Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Ser ativo em casa em tempo de pandemia

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) na qualidade de organismo que promove a generalização do desporto, bem como o apoio à prática desportiva, zela também pelo conhecimento geral da população sobre os benefícios da atividade física, pelo que tem em marcha uma campanha específica Ser Ativo Em Casa.

No contexto do atual quadro do Estado de Emergência em Portugal, associa-se igualmente o risco de o isolamento social (que todos os cidadãos têm de cumprir) poder constituir fator de debilitação física e psíquica da pessoa.

Ser Ativo Em Casa

Ser ativo em casa

Nesta campanha, denominada Ser Ativo Em Casa, são disponibilizados na página oficial deste organismo (ipdj.gov.pt) diversos conteúdos – folhetos, brochuras e vídeos – com recomendações, e planos de treino, dirigidos a faixas etárias específicas: dos 0 aos 5 anos; dos 6 aos 17; dos 18 aos 64 e ainda para pessoas a partir dos 65 anos, todas as atividades são para serem realizadas em casa.

Pretende-se com esta campanha incentivar todos os cidadãos, a permanecerem em casa e, mesmo assim, manterem uma atividade física moderada constante, diminuindo os riscos associados ao sedentarismo. Todos os cidadãos, independentemente da idade e do contexto familiar, podem manter-se ativos.

Também a Polícia de Segurança Pública tem dedicado grande atenção a esta necessidade, não só incentivando a prática de exercício através das redes sociais, mas, igualmente, nas interações diretas na via pública com os cidadãos.

Ser Ativo Em Casa

Nesse contexto, é com enorme satisfação que o IPDJ e a PSP se associam na divulgação desta campanha, nomeadamente veiculando a campanha nas suas redes sociais e no contato direto com os cidadãos e, igualmente, disponibilizando alguns tutoriais com Polícias que são, igualmente, atletas e entusiastas do desporto na página da campanha.

Relembramos que, mesmo no atual contexto de Estado de Emergência, a prática desportiva continua a ser incentivada e uma das exceções ao dever de confinamento geral, desde que praticada sem que seja em grupo, nas proximidades da residência e por períodos curtos.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta