Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Javier Gómez Noya venceu o Ironman 70.3 Portugal

O triatleta espanhol Javier Gómez Noya venceu, este domingo, a terceira edição do Ironman 70.3 Portugal-Cascais. O mais credenciado dos quase 3000 participantes, Gómez Noya, multicampeão do mundo de triatlo, liderou a prova do princípio ao fim, concluindo em 3 horas e 51 minutos e com quatro minutos e meio de vantagem sobre o francês Dylan Magnien.

O Ironman iniciou-se ontem com o Ironkids.

Javier Gómez Noya

Javier Gómez Noya, multicampeão do mundo de triatlo foi o vencedor

Este é um lugar fantástico, muito bonito e especial para mim porque foi aqui que fiz a minha primeira prova internacional, em 2002. Regressar aqui, tanto tempo depois, e vencer a prova é espetacular”, declarou sorridente o vencedor Javier Gómez Noya depois de deixar o lugar mais alto do pódio aplaudido pelo muito público que se juntou na Baía de Cascais para assistir ao final da prova.

Javier Gómez Noya
Javier Gómez Noya

Filipe Azevedo o melhor português

O terceiro classificado foi o português Filipe Azevedo que durante muito tempo andou atrás de Gómez Noya, mas no segmento dos 21 quilómetros de corrida, o último, depois dos 1,9 quilómetros de natação e dos 90 quilómetros de ciclismo, quebrou o ritmo e foi ultrapassado pelo francês. “Fico feliz por ser o primeiro português e repetir o terceiro lugar do ano passado”, comentou, bem-disposto, Filipe Azevedo acrescentando ter acreditado ser possível fazer melhor. “Se não tivesse perdido a nutrição durante o ciclismo poderia ter mais forças na corrida e acabei por sair penalizado”.

Filipe Azevedo

Vitória britânica no feminino

No feminino, 4 horas e 18 minutos foi o tempo da vencedora, a britânica Emma Pallant, com nove minutos de diferença para a espanhola Anna Noguera, enquanto a germânica Anna-Lena Pohl, a primeira atleta a sair da água, fechou o pódio. “Esta atmosfera é verdadeiramente fantástica. Competir nestas paisagens é fabuloso sobretudo depois de fazer a subida do percurso de bicicleta, deparamo-nos com uma vista soberba e até nos esquecemos que temos de competir!” A rir, a britânica ainda elogiou o envolvimento total de Cascais com a prova. “É fantástico, sente-se que toda a vila está voltada para este evento”.

Emma Pallant

A melhor portuguesa foi Vanessa Pereira

A portuguesa melhor classificada, Vanessa Pereira, terminou na sétima posição e confessou-se também maravilhada com o apoio do público. “Senti-me a voar durante a corrida, é inexplicável sentir as pessoas a gritar por nós”.

Vanessa Pereira

Na classificação coletiva, a everis Relay, competição por estafetas reservada às empresas e grupos, a vitória foi da equipa Onyria Golf Resorts constituída por Carlos Cruz, Paulo Figueiredo e Hugo Figueiredo.

Página da marca.

Página do evento.

Página da Ironkids edição 2019.

Página do Ironman 70.3 Portugal edição 2019.

Texto / fotos: Ironman 70.3 Portugal-Cascais

 

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta