Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Sporting Clube de Portugal é Bicampeão Europeu

O Sporting Clube de Portugal sagrou-se hoje, 16 de novembro, Bicampeão Europeu de Judo ao vencer o Yawara-Neva, na final da ‘Champions League’ masculina, por 3-2. O Pavilhão Multiusos de Odivelas recebeu a Maior Competição Mundial de Clubes, que contou com as 8 Melhores Equipas Masculinas e Femininas da Europa. Este foi o primeiro dia dos ‘Judo European Club Championships – Odivelas 2019’, que termina este domingo, 17 de novembro, com a realização da ‘Europa League’.

Com os Melhores Judocas do Mundo nos tapetes de Odivelas, as bancadas estiveram cheias para apoiar as 2 Equipas Lusas em prova: Sporting Clube de Portugal, no masculino e SL Benfica, no feminino.

Sporting Clube Portugal

Sporting Clube de Portugal Bicampeão Europeu de Judo

Depois de derrotar o Golden Gori nos Quartos-de-final, os ‘leões’ defrontaram os russos do Ratiborets Ekaterinburg nas meias-finais. Os atuais campeões da europa, Sporting Clube de Portugal começou em desvantagem, depois de Muloradzhab Khalifaev derrotar David Reis no primeiro encontro. Seguiu-se João Fernando, que se impôs perante Gamzat Zurgaraev, num encontro recheado de emoção. Galvanizados pelo triunfo do jovem português, Frank de Wit (-81 kg), Nikoloz Sherazadishvili (-90 kg) e Jorge Fonseca (+90 kg) fecharam o resultado em 4-1 e garantiram a presença na Final.

Numa reedição do combate pelo título europeu do ano passado, o Sporting Clube de Portugal voltou a encontrar o Yawara-Neva, da Rússia. Kherlen Ganbold adiantou os ‘verde e brancos’, conquistando a vitória contra Zelimkhan Iartcev. Os russos conseguiram o empate por intermédio de Denis Iartcev, contra João Fernando.

Sporting Clube Portugal

No combate seguinte, João Martinho, numa demonstração de qualidade e superação, entrou no tatami e derrotou Denis Kalinin, recuperando a vantagem do Sporting. No combate seguinte, Nikoloz Sherazadishvili entrou a perder contra Khusen Khalmurzaev.

O espanhol que representa o Sporting Clube de Portugal conseguiu inverter o marcador para alcançar a 3ª vitória e selar a conquista do Título. Jorge Fonseca encerrou a participação na prova, mas não conseguiu derrubar o russo Anton Krivobokov, que habitualmente compete na categoria de peso acima do Campeão do Mundo português. Com este resultado, o Sporting Clube de Portugal sagra-se Bicampeão Europeu.

Sporting Clube Portugal

O Sporting Clube de Portugal é o melhor clube de judo da Europa!

É a segunda vez que vivo este momento, que é um dos mais felizes da minha carreira, e é muito especial vivê-lo em casa. Nada disto seria possível sem o esforço e a superação que aqui veem no João Martinho. Eu fiz questão de o trazer hoje aqui, um atleta de 81 kg, muito forte, que esteve muito tempo lesionado. Abraçou o projeto do Sporting e hoje foi, sem dúvida, o dia dele.

Esta é uma prova bastante equilibrada, por isso nós todos temos de ter um ás de copas. Hoje, o João foi o nosso trunfo, a pessoa que fez a diferença, pois para além de nos levar para o 2º título europeu com uma prova bastante especial, foi também o dia do relançamento da carreira dele.

Treinador do Sporting Clube de Portugal (Sporting CP) – Dr. Pedro Soares

Estamos todos de parabéns, mas o projeto do Sporting vive disto e estes são os nossos grandes campeões! Atletas nacionais, que fazem a diferença contra os melhores do mundo. E este é o meu Sporting! Hoje, todos puderam assistir a uma equipa Russa, que é a Seleção Russa, a uma equipa Georgiana que é a Seleção Georgiana.

O Sporting vem com os atletas da formação e com alguns estrangeiros, que fazem parte do clube há muitos anos e que fazem realmente a diferença, mas nós não temos uma Seleção Nacional a representar o nosso clube, por isso temos sempre de nos superar e mostrar que podem contar sempre connosco.

Creio que o ano passado as pessoas não esperavam que nós vencêssemos e hoje provámos que viemos para ficar. O Sporting é, neste momento, em termos europeus e em termos de clube, o melhor clube de judo da Europa!” declarou o treinador do Sporting Clube de Portugal – Pedro Soares

Sport Lisboa Benfica estreia-se na Europa com 5º Lugar

Depois de uma vitória esclarecedora contra as turcas do Galatasaray, a equipa do SL Benfica, composta por Odette Giufrida (-52 kg), Telma Monteiro (-57 kg), Juul Franssen (-63 kg), Bárbara Timo (-70 kg) e Rochele Nunes (+70 kg), discutiu o acesso à Final com o Valência CJ.

As encarnadas ganharam vantagem com o triunfo de Odette Giuffrida contra Nina Esteo Linne, na categoria -52 kg. Jaione Equisoain repôs a igualdade, depois de derrotar Telma Monteiro. Juul Franssen voltou a colocar a equipa portuguesa em vantagem, mas Bárbara Timo e Rochele Nunes cederam nos confrontos seguintes, fixando o resultado em 2-3.

Na luta pelo Bronze, o Sport Lisboa Benfica defrontou o U-CSM Cluj-Napoca, da Roménia. Andrea Chitu colocou as romenas em vantagem ao vencer Odette Giuffrida, no primeiro encontro. O Cluj voltou a adiantar-se no marcador, com Telma Monteiro a ceder contra Loredana Ohai. A perder por 0-2, Juul Franssen e Bárbara Timo impuseram-se perante Stefania Dobre e Kaho Yonezawa, igualando o marcador.

No combate decisivo, Rochele Nunes não conseguiu superar Iori Suzuki, apesar do esforço e equilíbrio revelados. Com este resultado, o SL Benfica termina no 5º Lugar, na sua estreia em competições internacionais.

 

O nosso lugar é na Liga dos Campeões

Jorge Gonçalves – Treinador do Sport Lisboa e Benfica falou sobre a prestação benfiquista “Falando primeiro nas meias-finais, o Valência dispunha de uma maior quantidade de atletas e jogaram estrategicamente bem contra nós. Tínhamos as nossas cinco atletas bem definidas, não poderíamos mexer mais na equipa e o clube adversário colocou as atletas certas no lugar certo. Nós sabemos que com as nossas cinco judocas poderíamos vencer os cinco combates, mas desta vez não aconteceu.

No último encontro, na disputa pela medalha de bronze, começámos mal, a perder 2-0, algo inesperado. Depois, os últimos três combates foram emocionalmente muito intensos e desgastantes, onde existiu estrategicamente uma má condução durante o combate, levando o Benfica a perder por 3-2. Nesta competição de alto nível, éramos uma equipa ambiciosa, que podia ganhar a qualquer uma das outras equipas internacionais.

Acredito que foi o ano em que a prova esteve mais forte, mas o que fica mais presente em termos de emoções é a tristeza com o resultado. O Benfica pretende ainda competir e apostar nesta vertente europeia de clubes. É apenas uma questão de verificar quais são as equipas inscritas no próximo ano e analisar qual o evento a participar. Mas independentemente deste nosso 5º lugar, o nosso lugar é na Liga dos Campeões.

Europa League

Os combates regressam este domingo, 17 de novembro, ao tapete do Pavilhão Multiusos de Odivelas, para mais uma grande prova internacional – ‘Europa League’:

A partir das 10h00, 6 Equipas Femininas, entre as quais a Associação Académica de Coimbra, e 11 Equipas Masculinas, incluindo os Salesianos, procuram uma das quatro vagas de acesso à ‘Champions League’ de 2020. No âmbito do Dia Mundial do Judo, as entidades organizadoras vão plantar 10 Árvores nas imediações do recinto da prova, pelas 15h00. O Bloco de Finais arranca às 16h00, com as últimas decisões deste fim-de-semana de Judo Mundial em Odivelas – Cidade Europeia do Desporto 2020.

Texto: Analima

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta