BTT Downhill, Arcos de Valdevez decide Campeões do Minho

BTT Downhill

A freguesia de Prozelo (Arcos de Valdevez) recebe no próximo dia 17 de outubro o 21.º BTT DHI ACRAP, quarta e última prova do Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision, que decidirá os Campeões do Minho de BTT Downhill.

Para a última etapa do Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision, a expectativa é grande quanto ao desfecho da competição de Prozelo, estando em perspetiva um excelente espetáculo desportivo na decisiva prova de atribuição dos títulos minhotos.

Leia também sobre o evento

BTT DHI ACRAP, Rui Teixeira e Ana Leite dominaram o 20.º

Texto: ACM – Associação de Ciclismo do Minho
Fotos: Jorge Almeida

Campeões do Minho de BTT Downhill decidem-se no BTT DHI ACRAP

Organizado conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pela ACRAP – Associação Cultural e Recreativa Amadora Proselense, o BTT DHI ACRAP será promovido em condições de segurança e no cumprimento das orientações da Direção-Geral da Saúde e das normas concertadas entre aquela entidade e a Federação Portuguesa de Ciclismo.

Além das categorias de competição, a prova será aberta à participação na categoria “Open DHI ACMinho“, devendo as inscrições ser formalizadas no website da Federação Portuguesa de Ciclismo.

A prova de encerramento do Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision com um período para treinos que decorrerá entre as 9h00 e as 12h30.

A manga de qualificação está marcada para as 14 horas e a manga de classificação realiza-se às 15h30. A cerimónia protocolar está marcada para as 17h15.

BTT Downhill

Prova decisiva do Campeonato do Minho de BTT DHI

Em Prozelo, Arcos de Valdevez, já está tudo pronto para receber, mais uma vez, a prova decisiva do Campeonato do Minho de BTT DHI – Cision.

Está tudo pronto, faltam apenas os atletas para dar início à última prova da época de DHI no Minho”, assegurou Ricardo Brito, presidente da ACRAP – Associação Cultural e Recreativa Amadora Proselense, adiantando que “estamos prontos e preparados para a retoma do downhill.

Depois da prova de XCO, que realizamos há uns meses, chegou agora a vez de organizarmos a tradicional prova de DHI, que é a vertente que mais gostamos.

Como é a última e decisiva prova para a atribuição dos títulos, penso que vai ser uma grande prova”.

Este ano a ACRAP apresenta um trajeto muito parecido ao que em 2019 recebeu também a derradeira prova de DHI.

Em 2019 fizemos melhoramentos na pista e penso que agradou a todos os ciclistas que participaram nessa prova.

Este ano, a pista será, praticamente, a mesma. Agora só esperamos que esteja bom tempo para ajudar a festa e que os atletas de divirtam ao máximo”, afirmou.

Apesar da pista ter poucas alterações, a preparação, garante, não foi fácil. “Estivemos parados muito tempo.

O terreno não recebeu provas estes dois anos e, por isso, tivemos que refazer tudo, mas planeamos com tempo e já estamos preparados para receber a festa do DHI”.

Parceiros

Deixe uma resposta