Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

EHF Euro 2020: Portugal sofre derrota frente à Eslovénia

A Seleção Nacional sofreu, ontem à tarde, uma derrota por 24:29 e vê assim terminar o seu sonho de chegar às meias-finais do Campeonato da Europa – EHF Euro 2020.

Portugal com esta derrota compromete objectivos no EHF Euro 2020

Paulo Pereira fez alinhar Alfredo Quintana, Pedro Portela, João Ferraz, Luís Frade, Rui Silva, André Gomes e Diogo Branquinho, numa partida que começou favorável à formação balcânica, que inaugurou o marcador mas a turma das Quinas soube responder, e com cinco minutos corridos a partida estava em pé de igualdade a 3 golos.

Com 10 minutos volvidos, o empate continuava a cinco golos, mas Portugal conseguiu passar para a frente por diversas vezes, passando para dois golos de vantagem, aos 17 minutos.

A formação eslovena viu-se forçada a pedir time-out, perto dos 19 minutos de jogo, e conseguiu empatar a partida devido a duas falhas da seleção lusa e acabou por passar para a frente, quando o placar assinalava 11:12.

Portugal conseguiu sair na frente para o descanso, com um golo de Daymaro Salina, que colocou o marcador em 15:14.

Segundo tempo com jogo bastante disputado

Na entrada do segundo tempo, a formação eslovena conseguiu equilibrar as contas, num jogo bastante disputado, com a Eslovénia a conseguir três golos de vantagem, à passagem do minuto 17, com o marcador a ficar fixado em 21:24, levando Paulo Pereira a pedir time-out para reorganizar.

Mas a Eslovénia continuou na frente, com quatro golos de vantagem, o que se manteve até ao final do encontro, acabando por averbar uma vitória por 24:29.

Blaz Janc foi o melhor marcador do encontro, com 7 golos, e André Gomes ficou apenas um furo abaixo, com 6 golos.
Alfredo Quintana, apesar de ter sido o jogador em maior destaque em campo, Dolenec foi o MVP.

EHF euro 2020

“Aquilo que nós fizemos aqui foi muito grande”

Paulo Pereira, Selecionador Nacional, afirmou que apesar da derrota continua muito satisfeito com os seus jogadores “À medida que vai avançando a competição, vamos encontrando cada vez equipas mais fortes, o que significa que coloca mais a nu as dificuldades que nós temos, uma delas é fazer bem o simples.

As equipas mais fortes fazem bem o simples, nomeadamente jogo em superioridade numérica, finalização, etc. Na primeira parte fizemos um jogo de altíssimo nível e continuo orgulhoso de todos estes atletas, pela forma como lutam contra qualquer equipa, neste Campeonato da Europa.

Temos que continuar a aprender pois ainda não conseguimos manter o foco naquilo que é essencial durante mais tempo, conseguimos durante os primeiros 30 minutos, o que foi excepcional. Aquilo que nós fizemos aqui foi muito grande, ficamos um pouco tristes porque criámos uma ambição nos outros e em nós próprios.” – destacou Paulo Pereira.

“Temos outro jogo amanhã no EHF Euro 2020 e vamos lutar até ao fim”

Sobre o duelo com a Hungria, amanhã, Paulo Pereira afirmou “Temos outro jogo amanhã e vamos lutar até ao fim. Vamos tentar manter-nos focados, naquilo que temos para fazer. À medida que vamos avançando na competição, existe uma certa fadiga mental, mas sentimos que o país acredita em nós e que está contente com a nossa maneira de ser, por isso vamos continuar a tentar.” – realçou.

Portugal fica assim fora das meias finais do Campeonato da Europa de 2020, no entanto, face à derrota da Hungria frente à Suécia, Portugal pode ainda atingir os Torneios Pré Olímpicos, caso vença o encontro de amanhã.

EHF euro 2020

Classificação – Main Round II

1º – Noruega, 8 pontos
2º – Eslovénia, 6 pontos
3º – Hungria, 4 pontos
4º – Portugal, 2 pontos
5º – Islândia, 2 pontos
6º – Suécia, 2 pontos

Texto / Foto: Federação de Andebol de Portugal

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta