e na Prova Aberta.

Pódio

O segmento de natação da prova da Taça de Portugal correspondeu a 750 metros na praia da Torre, o de ciclismo de 19 300m na marginal, entre Oeiras e Algés, e o de corrida, de 5 000 m.

A partida do Triatlo

A partida foi dada com alguns minutos de diferença entre os aletas federados masculinos e femininos e os não federados dado o elevado número de participantes, cerca de 500.

A prestação dos triatletas foi muito equilibrada ao longo da prova tendo-se formado diversos grupos desde o início e mantendo-se até ao fim. O nível da prestação foi no geral bastante elevada, destacando-se os atletas que desde o inicio se mantiveram nos lugares da frente.

Pódio-Geral-Taça

As classificações

No género masculino foi o sénior Gil Maia do Sport Lisboa e Benfica que se classificou em 1º lugar, seguido do sub 23 – Kaue Willy do Rio Maior Triatlo e do júnior Tiago Leão da Associação Naval Amorense.

Pódio-Veteranos-1Marco Sousa, veterano da Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas venceu na sua categoria de Veteranos I (40-44 anos), foi 25ºclassificado na geral entre 531 atletas inscritos, e o 1º veterano absoluto entre 252 atletas veteranos, seguido de Rui Firmino – Oeiras Sport Clube e em 3º .Eduardo Coelho – Triatlo SUCOlarense.

Pódio-Veteranos-2Gonçalo Neves Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas, que continua a sua fase preparação para o IRONMAN de Roth na Alemanha no dia 17/julho, também obteve um excelente resultado na prova de Oeiras, ao subir ao pódio no 2ºlugar no escalão de Veteranos II (45-49 anos), atrás de Mário Machado – Triatlo SUColarense o vencedor e à frente do Pedro Cordeiro – Tri-Oeste.

No género feminino o pódio ficou constituído por Ana Filipa Santos do Rio Maior Triatlo, por Liliana Alexandre do Sporting Clube de Portugal e por Barbara Santos também do Rio Maior Triatlo.

Prova Aberta 

Na prova aberta, em formato Super-Sprint, os 300 m de natação, os 9 400 m de ciclismo e os 2 500 m de corrida foram realizados debaixo de muito calor.
No género masculino o grupo de 5 triatletas que no início da prova se destacaram dos restantes adversários mantiveram-se na frente até ao seu final, nomeadamente: André Lopes, Tiago Henriques e Rui Sousa da Associação Naval Amorense, André Firmino do Clube Olímpico de Oeiras e Rodrigo Pereira do Teleperformance – Os Belenenses.

O pódio ficou constituído por Rui Sousa, André Firmino e Rodrigo Pereira.

Pódio-Prova-AbertaNo género feminino a prestação das triatletas foi mais homogénea, contudo o grupo das 3 triatletas que formaram o pódio apresentou uma diferença ainda significativa das restantes adversárias.

Subiram ao pódio Margarida Lopes e Raquel Dias do CNCVG e Raquel Aleixo da Associação Naval Amorense.

Classificação colectiva

Por equipas masculinas na prova aberta foi a Associação Naval Amorense que se classificou em 1º lugar, com o Clube de Natação da Amadora em 2º lugar e do Triatlo SUColarense em 3º.

Na Taça de Portugal a classificação das equipas masculinas, o 1º lugar foi pra o Rio Maior Triatlo, seguido em 2º do Alhandra Sporting Clube, Clube Olímpico de Oeiras em 3º, e a Associação Naval Amorense a ocupar o 4º lugar.

Texto: Elisabete Saragoça / Paulo Vieira

Fotos: Associação Naval Amorense / Escola de Triatlo do Clube de Natação de Torres Novas

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta