Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Corrida do Veterinário para os companheiros de 4 patas

No passado dia 24 de fevereiro, Corrida do Veterinário, mais um evento em que os amigos de 4 patas são o motivo de uma organização de mais um desafio, não sei se para os donos, se para os próprios animais.

Corrida do Veterinário, um evento solidário para os companheiros de 4 patas…

Corrida do Veterinário, um evento com o apoio técnico da Eventsport, organizado pelo hospital Veterinário Monte Negro, uma corrida (10 km), complementado com uma caminhada de 5 Km, no Europarque de Santa Maria da Feira, dado ao tema do evento, poderiam sempre ser acompanhados pelo fiel companheiro, num ambiente familiar e com alguma competição saudável misturado.

Um evento com tudo disponível para um bom domingo familiar, já o sol fez parte integrante deste dia. Sendo uma corrida solidária, com o objectivo de ajudar os VSF – Portugal Veterinários sem Fronteiras e Aanifeira – Associação dos Amigos dos Animais de Santa Maria da Feira.

Mais um desafio…

Mais um desafio a representar OPraticante.pt, a primeira prova do ano de estrada, não é o que eu adoro mas faz parte variar um pouco… Lamento de não ter a oportunidade de estar com os meus colegas de equipa, como a Filomena Correia, mas a falta de comunicação da minha parte fez com que eu não tivesse esse conhecimento de causa… A retificar futuramente, a equipa sempre em evolução continua, mas sempre forte!!!

Não foi de todo fácil!!!

A minha experiência nesta prova, seria uma prova, mais uma, sem grandes loucuras e tranquila… Eu com a mania que existem provas fáceis!!! Não foi de todo fácil!!!

Cheguei ao local da prova bem cedinho, deu para apreciar a envolvência após levantar o dorsal, entre solidão e apreciar o meio envolvente conhecido, pois fica a uns meros 30 minutos de casa, decidi passear pelo lago, o Lobo Solitário apreciando, já tinha saudades de apreciar umas carpas gigantes e uns patos descontraídos…

Europarque de Santa Maria da Feira, até gosto do local e depois desta prova, fiquei tentado em regressar aqui para uns treinos!!!

O Aquecimento…

Momentos antes da prova, antes da linha de me colocar na linha de partida, um relax, com um aquecimento, tentei aquecer, mas sentia-me pouco sincronizado, tinha feito um aquecimento ligeiro com uma pequena corrida, parei antes de terminar e dirigi-me para a partida.

Não me senti-a com vontade de prolongar aquele aquecimento, parabéns a quem estava a orientar ou a participar, são coisas minhas…

Na linha, um anúncio desagradável, tínhamos de adiar a partida por 5 minutos, que eternidade, mas parece que pessoal veio de longe e estava atrasado…

Filas de ultima hora para levantamento de dorsais, as vezes acontece e eu, que sou paciente, não fiquei contente com o anuncio.

Mas ok, agora já passou, não foi assim tão terrível e não custa esperar uns meros minutos!!!

Abranda no inicio da prova…

Contagem decrescente, tiro de partida e parto na onda, sem reparar em nada e a dar o meu melhor, tonto, deveria ter mais calma, mas esqueci-me que tenho de abrandar na altura de inicio de prova, primeiro Km com um ritmo muito bom, 4m11s, acho que nunca o tinha feito, ia sentir tal loucura pouco depois, confesso que pensei que ia pagar isso, mas ia motivado, satisfeito com a reacção corporal…

Uma descida, embalei mais um pouco, continuava a pensar, vais pagar a conta e vai ser cara!!!! Perto da zona da meta, onde o pessoal se junta para motivar e nós aceleramos um pouco…

As subidas e a temperatura…

Ao Km2 e qualquer coisa da Corrida do Veterinário, oiço um grito e reparo num rapaz “estatelado”, na berma, branco!!!, que imagem, fiquei preocupado mais reparei que tinha já alguém a assistir e continuei ao meu ritmo, mais uns metros e pimba…

Que subida, a subida mais íngreme da prova, pensei: Estás habituado a subidas!!!…

Mas isto não é Trail e antes do cume, dei a minha passada, parabéns à organização por disponibilizar um abastecimento de água neste km, pois era o ponto exacto onde precisávamos. Talvez as subidas de temperatura dos últimos dias, reflectissem esta mudança, talvez a aceleração inicial, não sei…

Sei que estava a bom ritmo tive de abrandar, após uma subida, existe sempre uma descida, lá estava ela. Saboriei, descontraí…

Do outro lado cruzei-me com malta conhecida, mas não consegui falar… Fiquei surpreendido com estes 3 primeiros km’s, só me preocupava porque tinha de aqui passar outra vez, mas agora não importava…

Ouvi palavras de incentivo de quem me reconhecia, apenas acenei, não conseguia dizer nada… Reparei que o rapaz já estava de pé mas fora de prova, nada de muito grave, fiquei mais aliviado…

Mais uma subida, mais uma descida…

Km 5, ou quase a lá a chegar, uns metros metros antes, sentia-me motivado imaginando que estava lá aquele apoio, que as palavras que ouvi-a eram para mim, são formas que colocamos a mente a trabalhar de forma a nos automotivarmos, exercicios mentais.

Sem muito ritmo, mas a pensar que metade já estava, quando passei na meta… olhei para o relógio, gostei do tempo que vi, apesar de ter já visto melhor, mas para o que faço de estrada, estava porreiro e não muito longe dos tempos normais os meus tempos…

Mais uma descida, mais uma subida e a contagem decrescente a somar, a meta estava cada vez mais perto, decido acelerar, não consigo, pois o valor da fatura estava agora a sair…

Eu disse que era elevada, lá estava a subida outra vez, agora ao Km 7, estava a ser dificil, mais uma caminhada mas já focado na meta!!! Era para ser e já senti-a o sabor de mais uma conclusão!!!

 

500 metros é muita distância…

Km 9, já pensava, agora era sempre a descer, tentei acelerar, mas reparava pessoal mais forte que eu, forçava e tentava acompanhar, mas 500 metros é muita distãncia, senti o corpo a quebrar, abrandei e quando nos ultimos 500 metros, tentei acelerar, não sei se consegui, mas dei o que tinha, ok ok, não foi muito, não precisa de ser, era o que conseguia, não foi de todo o melhor tempo, mas foi uma boa conclusão, termino com o tempo de 50m25s, senti-me satisfeito…221º Lugar na geral, 38º no escalão veterano 40, representando OPraticante.pt na Corrida do Veterinário.

Veterinário
Filomena Correia de OPraticante.pt e Fernanda Almeida – Centro Municipal de Marcha e Corrida de Vale de Cambra

Também a minha colega de equipa Filomena Correia esteve bem 484º geral, 2ª Veterana 60 com o tempo de 01h18m26s

Os mais rápidos:

A conquistar o primeiro lugar na classificação feminina Bárbara Correia de Oliveira – Recreio desportivo de Águeda – 36m43s, segundo lugar Jusyna Wojcik – ACD São João da Serra – 36m58s e a completar o pódio Andreia Santos – Run Tejo – 37m21s.

 

Na vertente masculina mais uma final emocionante com a diferença entre os dois primeiros a ser de 7 segundos, conquistou o primeiro lugar José Moreira – Sporting Clube de Portugal – 31m01s, em segundo lugar Carlos Costa – C.D.S. Salvador do Campo – 31m08s e em terceiro lugar Vitor oliveira – Maia A.C. – 31m24s.

Em conclusão…

Corrida do Veterinário uma prova bem organizada, os reforços de água nos locais certos e com bastante água.

As “prendas” para os participantes não faltaram desde fruta, água e afins, gostei bastante desta organização e prometo voltar, mas tenho a referir que gosto de cumprir horários, é apenas a nota que saliento, mas não de todo negativa, pois penso que no âmbito geral, esteve tudo excelente, até a qualidade das medalhas eram acima da média, porque adoro as medalhas metálicas e o abastecimento ao Km3, é pouco usual, mas dado às características, em particular, desta prova estava no ponto certo!!!

6 estrelas numa escala de 0 a 5 para a Corrida do Veterinário!!!!

Lobo solitário irá voltar, com um pequeno momento de pausa… Só porque sim!!! Continuem com as provas, lá estarei.

[dividir ícone = “círculo” width = “medium”]

Texto: Manuel Martins
Fotos: Objectiva em Movimento

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta